Conecte-se conosco
Review: Nintendo 3DS vs. Playstation Vita (PSP Vita)

Games

3DS x PS Vita: Qual a melhor compra?

O mundo dos consoles portáteis anda disputado. Descubra aqui as diferenças entre o Nintendo 3DS e o Sony Playstation Vita, e veja qual deles é o melhor.

Review: Nintendo 3DS vs. Playstation Vita (PSP Vita)

É muito frequente o questionamento de pessoas menos entendidas no assunto sobre qual o melhor console a se comprar. Principalmente entre as linhas Playstation e Xbox (atualmente nas versões Playstation 4 e Xbox One). Mas se tratando de consoles portáteis, quem leva a melhor entre os pequenos gigantes da Sony e da Nintendo?

Vamos agora fazer um comparativo entre os 2 atuais consoles de peso no mercado: Nintendo 3DS e Sony Playstation Vita.

DESIGN

O design do PSVita é mais sóbrio, com o ar maior de seriedade que tenta trazer em seus jogos, enquanto o do Nintendo 3DS tenta ser mais alegre, mostrando que ele está ali para lhe trazer diversão.

nintendo_3ds_xl_stylus_screen_gallery_post

O 3DS possui um direcional analógico e um em cruz do lado esquerdo, botões A, B, X e Y no lado direito e os botões de ombro L e R. Embaixo da tela de baixo temos os botões Select, Home e Start e, ao lado, o botão de energia. Na parte superior do console temos a tela que traz a tecnologia 3D, 2 alto falantes estéreo, botão deslizante que regula a profundidade do 3D e a câmera frontal. No lado externo do aparelho temos 2 câmeras, que simulam os olhos humanos, sendo assim capazes de fotografar imagens em 3D, mas é recomendado o uso da mesma apenas para as aplicações que utilizam AR (Realidade Aumentada) devido à sua baixa qualidade. Na parte inferior do corpo, lado de cima, do console temos o slot para o cartucho do jogo, entrada do carregador com 2 placas condutores laterais para possibilitar o uso de base com carregamento e porta IR. Embaixo temos apenas a entrada para os fones de ouvido. Do lado esquerdo temos o botão deslizante de volume, enquanto no direito um botão que ativa e desativa a função Wi-Fi, o slot para o cartão de memória SD e a caneta stylus que é utilizada na tela touch.

No Playstation Vita temos direcionais e analógico no lado esquerdo da tela, junto do botão Home (PS). Do lado direito da tela temos os botões clássicos do Playstation (x, ?,? e ?), um segundo analógico, os botões Start e Select. Na parte frontal temos também os 2 alto falantes que, infelizmente, podem ser facilmente tampados com os dedos durante a jogatina, e a câmera frontal. Na parte superior temos os botões de ombro L e R, o a entrada para o cartucho e uma entrada que serve de acoplagem para acessórios, além dos botões Power e de volume (+ e -). Na parte inferior temos o slot para o cartão de memória proprietário da Sony, o jack do fone de ouvido, a entrada para o cabo adaptador de USB(que pode ser usado para ligar no PC, no PS3 ou no carregador de tomada) e os suportes para prender o PSVita. Na parte traseira temos o grip, que é bem estreito, uma câmera (mesma recomendação da câmera do 3DS: apenas para AR) e o Touch Pad.

TELA

Nesse ponto temos um dos divisores de águas. O Playstation Vita veio com uma maravilhosa tela de OLED de 5″, touchscreen com capacidade de até 10 toques simultâneos e uma resolução qHD de 960×544, gerando uma densidade de 221 ppi.

Já o 3DS trás 2 telas, uma com a tecnologia 3D que dispensa uso de óculos e a segunda com tecnologia touchscreen resistiva. A tela superior, a 3D, tem uma resolução de 800×240 (ficando 400×240 pra cada olho), resolução que no 3DS fica baixa, com suas 3,53″ (gerando densidade de 132ppi) e no 3DS XL fica baixíssima com o aumento de 90% da tela, subindo para 4,82″ (gerando densidade de 97ppi). Mas apesar dos grandes pixels, eles fazem um ótimo trabalho quando se trata de noção de profundidade. Em jogos como Super Mario 3D Land, onde o 3D é excepcionalmente bem trabalhado, a sensação de profundidade é perfeita, e o jogo da inclusive sensação de proximidade. Jogos como The Legend of Zelda: Ocarina of Time 3D também fizeram ótimo uso dos recursos 3D, dando uma sensação de imersão agradável enquanto jogado. A tela de baixo traz uma resolução de 320×240 e possui tecnologia touch resistiva, o qual só aceita um toque. Mas se comparada a outras telas com a mesma tecnologia, o 3DS se destaca fortemente.

JOGABILIDADE

Os botões do 3DS, em ambas versões, são mais macios, e o analógico, apesar de ser apenas um, é côncavo, o que dá um conforto maior e evita mais que o dedo escorregue. Os botões do PSVita são mais duros, mais cheios de “clicks“, e os analógicos, apesar de serem convexos, possuem uma superfície emborrachada que dificulta o deslizamento do dedo. O alcance dos analógicos é bem curto e preciso, mas passa uma ligeira sensação de fragilidade.

Vários sensores estão presentes em ambos os consoles. Desde a câmera, utilizada na AR, à giroscópio, acelerômetro e outros sensores que ajudam o console a se orientar, possibilitando a mira através do movimento do console, como é visto no garoto propaganda trazido pelo Uncharted  The Golden Abyss.

Alguns jogos também fazem uso do microfone e da iluminação ambiente. Resumidamente falando: A quantidade de opções e ferramentas que os desenvolvedores têm à disposição é enorme, podendo evoluir significativamente a interatividade em relação aos antecessores (PSP e Nintendo DS).

DESEMPENHO

Ambos 3DS e PSVita receberam muitos upgrades com relação a seus antecessores: Tela, conectividade e, principalmente, processamento. Os upgrades foram tantos que, embora as baterias tenham crescido também, a autonomia dos consoles caiu para aproximadamente metade da geração anterior.

Graças ao processador única e exclusivamente dedicado ao 3D, o 3DS tem uma autonomia de aproximadamente 5 horas, enquanto no 3DSXL essa duração pode chegar a 7 horas. A autonomia do 2DS, que não foi testada pela nossa equipe, deve superar a do 3DS, tendo em vista que possuem a mesma bateria e que o 2DS não possui o processador 3D, diminuindo assim o consumo.

Enquanto isso, o Playstation Vita ganhou uma tela maior e mais brilhante que a do seu antecessor. Agora tem 2 superfícies touch para dar conta e um poder de processamento que deixa qualquer console portátil com muita inveja. Chegando a se equiparar ao seu irmão maior, o Playstation 3, em questão de gráficos e a superá-lo em outras tarefas (como acesso à loja e outras aplicações). A conectividade do PSVita também é um fator contra: Existem mais serviços que podem ser usados em segundo plano que ajudam no consumo da bateria (é o caso do Near, Mensagens, Amigos, etc.), coisas que não eram presentes no PSP.

USABILIDADE

Como quase toda tecnologia atual, os consoles também ganharam novas funções para se fazerem diferenciados da concorrência. Funções essas como navegação na internet, chat com amigos (inclusive Video-Chat), Visualização de serviços de vídeo (Youtube, Netflix etc.), agenda, acesso à redes sociais, lojas, entre muitas outras coisas.

Nesse aspecto o 3DS é mais específico e se mantém focado em jogos. Temos acesso à loja, navegador, Amigos (que tenham outro 3DS), mensagens (para amigos com outro 3DS), blocos de anotações que podem ser usados com os jogos em background (muito útil caso esteja com algum jogo com coisas para serem lembradas), SpotPass (que serve para trocar informações de jogos com outros 3DS próximos), calendários com temas voltados para os personagens da Nintendo etc.

O PSVita por sua vez, é um console mais social, mais companheiro para todas as horas. Temos acesso à PSN, amigos (que tenham conta na PSN, tanto por PSVita, PS3 ou por PS4), mensagens (com uma eficiência bem maior que a do 3DS), Near (que tem função semelhante à do SpotPass do 3DS), serviços de streaming de vídeos (Nexflix e PSN Unlimited), Redes sociais por aplicativos próprios, Skype (apenas com função de chamada ou vídeo chamada) entre outras aplicações que podem ser encontradas na PSN.

JOGOS

O tema principal. Afinal, estamos comparando consoles, e não tablets ou smartphones. Nesse aspecto a Nintendo está mais sedimentada. Temos as maiores franquias que a Nintendo pode fornecer para seu console portátil em jogos totalmente exclusivos, a exemplo: Mario, Legend of Zelda, Kirby, Pokémon, Lego City, entre outros, muitos outros. A biblioteca de jogos disponíveis para o 3DS, em qualquer loja que possa ser frequentada ou acessada é pelo menos 3 vezes maior que a disponibilizada para o PSVita.

O Playstation Vita ainda está passando por dificuldades nesse aspecto. Em muitas apresentações a Sony pareceu mostrar que o PSVita foi feito para jogos Indie, entretanto, alguns títulos traem totalmente essa ideia. Quando falamos de Uncharted The Golden Abyss, Soul Sacrifice, Dynasty Warriors Next e Gravity Rush não estamos falando de jogos simples ou superficiais, mas grandes títulos comparáveis aos dos consoles de mesa, com gráficos espetaculares, jogabilidade fantástica e inovadora e histórias profundas e tocantes, o que mostra que o Playstation Vita é um console com um potencial absurdo que ainda tem muito para mostrar.

CUSTO BENEFÍCIO

O 3DS pode ser encontrado em 3 versões: 2DS, 3DS e 3DSXL, a partir de R$400,00. A versão 3DS original vem acompanhada de um cartão de memória de 2GB enquanto as versões 2DS e 3DSXL vem com um cartão de 4GB, que já cabe bastante coisa, mas que pode ser expandido para até 32GB. Os jogos já podem ser encontrados a preços de 60 a 170 reais nas lojas de varejo e, considerando a infinidade de títulos, com certeza não é um console para se enjoar rapidamente.

O Playstation Vita, por outro lado, é um console mais robusto, algo que eleva consideravelmente seu preço frente ao 3DS. A versão atual do PSVita pode ser encontrado por até R$699,00, entretanto é necessária a compra de um cartão de memória, que é proprietário da Sony. O preço dos cartões varia de R$59,90 (o de 4GB) até R$259,00 (o de 32GB). Também é recomendada a compra de uma case de proteção para carrega-lo por aí e, graças ao touch, de uma película de proteção para a tela.

CONCLUSÃO

3dsvita psp vita 3ds

No final das contas, tudo se resume aos jogos: Não adianta comprar um Playstation se você gosta de jogar Pokémon, ou um DS se o que você quer é se aventurar através do abismo de ouro.

A resposta correta para esta pergunta sem fim é: Analise a lista de jogos exclusivos dos consoles em questão. A que lhe agradar mais será do console que lhe fará feliz.

Assíduo jogador de video-games e humilde colecionador.. Nintendista desde criança, Sonysta depois de adulto e.. e.. não sei qual seria o adjetivo para um fã da Microsoft, mas é isso aí..

Comentários

Mais de Games

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top