Conecte-se conosco
Agora você pode procurar doenças no Google sem se desesperar; entenda!

Ciência e Tecnologia

Agora você pode procurar doenças no Google sem se desesperar; entenda!

Graças a uma parceria com o hospital Albert Einstein, procurar doenças no Google será um pouco menos aterrorizador

Agora você pode procurar doenças no Google sem se desesperar; entenda!

Dor de cabeça talvez seja só dor de cabeça

Atire a primeira pedra quem nunca procurou no Google por “dor de estômago” e acabou saindo da consulta com sintomas da trombose, câncer ou AVC. Bem, parece que a partir de agora isso vai mudar. Da próxima vez que você pesquisar doenças no Google, os resultados serão menos alarmantes.

A empresa anunciou nesta segunda-feira que os resultados das pesquisas serão revisados por médicos e mostrados de maneira para que o usuário tenha um fácil entendimento. Sempre aconselhando-o a ver um médico para maiores informações.

“A partir de hoje, no entanto, procurar por sintomas no aplicativo do Google vai trazer resultados que foram escolhidos e revisados por médicos do Hospital Israelita Albert Einstein, com painéis informativos, em português, sobre as possíveis condições para aqueles sintomas, quais são os tratamentos e orientações para procurar um médico.”

Agora você pode procurar doenças no Google sem se desesperar; entenda!

As buscas serão simples assim

Essa parceria com o Einstein vai permitir que os usuários ao procurarem doenças no Google vejam outros problemas relacionados com os seus, podendo aprofundar mais no conteúdo e ainda assim ter a certeza que as informações passaram pela curadoria de médicos do hospital.

Ok, Google, obrigado por não nos assustar mais

Junto dessa novidade, foram lançados painéis informativos sobre métodos contraceptivos.

” Ao iniciar a sua busca por um deles [métodos contraceptivos], a navegação entre as opções e as características de cada um estará, a partir de agora, dinâmica e fluída. Esse trabalho também foi feito ao lado de médicos para te trazer conteúdo confiável.”

Outra coisa muito interessante é que tudo isso foi desenvolvido por engenheiros brasileiros, do Centro de Engenharia na América Latina do Google, em Belo Horizonte. De acordo com a empresa, os engenheiros que “pensaram e construíram essa nova experiência para os usuários, no maior estilo made in Brazil para o mundo”.

Vale lembrar que embora os resultados tenham um bom respaldo, é sempre importante procurar um médico para que ele avalie e diga o que você tem. Mas, claro, ao procurar por doenças no Google, agora, é um pouco melhor!

O que você achou dessa novidade? Já sentiu alguma mudança na hora de pesquisar uma doença?

21 anos, paulistano e jornalista formado pela Cásper Líbero. É editor do Showmetech desde 2015, escrevendo sobre o que há de mais importante no mundo da tecnologia | @joseadorno

Comentários

Mais de Ciência e Tecnologia

Dica

Advertisement

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

Subir