Conecte-se conosco
Tizen: Samsung e Huawei

GADGETS

Está surgindo uma alternativa ao duopólio Android/Apple; conheça

Aos poucos está surgindo uma alternativa ao duopólio Android/Apple (iOS), com o Tizen, sistema da Samsung e Intel.

Tizen: Samsung e Huawei

Huawei, maior fabricante de equipamentos de telecomunicações e redes de computadores da China, e uma das maiores do mundo, vai fabricar relógios inteligentes com Tizen, sistema operacional da Samsung.

A informação vem de um jornal chinês. Segundo o portal Korea Herald afirma, a empresa pretende abandonar o Android Wear e optar por usar Tizen OS em seus novos relógios inteligentes. A mudança pode parecer inusitada, mas condiz com o pensamento da Huawei de querer diminuir sua dependência do sistema operacional do Google.

Segundo o diário local, um representante da empresa afirmou que a “Huawei estava à procura de um sistema operacional diferente do Android, do Google, pois a empresa norte-americana não tem sido muito colaborativa.

Este é o Huawei Watch, com Android Wear

Este é o Huawei Watch, com Android Wear

Um rumor antigo apontava que ela estaria desenvolvendo seu próprio sistema, porque não queria “estar na muleta do Android”. Mas ao que tudo indica, a fabricante chinesa preferiu aderir a um sistema operacional já existente.

O Tizen é um sistema operacional de código aberto desenvolvido pela Samsung e Intel, baseado em Linux, e que tem capacidade de equipar vários dispositivos, como smartphones, Smart TVs, relógios inteligentes, PCs, e qualquer equipamento eletrônico (geladeiras, câmeras, ar-condicionados, etc).

Tizen: uma terceira alternativa

Tizen aparelhos

A Samsung vem sozinha fazendo um trabalho para popularizar o sistema, e deve receber com bons olhos a iniciativa da Huawei. A empresa sul-coreana não recebeu nenhum pedido oficial de parceria, mas já adianta que estará comprometida a cooperar totalmente com a empresa chinesa para colocar o Tizen em seus smartwatches.

Será que estamos vendo surgir uma alternativa ao duopólio Android/Apple, vinda de duas grandes fabricantes asiáticas. Se isso realmente acontecer, em breve poderemos ter uma terceira alternativa, já que o Windows Phone não teve força (ou preparo) o suficiente para competir com os dois gigantes da atualidade.

O Tizen, além de ser uma plataforma de código aberto, já equipa vários aparelhos da Samsung, que a cada dia demonstra seu interesse em deixar de lado o Android e investir em seus próprio sistema. Com a ajuda da Huawei, talvez esse processo seja mais rápido e logo veremos além de relógios, TVs, geladeiras, quem sabe smartphones…

E ai, você gostaria de ver mais dispositivos rodando Tizen no mercado?

Fonte: neowin

Desenvolvedor web, técnico em eletrônica, geek desde criança, nerd e gamer caixista, ama Halo e Gears of War mas está esperando a SEGA lançar outro console porque é fã de Sonic. Entusiasta de tecnologia em geral, ama robôs e PC gaming.

Comentários

Mais de GADGETS

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top