Conecte-se conosco
galaxy-j7-metal

Android

Análise do Galaxy J7 Metal, o intermediário estiloso da Samsung

Durante as últimas semanas, testamos o novo Galaxy J7 Metal (2016), modelo mais poderoso da linha J da Samsung. Confira nossa análise.

Galaxy J7 Metal - Análise

Confira nossa análise do Samsung Galaxy J7 Metal (2016).

No concorrido mercado mobile, os dispositivos de gama média (intermediário) são os mais numerosos e apresentam boas opções para os consumidores. Neste segmento, a Samsung tem a linha Galaxy J.

Recentemente, tivemos a oportunidade de testar o J3, um smartphone muito interessante do ponto de vista de custo-benefício. Nas ultimas semanas foi a vez de experimentarmos o novo Galaxy J7 Metal (2016), aparelho mais poderoso da linha Galaxy J. Confira o que achamos dele.

Design e Acabamento

Galaxy J7 Metal - Design e acabamento

A primeira diferença que o Galaxy J7 Metal apresenta em relação ao seu antecessor de 2015, é seu corpo construído em material metálico, o que justificou a inclusão da palavra “Metal” em sua nomenclatura e conferiu ao aparelho um aspecto elegante e requintado.

O design do J7 Metal mantém o layout padrão dos smartphones da Samsung, com o botão de ligar e desligar na lateral direita do aparelho, botões de volume do lado esquerdo, com o botão Home e a saída de áudio (P2) no canto inferior do aparelho.

Em termos de ergonomia, o Galaxy J7 Metal se sai muito bem. O aparelho é bem confortável nas mãos e apesar da carcaça metálica, não é escorregadio. A mudança do plástico para o metal, elevou um pouco o peso do dispositivo, o que pode ser estranho para um usuário que nunca teve um aparelho feito com este material.

Tela

Galaxy J7 Metal - Tela

Atualmente, os smartphones com tela grande dominam o mercado e o Galaxy J7 Metal vai ao encontro dessa tendência com sua tela de 5,5 polegadas. Mais uma vez, a Samsung faz bonito neste quesito, fazendo um bom aproveitamento do tamanho da tela em relação ao corpo do aparelho.

O display SUPER AMOLED do aparelho faz bonito, apesar da resolução HD (1280 x 720) e ter uma densidade de pixels inferior a 300 PPI. Com cores equilibradas, brilho intenso e bom nível de contraste, as imagens dificilmente apresentam ruídos ou pixelização.

Desempenho

Galaxy J7 Metal - Desempenho

Considerado um dos pontos mais vulneráveis da versão 2015 do J7, a Samsung promoveu importantes mudanças nas configurações do Galaxy J7 Metal. O processador Octa-core Exynos 7870 é ligeiramente mais potente que o anterior, funcionando na frequência de 1,6 GHz contra 1,5 GHz de seu antecessor.

A mudação mais relevante veio da adição de memória RAM da nova versão que passa a contar com 2 GB de capacidade. Isso faz com que o Galaxy J7 Metal rode  a maior parte dos aplicativos do Google Play sem engasgos, além de também apresentar um bom desempenho em multitarefas.

Já o armazenamento interno permanece sendo de 16 GB com possibilidade de expansão em mais 128 GB via cartão microSD. O J7 Metal tem para dois chips SIM (micro) e conta com conexões Wi-Fi, Bluetooth 4.1 e redes móveis 4G.

Uma novidade importante trazida pelo Galaxy J7 Metal é a tecnologia NFC, que não estava presente no modelo anterior. Este recurso dá a possibilidade de efetuar pagamentos diretamente do seu celular utilizando o Samsung Pay.

Outro item que certamente irá agradar os consumidores é a bateria do J7 Metal. Além de ser removível, o componente tem 3.300 mAh e dificilmente deixará o usuário na mão. Durante os testes, não foi necessário carregar o aparelho mais de um vez ao dia em nenhum momento.

Sistema

Galaxy J7 Metal - Software

Outra diferença muito importante que o Galaxy J7 Metal tem em relação ao seu antecessor do ano passado está na versão do Android, que no modelo atual já vem com a versão 6.01 Marshmallow (no modelo anterior, era Lollipop) com a interface TouchWiz.

Apesar de não ser um grande fã de interfaces personalizadas, devo reconhecer que desde 2015, o TouchWiz da Samsung apresentou uma melhora significativa, trazendo recurso funcionais, além ter evoluído visualmente, ficando mais bonita e agradável.

Entre os recursos mais interessantes, destaco a nova tela de apps que ficou mais simplificada. As configurações do sistema também estão mais mais organizadas e a navegação mais intuitiva. Um recurso bem bacana é poder ativar a câmera principal com um clique duplo no botão home.

No entanto, a ausência do LED de notificações na tela de bloqueio, foi um recurso que senti falta. É possível configurar para que o LED da frente do aparelho mude cor quando chega uma notificação, mas o usuário terá que desbloquear a tela para saber do que se trata.

Outro ponto negativo é a quantidade de Bloatware presente no aparelho. Com apenas 16 GB de capacidade de armazenamento interno, o Galaxy J7 Metal tem menos de 10 GB disponíveis para ele, já que o sistema requer cerca de 5 GB e os aplicativos pré-instalados consomem mais 1,5 GB.

Câmeras

Galaxy J7 Metal - Câmeras

O conjunto de câmeras do Galaxy J7 Metal é outro ponto positivo deste aparelho. Com a câmera principal (traseira) de 13 megapixels é possível tirar fotos muito boas, especialmente em ambientes externos e com boa iluminação. A câmera também pode ser acessada rapidamente, ajudando o usuário que gosta de bater fotos de forma mais espontânea.

Já a câmera auxiliar (frontal) de 5 megapixels com flash em LED se sai muito bem. Graças a sua abertura focal f/2.2 é possível tirar excelentes selfies, mesmo em condições de luz mais desafiadoras. O ângulo de abertura de 120°, permite incluir mais amigos nas selfies em grupo, capturando uma área realmente ampla.

O software de câmera presente no aparelho não acrescenta grandes funcionalidades às câmeras, trazendo apenas alguns recursos básicos, como o modo manual simplificado. No geral, é possível afirmar que o J7 Metal tira fotos acima da média em termos de smartphones intermediários.

Conclusão

Dentro do portfólio estratégico da Samsung, o Galaxy J7 Metal tem como objetivo conquistar o consumidor que quer um “algo mais” da gama média, sem no entanto poder gastar muito por isso. Lançado no mercado nacional com preço sugerido de 1.599 reais, o aparelho não chega a ser um grande negócio, uma vez que o Zenfone 2, Moto G4 e o próprio Quantum Fly oferecem mais por menos.

Entretanto, já é possível encontrar o aparelho por cerca de 1.150 reais, o que já o torna uma opção muito mais interessante. O aparelho é muito bem acabado e o corpo de metal lhe confere um aspecto premium. Além disso, a possibilidade de contar com o Samsung Pay é sempre um atrativo a ser levado em conta.

De uma forma geral, avalio o Galaxy J7 Metal como uma boa opção para o consumidor que procure um aparelho de tela grande, com grande autonomia, que tire boas fotos e tenha um apelo visual. Neste sentido, a campanha publicitária que ressalta o público jovem, acerta em cheio no público que melhor se encaixa com as características do aparelho.

Fotos e especificações do Samsung Galaxy J7 Metal (2016)

  • Dimensões
    • Altura: 15,17 cm
    • Largura: 7,6 cm
    • Espessura: 0,78 cm
    • Peso: 170 g
  • Tela:
    • Tipo: SUPER AMOLED de 5,5 polegadas
    • Resolução HD (1280 x 720) 267 PPI
  • Câmera
    • Principal: 13 MP, lente f/1.9, 28 mm
    • Frontal: 5 MP, lente f/1.9, Flash LED
  • CPU: Octa-core 1.6 GHz Cortex-A53
  • Chipset: Exynos 7870 Octa
  • GPU: Mali-T830MP2
  • Memória
    • Interna: 16 GB (expansível até 128 GB via cartão micro-SD)
    • RAM: 2 GB
  • Sistema Operacional: Android 6.01 Marshmallow
  • Bateria: 3.300 mAh (removível)
  • Sensores:
    • Acelerômetro
    • Sensor de proximidade

Samsung Galaxy J7 Metal (2016)

Samsung Galaxy J7 Metal (2016)
7.18

DESIGN

8/10

    FUNCIONALIDADES

    7/10

      SOFTWARE

      7/10

        DESEMPENHO

        7/10

          PREÇO

          7/10

            Pros

            • Acabamento em metal
            • Bateria
            • Câmeras

            Cons

            • Armazenamento interno
            • Quantidade de Bloatware
            • Posição da saída de áudio

            Jornalista, fã de cinema e curioso de todas as coisas. Sempre atento às informações, escreve sobre ciência, comportamento e as novidades do mundo tecnológico.

            Comentários

            Mais de Android

            Dica

            Mais Lidas

            Reviews

            Cultura Geek

            Tutoriais

            To Top