Conecte-se conosco
Anonymous-capa-op-anatel

Notícias

Que os jogos comecem: Anonymous hackeia o banco de dados da Anatel

Após sofrer uma série de ataques DDoS o site da Anatel teve seu banco de dados hackeado pelo grupo cyberativista Anonymous, e exposto na internet

Banco de dados da Anatel Hackeado pelo Anonymous

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), que deveria ser um órgão que age a favor do povo, tomou rumos bastante contraditórios nessa discussão à respeito de impor limites na internet banda larga.

Falar que “Gente que joga online gasta muita internet“, para justificar o endosso à decisão dos provedores de limitar a internet, foi no mínimo uma declaração curiosa, pois não veio da sua, nem da minha mãe, tio do pavê, ou avó, mas sim do presidente da Anatel, João Rezende. Só faltou dizer que videogames estragam a TV.

As ações da Anatel e das operadoras não estão agradando em nada os usuários, a revolta está em toda parte, e não há divisão, o clamor é um só. Não ao limite de internet.

Um abaixo assinado online contra o limite na franquia de dados na banda larga fixa, que será direcionado às operadoras e a Anatel já arrecadou mais de 1,63 milhões de assinaturas.

Para pressionar ainda mais o órgão a se posicionar à favor do povo, o grupo ciberativista Anonymous realizou uma série de ataques ao site da Anatel. Primeiro, o grupo derrubou o site na última quinta-feira, 21, utilizando um ataque DDoS (Ataque de negação de serviço), que deixou o site fora do ar por horas, interferindo até no acesso à sistemas.

Ao que tudo indica, o ataque deu resultado, pois nesta semana, o órgão havia determinado que as empresas estariam proibidas de limitar o acesso à internet banda larga em um prazo de 90 dias, enquanto a agência “estudaria o caso”, no entanto, nesta sexta-feira, 22, após os primeiros ataques, a agência decidiu que as operadoras ficarão proibidas de limitar o acesso à internet de banda larga fixa “por tempo indeterminado”.

Ainda sem sentir firmeza na decisão da Anatel, o Anonymous continuou agindo numa operação chamada #OpOperadoras e anunciou na madrugada de sexta-feira, 22, que hackeou o banco de dados da agência.


Uma parte do banco foi exposta na internet, entretanto o grupo promete revelar mais dados em breve. Na página onde ele foi exposto, o grupo deixou a seguinte mensagem:

Queremos deixar uma mensagem ao ilustre Sr. (fala m*rda) Presidente da Anatel, João Rezende: Isso é uma pequena amostra do que nós podemos fazer. O site da Anatel foi hackeado e nós temos o seu banco de dados em nossas mãos. Por enquanto, vamos apenas expor parte dessas informações para mostrar que não estamos aqui de brincadeira.

Vocês devem ter notado que o site da Anatel também ficou fora do ar por algum tempo devido à ataques de negação de serviço (DDoS). Pois bem, estamos aqui para EXIGIR uma internet digna, e que a Anatel cobre um serviço justo das operadoras. A Anatel deve defender o consumidor e exigir melhorias no serviço e na infraestrutura das operadoras, pois já pagamos caro por um serviço de péssima qualidade.

“Gente que joga online gasta muita internet, critica presidente da Anatel”

Que tal jogar o nosso jogo, huh!?

Que os jogos comecem…

As informações divulgadas contém nomes, logins e senhas de funcionários para sistemas internos da empresa e muitos outros dados da agência. E o Anonymous promete que as operadoras GVT/Vivo, Oi, Claro, Tim, NET e todas as outras, serão as próximas vítimas de ataques.

E você? O que pensa disso?

Desenvolvedor web, técnico em eletrônica, geek desde criança, nerd e gamer caixista, ama Halo e Gears of War mas está esperando a SEGA lançar outro console porque é fã de Sonic. Entusiasta de tecnologia em geral, ama robôs e PC gaming.

Comentários

Mais de Notícias

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top