Conecte-se conosco
NEW YORK, NY - APRIL 22:  A green leaf adorns the Apple logo on Earth Day at the company's Fifth Avenue store in Midtown Manhattan on April 22, 2014 in New York City. The store is one of at least 120 Apple stores currently powered by renewable energy. To coincide with Earth Day, Apple announced it's offering free recycling of all of its used products. Employees wore green shirts for the occasion. (Photo by John Moore/Getty Images)

Apple

Apple cria empresa para vender excedente de energia limpa

Empresa pretende comercializar energia através da subsidiária Apple Energy LLC. Se aprovado, documento prevê a distribuição de 521 megawatts

smt-AppleEnergy-P0

Empresa pretende comercializar seu excedente através da subsidiária Apple Energy LLC. Se aprovado, documento prevê a distribuição de 521 megawatts de energia limpa.

Uma empresa inovadora não pode planejar seu futuro sem pensar em sustentabilidade. Coerente com este princípio, a Apple investe há algum tempo na geração de energia solar, uma matriz energética limpa e renovável, em suas “fazendas” em Cupertino e Nevada. A eficiência das instalações é tão boa, que recentemente a companhia apresentou um pedido ao Federal Energy Regulatory Commission para vender energia excedente no mercado americano.

A Apple usa energia limpa para equipar os seus centros de dados, lojas físicas, escritórios e serviços online. Para garantir que as suas fazendas solares cubrem a totalidade das suas necessidades, a Apple aproveita a intensa luminosidade do céu californiano para abastecer suas turbinas. Além de energia solar, a também investe em outros tipos de soluções renováveis, como a energia hidroelétrica, o biogás e a energia geotermal.

As fazenda de energia solar da Apple se beneficiam com o clima ensolarado da Califórnia.

Ao todo, a Gigante de Cupertino diz que gera energia suficiente para cobrir 93% de seu consumo mundial total. Apesar disso, há quem veja na ação da Apple uma jogada estratégica que ajudaria a pagar o investimento feito pela empresa. No início deste ano, a empresa emitiu 1,5 bilhões de dólares em títulos verdes (como créditos de carbonopara financiar seus projetos de energia limpa.

Por outro lado, parece improvável que uma empresa que faturou mais de 233 bilhões de dólares no ano passado, considere que a venda de energia possa ter um impacto significativo em suas finanças. O quadro deve ficar mais claro quando o pedido for aprovado. Segundo informação do site 9to5mac, A Apple espera que a liberação ocorra dentro de 60 dias. No documento está descrito uma distribuição de 521 megawatts de energia solar.

Jornalista, fã de cinema e curioso de todas as coisas. Sempre atento às informações, escreve sobre ciência, comportamento e as novidades do mundo tecnológico.

Comentários

Mais de Apple

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top