Conecte-se conosco
apple-music-ios

Apple

Apple Music: o serviço de streaming de música da Apple

A Apple revelou nesta segunda-feira durante a WWDC o seu serviço de streaming de música: Apple Music. Confira os detalhes sobre os planos e disponibilidade.

apple-music
A Apple revelou nesta segunda-feira (8) durante a WWDC um novo serviço de streaming de música: Apple Music. A companhia que transformou a música digital com o iPod e o iTunes demorou para entrar nesse novo mercado e chega com a missão de concorrer com players já estabelecidos, como Spotify e Rdio.

O Apple Music irá combinar transmissão de rádios, download e transmissão de músicas, clipes, além de canais de interação entre artistas e fãs. Ele será integrado ao atual app Música do iOS.

Como outros serviços de streaming, haverá recomendações de músicas. A companhia aposta em recomendações personalizadas e não irá se apoiar apenas nos algoritmos: uma equipe de especialistas da Apple fará algumas sugestões. Além disso, o aplicativo terá estações de rádio que serão controladas por DJs. Zane Lowe da BBC é um dos nomes responsáveis pela curadoria do canal que tocará 24 horas por dia.
apple-music-radio
Através da área Connect, artistas poderão publicar mensagens para os fãs, como fotos de bastidores, downloads de novas músicas e letras de canções que estão sendo produzidas. A ideia é bem similar ao material oferecido pelo concorrente recém lançado Tidal.

Como em outros serviços, os usuários poderão escutar as músicas offline e compartilhar playlists com amigos. Um diferencial é a presença de videoclipes em alta definição.
apple-music-ios
O Apple Music custará US$ 9,99 por mês, ou US$ 14,99 no plano família para até seis pessoas. A partir do dia 30 de junho ele estará disponível em mais de 100 países. Será possível escutar as músicas no iOS, OS X e Windows. Uma versão para Android será disponibilizada até o final do ano, segundo a empresa.

O Apple Music está entrando em um mercado dominado pelo Spotify, que já possui 60 milhões de usuários (15 milhões no plano Premium), sem muitos diferenciais. A carta na manga da Apple é a sua grande base de consumidores de produtos de hardware.

Ainda não há informações sobre o lançamento do serviço no Brasil, mas a página brasileira indica que ele será lançado em breve.

Quer saber tudo o que rolou no evento de hoje da Apple? Confira o nosso resumo com todas as novidades apresentadas!

19, estudante de Comunicação e Multimeios na PUC-SP. Curioso e apaixonado por tecnologia, escreve sobre o tema há cinco anos.

Comentários

Mais de Apple

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top