Conecte-se conosco
At&T

Ciência e Tecnologia

AT&T compra a Direct TV e cria uma mega empresa do setor.

AT&T compra a Direct TV criando uma mega empresa no setor.

AT&T

Não é novidade nenhuma que a AT&T, grande operadora norte-americana de TV por assinatura, internet e telefonia, quer aumentar sua participação no mercado brasileiro, onde atua de forma discreta para corporações.

Rumores durante toda a semana passada davam conta que a empresa estava negociando a compra da Direct TV, para apimentar essa história das cifras seriam bilionárias, mas ambas as empresas negavam e evitavam comentar o assunto.

Em negócios, quase sempre onde há fumaça, há fogo. E, neste caso, havia. Acaba de ser anunciada a venda da Direct TV para a empresa AT&T pela cifra de 48,5 bilhões de dólares.

Encontro de Gigantes

AT&T (American Telephone and Telegraph) – EUA: empresa norte-americana, parte restante da empresa Bell, fundada por nada mais, nada menos que o inventor do telefone, Alexander Grahan Bell, chegou a dominar 94% do mercado americano até 1984, quando foi forçada a se dividir para estimular a concorrência. Mesmo assim ainda hoje é responsável por 116 milhões de usuários de celular, 29 mil pontos de acesso wifi, 5,7 milhões de assinantes de IPTV em 100 localidades e 18 milhões de usuários de internet banda larga.

DirectTV – EUA: fundada em 1994, oferecia 150 canais digitais, numa tecnologia inaugurada em 1981 pela USSB (United States Satellite Broadcasting). Em dois anos atingia a cifra de 2 milhões de assinantes, passando, a partir dai, a crescer exponencialmente via novos assinantes, devido à compra e fusão com outras empresas, inclusive a criadora da tecnologia (USSB). Até 2004, quando estreou no México, somava mais de 14 milhões de assinantes nos 3 países onde atuava: EUA, México e Japão. Avançou pela América Latina alcançando a soma de aproximadamente 22 milhões de assinantes.

A compra da Direct TV pela AT&T seria uma reação à recente fusão entre a Comcast e a Time Warner Cable (30 milhões de assinantes estimados) ainda sob análise das autoridades americanas. Ironicamente a nova empresa anunciada hoje, fortalece as chances da fusão ser aprovada, já que oferece ao mercado um player de porte semelhante para manter a concorrência.

No Brasil

A Direct TV controla no Brasil a SKY, tv por assinatura. Mas, como o mercado está rapidamente migrando para o vídeo pela internet, a experiência da AT&T seria de grande valia para facilitar a migração de conteúdo.

A AT&T já está sendo vista como forte concorrente para o próximo leilão de 4G, e, após esta aquisição, adiciona de imediato à sua base, licenças que a SKY possui para operar 4G na frequência de 2,6 GHz em mais de 600 cidades do Brasil.

As repercussões da compra anunciada hoje são bastante complexas e extensas, envolvendo várias alternativas ainda incertas e algumas que só poderão ser confirmadas a longo prazo. Vamos acompanhar o desenvolvimento das operações para entender mais amplamente o que muda de fato.

Trader, Empresário e Administrador. Recifense aficionado pelo mundo High Tech, sempre tentando unir as mais novas tecnologias à melhoria da dura realidade diária e, como nem tudo é bite ou concreto, aficionado por carros antigos.

Comentários

Mais de Ciência e Tecnologia

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top