Connect with us

Geral

Black Friday Brasil 2014: confira as lojas participantes e os cuidados na hora da compra

Confira as lojas participantes da Black Friday 2015 no Brasil e saiba quais cuidados tomar para evitar problemas.

Black Friday Brasil / reprodução

A Black Friday brasileira este ano acontece na mesma data da promoção feita nos Estados Unidos. A data promocional do comércio norte-americano foi criada para queimar os estoques após o feriado de Thanks Giving, o mais importante do calendário do país.

Aqui no Brasil, o dia de ofertas começou em 2010 com dezenas de denúncias de fraudes. Várias lojas aumentavam o preço dos produtos para na Black friday oferecer descontos. Por isso, até hoje existem muitas pessoas desconfiada com as ofertas (confesso que sou uma delas!).

No ano passado, o volume movimentado pelos produtos vendidos saltou para R$ 424 milhões – quase o dobro do registrado em 2012, quando o montante já havia sido 117% superior ao de 2011.

Confira alguns dos principais participantes:

black-friday-brasil-2015

Aumento das vendas, aumento dos problemas O site Reclame Aqui recebeu no ano passado 8,5 mil reclamações por causa da Black Friday, 6,2% a mais do que em 2012. A maior parte das queixas era com relação à maquiagem de preços (27%).

Nas redes sociais, a promoção chegou a ganhar o apelido de “Black Fraude”

Selo de credibilidade

Para combater o clima de desconfiança, a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico criou um selo para dar credibilidade às promoções realizadas na Black Friday. As lojas virtuais puderam se cadastrar no site Black Friday Legal, onde aderiram a um código de ética, comprometendo-se a não maquiar preços.

black-friday-brasil-2015-lojas-participantes

 

Quem descumprir a regra, não receberá o selo em 2015. No total, 500 lojas exibirão o selo, mais do que o triplo das 123 varejistas credenciadas em 2013.

A Câmara Brasileira de Comércio vai disponibilizar uma relação com as lojas que poderão usar o selo este ano!

Aproveite a Black Friday com segurança

A advogada Mirella D’Angelo Caldeira Fadel, especialista no Direito do Consumidor, chama a atenção para alguns detalhes que o consumidor precisa avaliar para garantir seus direitos.

Segundo a advogada, é necessário que o consumidor preste atenção nos preços e verifique qual era o valor do produto antes da Black Friday para não ser vítima de uma promoção irreal.

Outro fator importante a ser verificado é com relação às compras pela Internet. “É preciso que o consumidor verifique se a página é confiável, se o site tem o Selo de Segurança e se existe um cadeado fechado na barra do navegador antes de incluir todos os dados solicitados para garantir que extravios nas informações”.

A advogada ainda ressalta que o consumidor tem alguns direitos garantidos nas compras de e-commerce, a partir do novo Decreto 7962/13. Já as lojas virtuais precisam seguir algumas normas estabelecidas, tais como fornecer, de forma clara e ostensiva, dados básicos como nome e número do CNPJ da empresa, endereço físico, canal de atendimento válido para o consumidor, características essenciais dos produtos, modalidades de pagamento, disponibilidade, forma e prazo da entrega do produto, incluindo de forma os meios para que o comprador troque ou devolva o produto, caso haja arrependimento na aquisição.

Um jornalista curioso que adora viajar, comer em bons restaurantes e experimentar as novidades tecnológicas! Ex-correspondente da TV Bandeirantes na China e na África do Sul, atualmente é chefe de redação do BandNews TV.

Comments

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top