Conecte-se conosco

Ciência e Tecnologia

Brasileira pode ir para Marte, sem volta!

mars_one

Em fevereiro o grupo holandês Mars One revelou a lista dos 100 finalistas que ainda possuem chances de serem enviados para Marte. Mais de 200 mil pessoas se candidataram para a viagem e após 2 anos de seleção apenas 100 seguem na disputa. No site do grupo é possível ver a lista completa e visualizar o perfil de cada candidato.

A candidata brasileira é a professora rondoniense de 51 anos Sandra Silva. O perfil dos selecionados é, em sua maioria, de cientistas e acadêmicos, com idades entre 19 e 60 anos. Os mais novos, com 19 anos, são duas mulheres, uma inventora australiana e uma estudante americana. O mais velho, com 60 anos, é um militar paquistanês.

Baseado no currículo e características de cada candidato existe uma pontuação que foi atribuída a seu perfil. O candidato com a maior pontuação é o dinamarquês Christian O. Knudsen, de 34 anos, que possui 2544 pontos. A professora brasileira possui a 16ª maior pontuação, com 469 pontos.

mars-one-sandra-silva

Sandra Silva – Arquivo Pessoal

Ao final do processo seletivo, apenas 24 pessoas serão selecionadas. Estas 24 serão divididas em 6 equipes de 4 tripulantes. A cada 2 anos uma das equipes será enviada ao planeta vermelho. A previsão é de que a primeira equipe seja enviada em 2018. A viagem da terra até Marte deve durar cerca de 6 meses.

Existe muita controvérsia na comunidade cientifica sobre a expedição de colonização. Segundo um estudo realizado por pesquisadores do MIT, com a tecnologia que possuímos hoje, dificilmente um ser humano consiga sobrevier mais do que 68 dias na atmosfera de Marte.

Fonte: Info

Curioso sobre tudo que há ao nosso redor. Entusiasta de Software Livre, Usuário Linux há mais de uma década e usuário Android fanático pela plataforma do robozinho verde. Nas horas vagas: desenvolvedor Android, adestrador canino e colecionador de camisetas.

Comentários

Mais de Ciência e Tecnologia

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top