Conecte-se conosco
cabify

Aplicativos

Rival do Uber chega ao Brasil com preço competitivo e permite até cadastro de taxistas

O Uber vai ganhar em breve mais um rival no Brasil. O Cabify, serviço espanhol vai desembarcar aqui em maio com preços competitivos e permitirá o cadastro de taxistas

Cabify - rival do Uber

Se você já conhece o Uber, sabe que ele enfrenta vários desafios para operar no Brasil, mesmo com 95% de aprovação da população segundo o Datafolha, o que deve dar mais de 250%, considerando sua margem de erro.

Como se taxistas e políticos, que querem a todo custo acabar com o livre mercado, tentando passar leis que proíbem o serviço, agredindo usuários e motoristas e os ameaçando de todas as formas, já não fossem suficientes, ele vai ganhar em breve um rival – algo que consideramos positivo – que promete preços competitivos e permite até cadastro de taxistas.

A Cabify é uma companhia espanhola que opera aos moldes do Uber e vai desembarcar no Brasil em maio. A empresa promete oferecer preços competitivos tanto em relação ao Uber, como aos táxis.

O valor de cada corrida no Cabify será calculado apenas com base na distância que será percorrida e o preço exato será informado ao usuário através do aplicativo. O tempo de percurso não é relevante no valor final da corrida e não será considerado. O Uber e taxistas usam a distância e tempo de corrida para calcular os valores, além de uma tarifa-base.

Cabify-App2

Enquanto o Uber atua em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Campinas, Goiânia, Recife e pretende chegar em Fortaleza ainda em 2016, o seu novo rival vai iniciar apenas em São Paulo, mas já atua em 14 cidades, em cinco países e pretende dobrar o número de cidades em breve, e o Brasil tem potencial para ser seu maior mercado.

Ele vai trazer duas categorias do seu serviço ao Brasil neste ano: O Cabify Light e o Cabify Executivo. A primeira irá concorrer com o UberX, já a segunda, com o Uber Black – o que significa que o Light terá preços mais baratos e o Executivo mais caros.

Motoristas de táxis pretos, a mais nova categoria criada pela Prefeitura de São Paulo numa tentativa falha de regulamentar o Uber, também poderão fazer parte do Cabify, junto com pessoas que dirigem profissionalmente sem alvará, entretanto, deverão seguir rigorosas exigências para ingressar no serviço.

Os carros precisam ter ar-condicionado, seguro que cubra os passageiros e histórico de acidentes do veículo, além de uma seleção rigorosa dos motoristas, que não são considerados funcionários da empresa, e sim parceiros.

Ainda não se sabe como será a divisão de receita com os motoristas, mas em outros mercados onde atua, a empresa cobra de 15% a 25% do valor de cada corrida com o condutor.

Fonte: Exame

Desenvolvedor web, técnico em eletrônica, geek desde criança, nerd e gamer caixista, ama Halo e Gears of War mas está esperando a SEGA lançar outro console porque é fã de Sonic. Entusiasta de tecnologia em geral, ama robôs e PC gaming.

Comentários

Mais de Aplicativos

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top