Conecte-se conosco

Notícias

Campanha quer conscientizar você sobre os perigos de mandar nudes

Mandar nudes se tornou tão comum que até já virou meme. Mas você tem real consciência dos perigos que envolvem compartilhar fotos íntimas?

As redes sociais são palco do fenômeno dos nudes. Mas será que são seguras?

O fenômeno “manda nudes” já faz parte do cotidiano das pessoas nas redes sociais. O meme se popularizou de tal forma que alguns usuários se esquecem dos perigos de compartilhar selfies pelado. E isso se aplica principalmente aos adolescentes, que estão começando sua vida sexual. Muitas vezes, eles não compreendem plenamente o que pode acontecer se essas fotos caírem nas mãos erradas.

Children of the Street Society criou uma campanha forte, mas bastante simples para educar esses jovens. Usando janelas de texto que geralmente aparecem nos smartphones, como a de Termos e Condições, a campanha “Cuidado com o que você concorda” pergunta ao adolescente: tem certeza?

Uma das imagens da campanha “Cuidado com o que você concorda”, da Childreen of Street Society

“Tem certeza de que você quer mandar essa foto? Tem certeza de que você pode confiar no destinatário? Você tem certeza de que ele é quem diz ser? Tem certeza que você quer dar a ele algo que ele pode usar para conseguir mais imagens pessoais e comprometedoras? Tem certeza de que ele não vai ameaçar compartilhar essa imagem com toda a sua lista de contatos? Tem certeza que quer dar a ele tanto poder?”, lê-se na janela de texto.

A campanha canadense quer educar os jovens quanto aos perigos de mandar nudes

“Mandando essa foto, você concorda com o que o destinatário demandar, incluindo mas não se limitando a mandar mais e mais fotos comprometedoras. Ao mandar essa imagem você perde o conhecimento de que suas fotos privadas permanecerão privadas e nunca serão encaminhadas para familiares e amigos. Mandando essa foto você abandona todo o controle sobre a sua privacidade e decisões pessoais”.

Embora as meninas sejam a maior parte das vítimas, a campanha também pede cuidado aos meninos

“Mandando essa imagem você permite que o destinatário tenha acesso a mais fotos e vídeos comprometedores da sua pessoa, que devem ser disponibilizados conforme for solicitado. Adicionalmente, isso permite que o dito destinatário use essas fotos para te chantagear, ameaçando compartilhar essas imagens com todo mundo que você conhece. Ao mandar essa foto você dará acesso ilimitado aos seus momentos mais privados para um completo estranho”.

Essa campanha é direcionada a adolescentes, mas é também um ótimo lembrete para os jovens adultos para tomar cuidado. Se for mandar nudes, garanta a segurança das suas imagens e tenha certeza de que pode confiar na outra pessoa. Em caso de dúvida, não mande.

Revenge porn

Um dos perigos de compartilhar nudes é justamente o revenge porn, a “pornografia da vingança”. Esta prática é uma forma de violência moral com cunho sexual que, quase sempre, afeta mulheres. Geralmente, as vítimas e os agressores tiveram um relacionamento afetivo no passado. E, depois do término, o agressor decide compartilhar imagens íntimas para se vingar da ex-namorada.

Está em tramitação no Senado Federal o projeto de lei 63, de 2015, que quer tornar crime “a conduta de divulgar fotos ou vídeos com cena de nudez ou ato sexual sem autorização da vítima”. Elaborado pelo senador Romário, do PSB-RJ, a PL aguarda designação de relator.

Enquanto a lei não garante proteção às vítimas, um aplicativo pode ser uma solução paliativa.

O Disckreet pressupõe que um dos parceiros determine um código de acesso às fotos e vídeos íntimos. No entanto, para evitar o revenge porn, esses compartilhamentos só podem ser acessados quando ambos os usuários digitarem as senhas. Outra vantagem é que o app é criptografado, evitando maiores dores de cabeça caso seu celular ou tablet seja roubado.

O aplicativo está disponível para iPhone e iPad, na App Store.

 

Jornalista apaixonada por séries e cinema | @maricanhisares

Comentários

Mais de Notícias

Dica

Advertisement

Mais Lidas

Advertisement

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

Subir