Conecte-se conosco
Zuckerberg_happy

Ciência e Tecnologia

CEO do Facebook é o mais bem avaliado do mundo.

O site Glassdoor divulgou a lista dos 50 CEOs mais bem avaliados pelos funcionários de grandes companhias globais – inclusive gigantes da área de tecnologia.

Zuckerberg_Facebook_CEO

O site Glassdoor, conhecido pelas críticas anônimas feitas por funcionários e ex-funcionários de empresas sobre condições de trabalho e chefia, divulgou a lista dos 50 CEOs mais bem avaliados pelos empregados de grandes companhias globais – entre elas, diversas da área de tecnologia.

O destaque fica por conta do CEO e co-fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, o mais bem avaliado da lista, com aprovação de 99% dos funcionários. Em 2012, a rede social atingiu 1 bilhão de usuários ativos e comprou a rede de compartilhamento de fotos Instagram. Porém, Zuckerberg teve que lidar com o conturbado IPO da empresa na NASDAQ e a pressão para que o Facebook expandisse sua presença (e venda de anúncios) em smartphones e tablets.

Também se destacaram na lista do Glassdor:

– o CEO da Qualcomm, Paul E. Jacobs (95% de aprovação / 8ª posição), que levou a empresa ao topo do mercado de processadores para smartphones e elevou o valor de mercado da Qualcomm a um patamar maior que o da rival Intel;

– o CEO e co-fundador do Google, Larry Page (95% / 11ª), que enfrentou investigações e processos sobre violação de privacidade dos usuários e de patentes, adquiriu a problemática Motorola Mobility, mas continua expandindo a influência do buscador e do sistema Android e investindo em hardware como na linha Nexus, no laptop Pixel e no vindouro Google Glass;

– o CEO e fundador da Amazon, Jeff Bezos (93% / 16ª), considerado o maior visionário do setor de tecnologia pós-Steve Jobs, aumentou a presença da Amazon em tablets e em e-books com a chegada a novos mercados, inclusive Brasil e China;

– o CEO da Apple, Tim Cook (93% / 18ª), que em 2012 comandou o bem-sucedido lançamento das novas gerações do iPhone, iPads e iMacs, enquanto lidava com problemas como o novo aplicativo de mapas, reorganização dos executivos e a volatilidade das ações da Apple no mercado – que fechou o ano passado como a maior empresa do mundo, em valor de mercado.

– o CEO e fundador da Dell, Michael Dell (81% / 49ª), que apesar do declínio nas receitas devido às fracas vendas de PCs e do desempenho pífio no mercado de tecnologia voltado ao consumidor, tem guiado a empresa rumo ao setor corporativo aproveitando a forte demanda por data centers e serviços de computação em nuvem. Em 2013, Dell anunciou que pretende fechar o capital da empresa.

Já quem chamou atenção por causa da baixa aprovação foi o CEO da Microsoft, Steve Ballmer. Apesar da receita recorde e de lançamentos importantes como o Windows 8 e o tablet Surface, os desafios da gigante do software nas áreas de mobilidade e internet levam apenas 47% dos funcionários a acreditarem que Ballmer é o homem mais indicado para liderar a companhia.

Nenhum CEO brasileiro entrou na lista de 2013 do Glassdoor. O ranking completo pode ser visualizado neste link.

Já vivia na nuvem antes de ser modinha.

Comentários

Mais de Ciência e Tecnologia

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top