Conecte-se conosco
Imagens do ISON foram coletadas no dia 13 de junho / NASA/JPL-Caltech/JHUAPL/UCF

Ciência e Tecnologia

Cometa ISON lança poeira no espaço

Astrônomos da NASA conseguiram observar o cometa ISON lançando milhões de quilos de poeira e dióxido de carbono no espaço.

Imagens do ISON foram coletadas no dia 13 de junho / NASA/JPL-Caltech/JHUAPL/UCF

Astrônomos da NASA, utilizando o telescópio Spitzer, conseguiram observar o cometa ISON, que deve passar próximo a Terra no final do ano, lançando milhões de quilos de poeira e dióxido de carbono no espaço.

Por conta da distância do cometa, cerca de 502 milhões de quilômetros do sol, três vezes mais longe do que a Terra, o tamanho e densidade do cometa ainda não podem ser afirmados com certeza. Estima-se que ele seja pequeno, com menos de 5 quilômetros de comprimento, mas com peso entre 3,2 milhões e 3,2 bilhões de toneladas. Apesar disso, foi possível determinar o quanto de material ele está despejando no espaço.

“Nós calculamos que o ISON esteja despejando cerca de mil toneladas de dióxido de carbono e 54,4 mil toneladas de poeira todos os dias”, disse Carey Lisse, líder da campanha de observação do ISON. Só de cauda, o cometa tem aproximadamente 300 mil quilômetros.

Com os novos dados coletados, os astrônomos acreditam que ganham mais informações que possam auxiliar a explicar como e quando o sistema solar foi formado.

Como todos os cometas, o ISON é formado por uma suja bola de neve com poeira, água e gases congelados, como a amônia, o metano e o dióxido de carbono. Este grupo de elementos forma o que os cientistas acreditam ser os blocos fundamentais de formação de um planeta ou corpo celeste.

notícias importantes sobre tecnologia publicadas pelo portal de internet do Grupo Bandeirantes.

Comentários

Mais de Ciência e Tecnologia

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top