Conecte-se conosco
Woman carrying shopping bags

EMPRESAS

Confira os resultados da pesquisa do Google sobre a influência digital no varejo

As vendas de produtos pela internet não para de crescer, algo que todos sabemos. Segundo uma pesquisa realizada pelo Google, elas irão dobrar até 2021

As vendas de produtos pela internet não para de crescer, algo que todos sabemos. Segundo uma pesquisa realizada pelo Google, elas irão dobrar até 2021, o que demonstra a importância cada vez maior da influência digital no varejo. Confira os resultados da Forrester Research, empresa que publicou uma pesquisa inédita sobre o assunto, levando em consideração as 14 principais categorias no varejo brasileiro.

Tendências do varejo brasileiro para os próximos anos

  • Crescimento de categorias: os compradores on-line passarão a comprar outras categorias de produtos com mais frequência com o passar do tempo, como alimentos, roupas e beleza;
  • Mobile: a influência dos aparelhos móveis nas vendas certamente significarão um aumento de investimentos nesse segmento de mercado;

google-4

  • Marketplaces: os marketplaces, locais onde são vendidos os produtos, ganharão cada vez mais importância com o passar dos anos;
  • Inteligência do Consumidor: com consumidores cada vez mais informados, as lojas investirão cada vez mais em focar nas expectativas do usuário;

google-3

  • Integração Online/Offline: a oferta de produtos tanto em lojas físicas como virtuais impulsionarão as vendas como um todo.

Principais pontos identificados na pesquisa

  • O e-commerce deve dobrar sua participação no varejo restrito até 2021, crescendo em média 12,4% ao ano;
  • O amadurecimento dos e-shoppers fará com que ampliem seu portfólio em uma variedade maior de categorias;
  • Até o final de 2016, 19% das vendas do e-commerce deverão ocorrer em dispositivos móveis (smartphones e tablets). Até 2021, sua participação atingirá a marca de 41% do total;
  • No cenário brasileiro, atualmente há 30% dos internautas que só podem ser acessados através de de smartphones e tablets;

google-2

  • Nos próximos anos, mais 27 milhões de pessoas irão fazer sua primeira compra online, um total de 67.4 milhões. Isso irá representar 44% dos internautas;
  • Até 2021, o impacto da web no varejo restrito deve crescer mais de 70%, chegando a 42% de todas as vendas, ou 365 bilhões (sem alimentos e bebidas);
  • Consumidores Multicanal gastam até 40% a mais e são mais fiéis se comparado àqueles que fazem compras apenas em um canal;
  • Eletrônicos, livros e eletrodomésticos são categorias onde o online mais exerce influência nas vendas na loja física.

Metodologia

Foram realizadas duas pesquisas entre os dias 14 e 22 de março de 2016 com 4500. Com idades entre 16 e 75 anos, cada uma delas respondeu questões sobre três categorias escolhidas aleatoriamente entre as 14 pesquisas*, com base no histórico de compras dos 3 meses anteriores.

google-6

*Roupas e acessórios, calçados, móveis, beleza e cosméticos, livros, eletroportáteis, artigos e roupas esportivas, televisores, computadores e periféricos, equipamentos de áudio e vídeo, tablets, smartphones, alimentos e bebidas

O varejo digital brasileiro

Ainda segundo a Forrester Research, a influência digital impacta diretamente nas vendas off-line (desconsiderando alimentos e bebidas). Ou seja, consumidores levam em consideração as informações que encontram na internet para fazer suas escolhas de compras em lojas físicas. Exatamente por isso que a integração entre os canais on-line e off-line é tão importante para potencializar as vendas.

google-5

Isso é especialmente válido para artigos de consumo, com os smartphones sendo o maior destaque. Para estes, a influência da internet é decisiva, chegando a 69%. E média, a integração entre o on-line e o off-line faz com que os consumidores gastem até 40% mais. Enquanto isso, a categoria que tem a menor influência é a de alimentos e bebidas (2%). Apesar do percentual pequeno, este último movimenta cerca de R$ 16 bilhões devido à influência digital.

Apaixonado por livros e ávido devorador de conteúdo, passa um bom tempo separando o que é informação e o que é ruído.

Comentários

Mais de EMPRESAS

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top