Conecte-se conosco
smt-CurvedScreen-capa3

Ciência e Tecnologia

Curvas do desejo: Saiba se vale a pena comprar um TV de tela curva

As TVs de tela curva são a grande febre do momento. No entanto, há uma série de fatores que você deve saber antes de adquirir uma. Confira!

Desde 2013 as TVs de tela curva começaram a aparecer e renovar o apetite dos consumidores recém satisfeitos com a onda da tecnologia 3D. A partir daí, a tendência passou a ser os screens curvados que rapidamente se integrou a diversos dispositivos e hoje são considerados um item diferencial em qualquer gadget que tenha um. Mas será que essa novidade realmente faz sentido? Para tentar responder essa e outras perguntas, realizamos uma breve pesquisa sobre o assunto.

TV de tubo

smt-CurvedScreen-oldTV3

Vale a pena lembrar que o primeiro contato que a maioria de nós teve com uma televisão ela já tinha uma espécie de tela curvada. O tubo de imagem da TV é uma das aplicações dos tubos de raios catódicos, que foram construídos, em 1897, pelo físico alemão Karl Ferdinand Braun. Esses aparelhos tinham a tela curvada, mas de superfície convexa, e foram o padrão desde os primeiros aparelhos do final década de 1920 até o começo da década de 1990.

TV de Tela Plana

smt-CurvedScreen-planeTV2

Desde a sua introdução na década de 1990, as TVs de tela plana rapidamente dominaram o mercado, devido à sua superioridade de imagem e tamanho compacto. A tecnologia utilizada para produzir esses conjuntos evoluiu rapidamente e permitiu uma maior variedade de tamanhos de tela e uma melhor experiência de visualização.

TV de Tela Curva

smt-CurvedScreen-curvedTV2

Finalmente chegamos no assunto principal. Os televisores com o display curvado estão entre os principais destaques do mundo da tecnologia atual. Mas será que elas são mesmo inovadoras e trazem grande melhoria na relação dos usuários com as TVs?

1 – De onde vem a ideia

As telas curvas não são novas. A maioria dos cinemas já as usa há muito tempo. Nas salas de exibição, a tela curvada serve a dois propósitos: O primeiro se dá em função do formato da lente do projetor, que sendo esférico necessita de uma tela que acompanhe a curvatura da projeção para evitar distorções na borda da tela, num efeito conhecido como “pincushion effect“. Em segundo lugar, há a questão da distância entre o espectador e a tela. Nesse caso, a tela curva é necessária para aumentar o campo de visão, o que minimiza a necessidade de virar a cabeça para acompanhar as ações na tela.

2 – O que dizem os fabricantes

O design é o principal elemento que a publicidade destes produtos procura exaltar. Há poucas e vagas informações técnicas sobre quais seriam as reais vantagens em adquirir um destes aparelhos. Tanto a Samsung quanto a LG têm promovido a tela curva por sua sensação de imersão e na melhora no efeito 3D. Também são ocasionalmente citados os melhores ângulos de visão, a menor distorção de imagem e menos reflexos na tela.

3 – O que dizem os especialistas

Muitos especialistas, como Geoff Morrison em matéria para site CNET, são críticos em relação as vantagens de ter uma TV de tela curva. A qualidade de imagem é a mesma tendo a tela curva ou reta, já que o que importa é a resolução dela. O ângulo de visão pode ser uma “faca de dois gumes”, já que apenas o espectador que estiver no ponto ideal poderá ter a sensação de imersão total, enquanto os outros podem ficar com uma visão pior que uma tela plana. “Com muitas pessoas no sofá, todos os benefícios se perdem”, afirmou.

4 – Análise

Como vocês puderam perceber, há muitas questões que devem ser consideradas sobre as vantagens das TVs de tela curva. Abaixo fizemos uma pequena relação de pontos que devem ser considerados sobre essa tecnologia.

  • Pontos Positivos
    • Design: A aparência inovadora, os detalhes de acabamento e o cuidado com as bordas são os diferenciais das TVs de tela curva.
    • Maior sensação de imersão: por simularem o mundo real, elas permitem que utilizemos nossa visão periférica, criando a sensação de imersão, já que desta forma não vemos o mundo ao redor, concentrando apenas no que está na tela.
    • Maior campo de visão: as TVs de tela curva só são disponibilizadas em tamanhos maiores, assim, a curvatura e a dimensão da tela ampliam o campo de visão.
    • Maior profundidade: a tecnologia disponível atualmente permite que essas TVs tenham vários planos de profundidade, o que leva a uma sensação de imagem 3D.
    • Contraste mais rico: a luz é centralizada devido a curvatura (diferente das telas planas), o que aumenta o contraste de cores. Da mesma forma a curvatura, por acompanhar a forma natural de olhos, permite que a imagem das bordas fiquem mais nítidas, como ocorre no cinema.
  • Pontos negativos
    • Assimetria: se por um lado a curvatura é o ponto forte, ela também se torna um ponto negativo, dependendo da distância entre a tela e o espectador e o ângulo (mais de 30-35 graus)
    • “Sweet spot”: muitas das vantagens das telas curvas só podem ser aproveitadas quanto se está sentando num ponto específico. Normalmente no centro da tela e mais perto do que normalmente você se senta para assistir TV numa tela plana.
    • Reflexos: considerando as telas atuais, se você tiver uma fonte de luz em frete a uma TV com tela curva (janela, luminária, espelho, etc), você verá que a tela curva irá distorcer ainda mais a reflexão da luz para uma área muito maior da tela (comparada a uma tela plana), o que em alguns casos chega a atrapalhar sua visualização.
    • Custo: as telas curvas ainda estão com um preço muito superior as telas planas, principalmente porque só se recomenda a compra de telas curvas com mais de 65 polegadas.
    • Disposição do aparelho: o design curvo faz com que essas TVs fiquem atraentes quando montadas em suportes de mesa ou piso, mas não ficam tão bem quando afixadas numa parede, como as telas planas.

Apesar de serem muitas informações, o assunto está longe de estar esgotado. Quem se interessar em saber mais sobre o assunto, recomendamos a leitura do excelente artigo feito pelo site flatpanelsHD (em inglês) sobre o assunto.

Jornalista, fã de cinema e curioso de todas as coisas. Sempre atento às informações, escreve sobre ciência, comportamento e as novidades do mundo tecnológico.

Comentários

Mais de Ciência e Tecnologia

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top