Conecte-se conosco
Windows XP perderá suporte em 60 dias / reprodução

Aplicativos

Encerrar suporte ao Windows XP é “um grande erro”, diz AVAST

Faltam menos de 20 dias para o fim do suporte ao Windows XP, mas muita gente ainda não está preparada pra dizer adeus ao sistema.

Fim do suporte ao Windows XP

A probabilidade de um PC com Windows XP sofrer um ataque é 6x maior que um PC com Windows 7

 

alguns anos a Microsoft vem alertando usuários do velho Windows XP de que a partir do dia 8 de abril de 2014 o sistema não receberá mais atualizações e correções de segurança e que é necessário migrar para uma versão mais nova do sistema operacional, seja o Windows 7 ou o Windows 8 (Linux e Mac também são opções, mas por motivos óbvios a Microsoft não os alardeia).

Para a fabricante do popular antivírus gratuito AVAST, porém, a companhia comete um “grande erro” ao terminar o suporte ao sistema lançado em 2001. Segundo a AVAST, dos 211 milhões de PCs que usam seu antivírus, 23,6% ainda rodam Windows XP e muitos usuários não teriam condições de adquirir novas máquinas ou licenças do Windows, tornando-os extremamente vulneráveis a ataques maliciosos. A empresa também afirma que “dezenas de milhões” de computadores infectados conectados à Internet podem ser usados para contaminar até mesmo máquinas que utilizam versões mais recentes do Windows.

Fim do suporte ao Windows XP

Quase 30% dos usuários de PCs no mundo ainda usam Windows XP

 

Contudo, vários fabricantes de softwares de segurança já anunciaram que pretendem continuar protegendo seus usuários que usam Windows XP por mais tempo, entre eles AVAST, Avira, Kaspersky Labs, Trend Micro e até a própria Microsoft, que manterá o antivírus Security Essentials atualizado até 2015. Mozilla e Google também se comprometeram a suportar o XP através de seus navegadores Firefox e Chrome, respectivamente, por tempo indeterminado – ao contrário do Internet Explorer que não é mais compatível desde a versão 9. Estas medidas amenizam, mas não evitam que futuras falhas descobertas no sistema sejam exploradas.

Os bancos, por exemplo, não terão muita escolha: Barclays, HSBC, Bank of America, JP Morgan e Citigroup, entre outros, devem pagar grandes quantias à Microsoft para manter proteção aos caixas eletrônicos, enquanto planejam e executam a migração destes equipamentos para o Windows 7. Estima-se que 95% dos caixas eletrônicos do mundo funcionem com Windows XP.

Para a Microsoft, manter o suporte a um sistema lançado há quase 13 anos seria custoso e uma distração justamente no momento em que a companhia tenta mudar o foco dos antigos desktops de mesa para dispositivos móveis e computação em nuvem. Porém, esta decisão pode causar um severo impacto na segurança de milhões ao redor do mundo.

Fontes: Neowin [1] [2] [3], AVAST, Reuters, Google.

Já vivia na nuvem antes de ser modinha.

Comentários

Mais de Aplicativos

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top