Conecte-se conosco
shutterstock_230788693

Geral

Fechando a torneira: dicas para economizar o seu plano de dados!

Veja diversas dicas para economizar o seu plano de dados e não ficar sem internet quando mais precisa!

shutterstock_230788693

Entre o final de 2014 e o começo de 2015, as operadoras aderiram a uma nova política que não é nada boa para os usuários. Agora, Vivo, Oi, Claro e TIM começam a interromper o acesso de Internet assim que se atinge a cota contratada do plano de dados ao invés de permitir o acesso com velocidade reduzida como antes. Apesar da repercussão negativa, a ANATEL informou que as regras permitem o novo formato de plano, desde que a alteração seja comunicada ao usuário com pelo menos 30 dias de antecedência, ou seja, a mudança veio para ficar e você deve se preparar para economizar seus dados. O Showmetech traz aqui uma série de dicas para você não ser pego zerado quando mais precisa!

MyDataManager

1) Controle o quanto você gasta

A primeira coisa que você precisa saber quando quer economizar é saber o quanto e onde você está gastando. Alguns apps consomem dados mesmo em segundo plano, e podem comer grande parte da sua franquia sem você nem perceber. Esse controle é que vai te mostrar quais são os principais pontos de consumo e onde estão os “vazamentos” a serem tapados. As operadoras são obrigadas a enviar uma mensagem avisando quando o usuário está prestes a esgotar seu plano, então fique atento e reclame caso seu sinal seja cortado sem aviso. Mas quando você receber a mensagem pode já ser tarde demais, o controle tem que ser feito durante o mês inteiro.

É possível verificar o consumo através do próprio aparelho, que normalmente tem uma seção sobre o uso de dados no menu “Configurações”. Apesar disso, nem sempre a visualização é fácil nesse modo, principalmente por que você precisará saber qual o tamanho da sua franquia – e muitos não sabem. Nesse caso, a própria operadora pode ajudar. A maioria delas oferece no site uma área que mostra o quanto o usuário já consumiu do plano, só que nem todo mundo quer acessar o site da operadora no celular, pois isso gastaria mais ainda seus dados.

Uma solução direta no aparelho é o uso de aplicativos que podem fazer esse controle por você. Apps de medição são fáceis de usar e tem uma visualização que permite ao usuário entender rapidamente os gastos e ver qual aplicativo está consumindo mais dados, basta configurar o limite de uso, a data de vencimento e o tipo de plano.

MyDataManager2

O My Data Manager (Android e iOS, grátis), que tem versão em português, controla não apenas os dados, mas também o uso de Wi-Fi e roaming e conta com uma ferramenta de histórico e previsão de gastos. Seu outro ponto forte é a possibilidade de medir o uso de mais de um celular ao mesmo tempo, para quem tem planos compartilhados.

O Onavo Count (Android e iOS, grátis), é outra boa opção, mostrando também em que tipo de app você mais gasta dados, além de comparar seu uso com o de outros usuários. Além disso, o Onavo Count também tem widgets para ver o consumo total e de aplicativos específicos sem precisar abrir o app diretamente.

Para quem tem Windows Phone, o Sensor de Dados é um aplicativo que vem embutido em alguns modelos, dependendo da operadora, e permite um ótimo controle das informações incluindo a possibilidade de limitar o gasto em segundo plano para reduzir o uso quando não se está navegando. Mas para quem não o tem, o Contadores é uma alternativa, apesar de bastante desatualizado. Ele controla dados, ligações e mensagens, permitindo estabelecer alertas para quando consumir uma certa quantidade de dados.

shutterstock_221250379

2) O Wi-Fi é o seu melhor amigo

A maioria das pessoas prefere ficar sempre conectada, assim não se perde nenhuma notificação ou SMS. Se você tem esse hábito, mude agora mesmo. Redes Wi-Fi são muito comuns hoje em dia, principalmente nas cidades grandes. Sempre que chegar em algum estabelecimento, pergunte se oferecem o serviço e a senha. Verifique também os espaços públicos. São Paulo, por exemplo, tem mais de 100 pontos de acesso gratuito em praças e outros locais. Operadoras também disponibilizam hotspots gratuitos e abertos, que a maioria dos usuários acaba não utilizando por desconhecimento.

MandicMagic

Além disso, aplicativos como o Mandic MagiC (Android, iOS, Windows Phone, grátis) podem ajudar você a achar outras redes Wi-Fi pela sua localização. O Mandic magiC inclusive tem um sistema que salva a senha para que outros usuários possam utilizar a rede de forma mais fácil, e também possibilita que seus usuários alimentem sua base de dados.

Para aprimorar o uso, também é importante reduzir o consumo de dados em segundo plano. Configure seu aplicativos para fazerem downloads de vídeos e imagens apenas quando estiver em uma rede Wi-Fi, desligue a sincronização, atualizações e notificações dos aplicativos enquanto estiver com o 3G, assim você não irá consumir os seus dados com a parte mais pesada do uso.

É preciso um cuidado, porém, quando utilizar redes de Wi-Fi abertas. Evite acessar sites e aplicativos bancários ou pagar contas via celular, e tenha sempre um bom antivírus instalado. Segurança nunca é demais, principalmente quando se está em uma rede que pode ser acessada por qualquer pessoa.

3) Aproveite a vida off-line

Para quando nem a conexão Wi-Fi está disponível, ainda assim é possível tirar o máximo do seu smartphone. Diversos aplicativos possuem opções ou alternativas off-line que não usam dados.

Aos que gostam de navegar, pode-se usar o Pocket (Android e iOS, grátis) para salvar as páginas e, posteriormente,  continuar a leitura sem estar conectado. Para usuários do Windows Phone, o aplicativo Poki é uma alternativa, já que o original ainda não está disponível na plataforma.

Mapsme

Um dos vilões do consumo de dados, são os aplicativos de navegação como o Google Maps.  Aqui, basta trocar por outro app que contenha mapas off-line. O MAPS.ME (Android e iOS, grátis) permite salvar os mapas no celular para consulta sem dados. É possível procurar e marcar locais mesmo sem estar conectado no 3G, bem como navegar.

Quando tirar fotos ou filmar vídeos, também prefira os momentos que está conectado à uma rede Wi-Fi para postar. Pense mesmo se você precisa postar aquela foto naquele exato instante, ou se pode esperar até estar em casa. E lembre, você sempre pode usar o #lategram para posts atrasados.

shutterstock_163868276

4) Fuja da nuvem e do streaming

Os serviços de armazenamento na nuvem são certamente uma tendência que veio para ficar. Mas sincronizar com esses aplicativos consome uma grande quantidade de dados. Para fugir disso, vale investir em um cartão de memória. O custo não é tão alto quanto se imagina, e um cartão de 4 GB, pequeno mas que já ajuda, pode partir de algo em torno de R$ 20, enquanto um de 32 GB pode chegar a R$ 60.

Com um cartão de memória, além de salvar suas imagens e arquivos para transferir mais tarde para um computador, é possível também evitar o uso de serviços de streaming, que transmitem músicas para o celular às custas do seu plano de dados. Se considerarmos uma média de 5 MB por música, um cartão de memória de 4 GB cabe cerca de 800 músicas. Uma exceção é a versão premium do Spotify, que permite escutar músicas mesmo estando off-line.

5) Diminua o uso dos aplicativos

Se não for possível evitar o uso dos dados, você ainda assim pode optar por reduzir o uso de cada aplicativo. O Google Chrome possuí uma opção que reduz o uso de dados, em suas configurações, dentro da parte de “Gerenciamento de Largura da Banda”.

Ao invés de utilizar o Chrome, você também pode optar pelo Opera Mini (Android, iOS e Windows Phone, grátis), que compacta os dados para uma navegação mais rápida e menos custosa para o seu celular.

Para o Waze, é possível colocá-lo no modo inativo, evitando o consumo dados em segundo plano. Basta clicar no botão de power no canto inferior direito do menu interno.

A Opera também oferece o Opera Max, um aplicativo gratuito que compacta os dados utilizados por outros aplicativos, como Facebook e Instagram. Não só isso, ele também ajuda você a controlar o consumo, assim como recomendado anteriormente.

O que achou de nossas dicas? Deixe seu comentário, dizendo que outras soluções vocês praticam para economizar o uso do seu plano de dados!

Jornalista por profissão, geek por natureza, autodidata por curiosidade mesmo. Aprendendo e escrevendo sobre tecnologia desde que mexeu no primeiro 486 da família, está no SMT desde 2015.

Comentários

Mais de Geral

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top