Conecte-se conosco
kim_dotcom_mega

Geral

Fundador do Megaupload acusa Google, Facebook e Twitter por violação de patente

A autenticação em 2 passos é usada para verificar a identidade de um usuário. Kim Dotcom quer ajuda financeira para sua defesa em troca do uso da patente

mega

O polêmico Kim Dotcom, criador do serviço de compartilhamento de arquivos Megaupload e do atual Mega.co.nz declarou hoje (ironicamente, pelo Twitter) que é o inventor do mecanismo de autenticação em 2 passos (two-step authentication system) e que pretende processar empresas americanas que utilizem sua patente sem autorização. Na lista de “acusados” estão o Google, Facebook e Twitter, que implementou o recurso há apenas algumas horas atrás. Dotcom afirma tê-lo registrado em 13 países, incluindo Estados Unidos e China, desde 1998 e até publicou o número do registro americano da patente: US6078908.

A autenticação em 2 passos é amplamente utilizada para verificar a identidade de um usuário quando ele tenta acessar algum serviço online a partir de um dispositivo ou localidade desconhecidos. O sistema envia um SMS com um código secreto para o celular do usuário, que deve informar este código para obter acesso. Segundo Dotcom, sua invenção é utilizada mais de 1 bilhão de vezes por semana.

Porém, o empreendedor não pretende partir diretamente para os tribunais. Ele afirma que deseja manter sua patente livre e que acredita no compartilhamento de conhecimento. Mas deseja que as gigantes americanas Google, Facebook e Twitter apoiem (financeiramente) sua defesa do compartilhamento de arquivos pela nuvem. Nascido na Alemanha e radicado na Nova Zelândia, onde foi preso em Janeiro de 2012 após um pedido feito pelo governo dos Estados Unidos, Kim Dotcom possui uma dívida judicial em torno de 50 milhões de dólares e luta na justiça contra sua extradição para a América.

 

Fonte: TorrentFreak, Kim Dotcom – Twitter

Já vivia na nuvem antes de ser modinha.

Comentários

Mais de Geral

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top