Conecte-se conosco
capa

Android

Google confirma volta do Projeto Ara e lançará smartphone modular de fabricação própria

O smartphone modular desenvolvido pelo Projeto Ara será o primeiro aparelho fabricado e vendido pelo Google

O smartphone modular desenvolvido pelo Projeto Ara será o primeiro aparelho fabricado e vendido pelo Google.

No último dia do Google I/O 2016, a divisão ATAP finalmente nos deu alguns detalhes mais concretos sobre Projeto Ara, que está desenvolvendo um smartphone modular. A gigante de Mountain View anunciou que venderá seu smartphone modular Android a partir de 2017 que, pode ser montado e desmontado com câmera, bateria e outros componentes. 

Segundo o cronograma divulgado nessa sexta-feira (20), uma versão para desenvolvedores cadastrados para o Projeto Ara será liberada no quarto trimestre deste ano. Preço ou data exata não foram divulgados. Será o primeiro smartphone fabricado e vendido pelo Google, apesar de já ter feito parcerias para o desenvolvimento da linha Nexus.

gifo

A ideia é que os consumidores sejam donos de um celular por tempo indeterminado, trocando seus componentes conforme a tecnologia avança (ou de acordo com a vontade do usuário). Seria possível alterar peças-chave do hardware, como câmera, processador, armazenamento interno e memória RAM, por exemplo. Os módulos incluem alto-falantes, câmeras, bateria, armazenamento, telas secundárias e até ferramentas específicas, como medidores de glicemia. 

De acordo com o Projeto Ara, o novo smartphone modular teria como componentes fixos apenas o processador, a tela principal, memória RAM e detalhes físicos fundamentais, como antenas de recepção de sinal. Para fazer a troca das peças não será necessário reiniciar o aparelho, bastando desligar o componente antes de sua remoção. Os módulos são unidos por tecnologia de conexão física e de transmissão de dados desenvolvida para essa finalidade.

O Projeto Ara foi criado em 2013 ainda sob a tutela da unidade móvel da Motorola e foi incorporada ao Google no momento de sua aquisição. O Google ATAP,  foi uma das poucas partes da empresa que ficou com o Google após a venda da empresa para a Lenovo. Em abril, a gigante de Mountain View anunciou a contratação de Rick Osterloh, ex-CEO da Motorola.

Jornalista, fã de cinema e curioso de todas as coisas. Sempre atento às informações, escreve sobre ciência, comportamento e as novidades do mundo tecnológico.

Comentários

Mais de Android

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top