Connect with us

Geral

Google inaugura site sobre Internet aberta

O Google incluiu em sua página inicial um link que convida usuários a tomar uma atitude para pressionar governos pela manutenção de uma Internet livre. Nele, o buscador lembra que a rede mundial de computadores…

O Google incluiu em sua página inicial um link que convida usuários a tomar uma atitude para pressionar governos pela manutenção de uma Internet livre. Nele, o buscador lembra que a rede mundial de computadores “dá autonomia a todos, pois qualquer pessoa pode falar, criar, aprender e compartilhar, uma vez que ela não é controlada por ninguém, nenhuma organização, indivíduo ou governo”. Atualmente, mais de dois bilhões de pessoas estão on-line, o que equivale a quase um terço do planeta.

Mesmo assim, nem todos os governos apoiam a Internet livre e aberta. Há uma repressão crescente da liberdade na Internet, que já foi inclusive comentada aqui no Showmetech. Ainda que iniciativas como a S.O.P.A. não tiveram sucesso em serem promulgadas, quarenta e dois países filtram e censuram conteúdos online. Apenas nos últimos dois anos, os governos mundiais aprovaram 19 novas leis que ameaçam a liberdade de expressão on-line.

O buscador também alerta que a União Internacional de Telecomunicações (UIT) está reunindo recentemente reguladores de todo o mundo para renegociar um tratado de comunicações estabelecido há décadas. E as alterações propostas podem instaurar a censura e ameaçar a inovação, permitindo governos censurem o discurso legítimo ou até mesmo permitir que eles cortem o acesso à Internet.

Por não incluir engenheiros, empresas e pessoas que constroem e usam a Internet, a UIT talvez não seja o melhor lugar para se discutir decisões sobre o futuro da rede. Nela, apenas os governos têm voz, sendo que a conferência sobre o tratado e as propostas são confidenciais. Outros lugares seriam considerados mais apropriados, como o Fórum de Governança da Internet, onde qualquer pessoa pode participar e dar sua opinião, ou seja, um membro do governo tem a mesma influência que um indivíduo qualquer.

Por isso, se você apóia a Internet livre e aberta, recomendamos uma visita à página do Google.

Afinal, um mundo livre e aberto depende de uma Internet livre e aberta. Os governos por si sós não podem determinar o futuro da rede. Os bilhões de pessoas em todo o mundo que usam a Internet, bem como os especialistas que a desenvolvem e a mantêm, devem ser incluídos nestas decisões.

Bruno A. Martinez é advogado, bancário e criador do Showmetech. E sim, todo mundo pergunta por que ele não estudou algum curso relacionado com tecnologia.

Comments

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top