Google Play reúne apps contra Aedes aegypti; confira a lista

por - em Android

smt-zika-capa
O Brasil possui hoje uma grande preocupação com as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. Os altos números de casos de Zika vírus colocaram em discussão a realização dos jogos Olímpicos no Rio de Janeiro e têm levantado debates importantes sobre o abordo em casos de microcefalia. O mosquito, que também transmite a Dengue e a Chikungunya, precisa ser combatido. Para ajudar na tarefa, o Google reuniu na Play Store aplicativos que informam sobre o tema, mapeiam e localizam focos do mosquito, confira:

Zika Vírus – Notícias

zika-virus-noticias
Aplicativo reúne as últimas notícias, de diversas fontes, sobre Zika Vírus. Faça o download aqui.

Dengue x Chik x Zika Free

Dengue-Chik-Zika Free
Esse app traz diversas informações sobre as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti e ajuda, inclusive, a descobrir potenciais sintomas por meio de um questionário. Há ainda vídeos de especialistas, teste rápido de diagnóstico da Chikungunya, referências técnicas. Baixe o app nesse link.

SP X Dengue

SP-x-Dengue
O app possui um jogo educativo mostrando as melhores maneiras de eliminar o mosquito e diversas informações sobre a prevenção, sintomas, como identificar o Aedes aegypti e o que fazer quando houver suspeita de dengue. Ele está disponível aqui.

AntiZika

antizika
O AntiZika mapeia os focos do mosquito, o usuário só precisa tirar uma foto do lugar que contém um foco e ele se encarrega de detectar a localização por meio do GPS. Para incentivar o uso, o app possui um ranking com os maiores colaboradores. Faça o download aqui.

Aedes na Mira

aedes-na-mira
Desenvolvido para Estado da Paraíba, o aplicativo ajuda a denunciar focos do mosquito. O aplicativo ainda mostra quais cuidados deve-se ter para evitar o surgimento de focos e quais as precauções devem ser tomadas pelas gestantes para evitar a contaminação pelas doenças transmitidas pelo mosquito. Baixe o app.

A lista completa de aplicativos pode ser encontrada nessa página e possui apps com o mesmo objetivo, mas voltado para outros Estados, como Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Android

Alessandro Junior

19, estudante de Comunicação e Multimeios na PUC-SP. Curioso e apaixonado por tecnologia, escreve sobre o tema há cinco anos.