Conecte-se conosco
drone

Notícias

Homem pousa drone radioativo na cobertura do primeiro-ministro japonês

Um homem japonês de 40 anos admitiu que pousou um drone radioativo no telhado da residência oficial do primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, em Tóquio.

Um homem japonês de 40 anos admitiu que pousou um drone radioativo no telhado da residência oficial do primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, em Tóquio, para protestar contra a energia nuclearYasuo Yamamoto se entregou sexta-feira (24) à noite à polícia local de Fukui, 350 km a oeste de Tóquio, com o que seria o controlador do drone, segundo a imprensa local.

O drone estava equipado com uma câmera e trazia um compartimento com areia radioativa, que segundo o homem foi coletada em Fukushima, onde ocorreu a crise nuclear após o tsunami de 2011. Na areia, foi detectada a presença de césio-134 e césio-137, dois isótopos radioativos.

O equipamento caiu sobre o telhado do Kantei (nome da residência oficial do chefe de governo japonês), onde foi encontrada por um integrante da segurança pessoal do primeiro-ministro. Em seu blog, Yamamoto alega ter pousado o drone na residência do primeiro-ministro, por volta das 3h30 da manhã do dia 9 de abril, mas afirma que perdeu o controle e que voltou para casa sem saber sua exata localização.

O governo do Japão informou que vai considerar regular o voo de drones e ordenou o reforço da vigilância do espaço aéreo sobre edifícios importantes, incluindo centrais nucleares e aeroportos.

Depois dos incidentes de Fukushima, o governo japonês restabeleceu o funcionamento de várias outras usinas nucleares após várias mudanças nas normas de segurança. O assunto tem dividido as opiniões no país.

Fonte: ArsTechnica.

19, estudante de Comunicação e Multimeios na PUC-SP. Curioso e apaixonado por tecnologia, escreve sobre o tema há cinco anos.

Comentários

Mais de Notícias

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top