Conecte-se conosco
3D-printed-nerve-guide-for-nerve-generation

Ciência e Tecnologia

Impressão 3D auxilia na regeneração de nervos

Pesquisadores norte-americanos criaram uma técnica que pode ajudar a recuperação de lesões em nervos, através da impressão 3D.

3D-printed-nerve-guide-for-nerve-generation
Lesões em tecidos nervosos são de difícil recuperação. Os nervos demoram para se regenerar e dependendo da gravidade do quadro, condições como paralisia podem aparecer. Pesquisadores norte-americanos criaram uma técnica que pode ajudar a recuperação sensora e motora de pacientes que tenham sofrido danos.

Através de um guia de silicone impresso em 3D e implantado com sinais bioquímicos, a regeneração das estruturas danificadas são intensificadas. A tecnologia desenvolvida permitiu que um tecido nervoso de um rato fosse recuperado e dentro de 12 semanas o animal já era capaz de andar normalmente.

Foi utilizado um scanner tridimensional para fazer a engenharia reversa da estrutura do nervo ciático do rato. Com uma uma impressora 3D, eles fizeram um guia específico para a estrutura.

De acordo com 3DPrinting Industry, esta foi a primeira vez que um nervo com formato complicado foi regenerado. Até então, apenas demonstrações com nervos retos havia sido feitas. A expectativa é que a tecnologia possa ser usada em humanos, mas ainda é necessário uma ampla pesquisa de mapeamento do nosso sistema nervoso.

“Um dia, esperamos que seja possível ter um scanner 3D e uma impressora no hospital, para criar guias nervosos customizados no local para restaurar a função dos nervos” disse Michael McAlpine, professor de Engenharia Mecânica na Universidade de Minnesota e líder do estudo.

Outra alternativa é uso de uma “biblioteca” com arquivos de nervos escaneados de outras pessoas, que os hospitais poderão usar para buscar a estrutura mais próxima com a do paciente.

O estudo contou com a participação de pesquisadores das universidades de Minnesota, Virginia Tech, Maryland, Princeton e Johns Hopkins e foi publicado na revista científica “Advanced Functional Materials”. O vídeo abaixo mostra a impressão da guia de silicone:

19, estudante de Comunicação e Multimeios na PUC-SP. Curioso e apaixonado por tecnologia, escreve sobre o tema há cinco anos.

Comentários

Mais de Ciência e Tecnologia

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top