Conecte-se conosco
smt-3D XPoint-capa

Ciência e Tecnologia

Intel e Micron anunciam memórias 3D XPoint, mil vezes mais rápidas que SSDs atuais

smt-3D XPoint-P4

Duas gigantes da tecnologia – a Intel e Micron – se juntaram para anunciar a nova categoria de memórias 3D XPoint (lê-se “3D Crosspoint”) – de acordo com as empresas, a primeira categoria de armazenamento “mainstream” desenvolvida nos últimos 25 anos. A mudança tem sido considerada a mudança mais profunda na classe desde que a Toshiba revelou as memórias Flash NAND em 1989.

smt-3D XPoint-P3

O novo tipo de memória é, aparentemente, 1.000 vezes mais rápido que as memórias SSDs atuais, tanto para ler quanto para copiar dados, além de também ser mais durável e densa. Segundo o portal CNET, ela é 10 vezes mais densa que a memória NAND, o que permite inserir mais capacidade em um mesmo tamanho físico, mantendo a eficiência energética.

smt-3D XPoint-P1

Com dimensões extremamente reduzidas, as células de memória conseguem alterar seu estado muito rapidamente. Isso também contribui para a velocidade da tecnologia 3D XPoint. Outra vantagem é que as células podem ser empilhadas em várias camadas. De acordo com a Intel, cada die consegue armazenar até 128 gigabits tendo apenas 2 camadas. As gerações futuras poderão aumentar ainda mais essa capacidade com empilhamentos maiores.

smt-3D XPoint-P2

As empresas ainda deram alguns exemplos de como a tecnologia poderá ser útil em termos práticos. Por exemplo, a redução na latência e as velocidades mais rápidas serão úteis no campo empresarial ao processar uma grande quantidade de dados em pouco tempo, e assim conseguir identificar padrões de fraudes em transações financeiras. No caso da medicina, elas permitirão que pesquisadores processem e analisem maiores quantidades de dados em tempo real, o que aceleraria tarefas complexas como análise genética e rastreamento de doenças. Além disso, há o uso em nos videogames, em que os desenvolvedores poderão criar mundos abertos consideravelmente maiores.

smt-3D XPoint-capa

Intel e a Micron afirmam que a 3D XPoint pode ser usada tanto para memória de sistema quanto para armazenamento não-volátil, sugerindo que ela possa substituir RAM e SSDs. A previsão é de que a memória esteja disponível “em algum momento do ano que vem“. As empresas também disseram que ela terá um preço “acessível”: o custo por bit está entre a RAM tradicional e o SSD, entretanto não há previsão de preço.

Jornalista, fã de cinema e curioso de todas as coisas. Sempre atento às informações, escreve sobre ciência, comportamento e as novidades do mundo tecnológico.

Comentários

Mais de Ciência e Tecnologia

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top