Conecte-se conosco
Screen Shot 12-22-14 at 12.14 PM

Apple

iPhone 6 é produzido a custo de trabalho subumano e danos ao meio ambiente

Iphone 6 é produzido a custo de trabalho subumano e danos ao meio ambiente. Semana passada foi ao ar uma história, relatada pela rede de tv BBC, mostrando as condições de trabalho dos empregados de uma fábrica que produz o iPhone 6 na China. Nela repórteres conseguiram se infiltrar nas linhas de produção, onde flagraram abusos e uma série de irregularidades cometidas contra empregados nas diversas etapas de produção do carro chefe da Apple para este natal.

Iphone 6 é produzido a custo de trabalho subumano e danos ao meio ambiente

Iphone 6 é produzido a custo de trabalho subumano e danos ao meio ambiente

A Apple está sob ataque. Mais especificamente em relação as suas práticas trabalhistas relacionadas a produção e manufatura de seus desejados produtos.

Esta não é a primeira vez que a Apple tem sido acusada pela negligência em relação as péssimas condições de trabalho impostas aos funcionários chineses nas fábricas que produzem os caros dispositivos da marca. Muitos anos se passaram, mas nada parece mudar.

Semana passada foi ao ar uma história, relatada pela rede de tv BBC, mostrando as condições de trabalho dos empregados de uma fábrica que produz o iPhone 6 na China. Nela repórteres conseguiram se infiltrar nas linhas de produção, onde flagraram abusos e uma série de irregularidades cometidas contra funcionários nas diversas etapas de produção do iPhone 6, carro chefe da Apple para este natal.

Com base nos preços praticados por seus produtos e pelos inúmeros anúncios de lucros alcançados pela marca, seria de esperar que as condições de trabalho atendessem certos padrões mínimos, mas de acordo com o documentário da BBC, está longe de ser o caso.

Screen Shot 12-22-14 at 12.13 PM

Trabalhadores exaustos em linha de produção do iPhone 6 da Apple. Foto: BBC Panorama

O documentário revela uma chocante exploração humana com o estabelecimento de jornadas de trabalho exaustivas, levando empregados ao colapso nas linhas de produção em uma das fábricas da Pegatron, subsidiária da Apple. As imagens flagrando o lado negro da Apple tornaram-se possíveis com o uso de câmeras escondidas. Os jornalistas conseguiram ser contratados pela fábrica, onde trabalharam 12 horas por dia por 18 dias antes que pudessem ter qualquer dia de descanso.

Essas revelações não são uma novidade para a Apple, que alega em sua página, combater as práticas abusivas (veja neste link). Mas como denunciado, esses atos estão longe de se demonstraram reais ou eficazes. Ainda assim a marca continua a manter suas parcerias promovendo a exploração e o descaso. A foto abaixo mostra o descompasso de informações.

Screen Shot 12-22-14 at 12.05 PM

“Se empresas querem fazer negócios conosco(Apple), elas precisam praticar o mais alto rigor em prol da proteção aos direitos humanos”

Na denúncia o repórter, Richard Bilton da BBC, também viaja à Indonésia onde flagra crianças que trabalham em algumas das minas mais perigosas do mundo, onde o estanho é extraído com as mãos em perigosíssimas condições de trabalho.

Screen Shot 12-22-14 at 12.14 PM

Crianças trabalhando em situações de risco na extração de minérios usados nos telefones da Apple. Foto: BBC Panorama

A Apple respondeu e prometendo “fazer tudo para evitar o abuso de trabalhadores”, enquanto a empresa investiga as acusações. Em entrevista, o atual CEO Tim Cook, disse que está “profundamente ofendido” pelo vídeo. Ele alega discordar das alegações feitas no documentário.

Você pode assistir o documentário da BBC por completo clicando no vídeo abaixo:

Fonte: BBC Panorama

"There was a young lady named Bright Whose speed was far faster than light; She set out one day In a relative way And returned on the previous night."

Comentários

Mais de Apple

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top