Conecte-se conosco

Geral

Máquina imprime tecidos humanos

Uma das maiores esperanças relacionadas às pesquisas de células-tronco é a possibilidades de criar órgãos para transplante livres dos problemas de rejeição.

Embora isso ainda seja uma realidade um pouco distante, um importante passo foi dado no mês passado com o lançamento da primeira impressora biológica 3D comercial.

Chamada de NovoGen MMX, ela permite a confecção de tecidos humanos a partir de amostras de células do próprio paciente.A impressora foi criada pela empresa americana Organovo, especializada em medicina regenerativa, e pela australiana Invetech, firma de engenharia e automação.

Com custo estimado de US$200 mil, ela é fruto de um trabalho de cinco anos e deve ser usada inicialmente somente para pesquisas em instituições. Além disso, por enquanto, somente tecidos simples, como pele, músculo e veias podem ser “impressos” nela.

A máquina usa células-tronco extraídas da medula dos ossos de adultos e de tecidos adiposos. “A máquina precisa de qualquer tipo de célula aderente, ou seja, células que estejam em um tecido e não flutuando na corrente sanguínea”, explica Keith Murphy, diretor da Organovo.

A NovoGen funciona literalmente imprimindo material humano em três dimensões. As células são retiradas de um indivíduo e cultivadas para formar pequenas gotas de 100 a 500 microns de diâmetro. Cada gota contém até 30 mil células e pode passar facilmente pelo bico de impressão.

Uma segunda cabeça imprime uma espécie de andaime com base de açúcar, que serve de suporte para que as células sejam depositadas na forma desejada. Uma vez completa, a estrutura é deixada por até dois dias, para que as gotículas de células possam se fundir, formando um tecido uniforme. O “andaime” é removido com a ajuda de um pouco de água.

“Imprimir um órgão completo é uma meta a longo prazo, e não gostaríamos de especular quando isso será possível”, explica Murphy. “A esperança é que qualquer um que precise de um órgão ou tecido seja beneficiado”.

Fonte: Live Science.

Bruno A. Martinez é advogado, bancário e criador do Showmetech. E sim, todo mundo pergunta por que ele não estudou algum curso relacionado com tecnologia.

Comentários

Mais de Geral

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top