Conecte-se conosco
smt-Cabo-Submarino-capa

EMPRESAS

Microsoft e Facebook serão parceiros na construção de cabo submarino

Batizado de MAREA, o cabo submarino deve aliviar a crescente demanda por internet de alta velocidade e o armazenamento de arquivos na nuvem

smt-Cabo-Submarino-P1

Batizado de MAREA, o cabo submarino deve aliviar a crescente demanda por internet de alta velocidade e o armazenamento de arquivos na nuvem.

A internet vem derrubando fronteiras e tornando relativo as distâncias. Mas para que isso aconteça, é preciso haver uma estrutura técnica que sustente nossa necessidade crescente por conexão e velocidade. Nesta semana, uma parceria entre dois gigantes da internet – Microsoft e Facebook – foi anunciada para a construção de um cabo submarino através do Atlântico que vai ligar Virginia Beach, nos Estados Unidos, com Bilbau, na Espanha.

Percorrendo cerca de 7 mil quilômetros, o objetivo deste cabo submarino é aliviar a crescente demanda por internet de alta velocidade e o armazenamento de arquivos na nuvemA promessa é disponibilizar a mais alta capacidade de transmissão existente até então.

MAREA Overview Schematic

A construção desse novo cabo, que foi batizado de “MAREA”, está agendada para começar em agosto deste ano e a expectativa é que esteja pronto a partir do segundo semestre de 2017 (mais precisamente em outubro).  Uma vez em funcionamento, o MAREA será o cabo submarino de mais alta capacidade a atravessar o Atlântico. Ele contará com oito pares de fibra ótica e foi projetado para lidar com 160Tbps.

Além disso, ele deve seguir uma rota diferente dos atuais cabos instalados que ligam a Europa e os Estados Unidos. Facebook e a Microsoft estão trabalhando em parceria com a Telefónica e sua subsidiária Telxius. Normalmente, essas companhias se juntam a consórcios maiores de empresas de tecnologia e telecomunicações para construir ou investir em cabos.

De acordo com as empresas, uma infraestrutura centralizada e robusta permitirá que os clientes tenham mais velocidade, segurança, organização e confiabilidade ao acessar seus dados na nuvem. Nos últimos anos, os investimentos estruturais tem sido reforçados pelas empresas. Somente a Microsoft investiu mais de 15 bilhões de dólares em sua estrutura. 

Jornalista, fã de cinema e curioso de todas as coisas. Sempre atento às informações, escreve sobre ciência, comportamento e as novidades do mundo tecnológico.

Comentários

Mais de EMPRESAS

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top