Conecte-se conosco
Netflix e Amazon recebem prêmios pela primeira vez no Oscar

Filmes

Netflix e Amazon recebem prêmios pela primeira vez no Oscar

A Amazon foi premiada por duas produções de ficção, enquanto a Netflix ganhou pelo seu curta-metragem documental

“Manchester à Beira-Mar”, produção da Amazon, saiu do Oscar 2017 com duas estatuetas

Os serviços de streaming Netflix Amazon são um sucesso entre o público, não somente pela comodidade, mas também pela qualidade das suas produções originais. Até o último domingo (26), nenhum deles tinha levado um Oscar para casa pelos seus longas de ficção e documentários. Mas a cerimônia do Oscar 2017, com todas as suas surpresas, trouxe essa conquista inédita às duas empresas.

A Amazon foi quem se deu melhor. Seu filme “Manchester à Beira-Mar”, escrito e dirigido por Kenneth Lonergan, ganhou duas estatuetas: Melhor Roteiro Original e Melhor Ator para Casey Affleck. O serviço de streaming adquiriu os direitos sobre a produção no Sundance, por US$ 10 milhões. Apenas nos Estados Unidos, o filme rendeu US$46,8 milhões.

O filme conta a história de Lee Chandler (Casey Affleck), um zelador que se vê forçado a retornar à sua cidade natal depois da morte de seu irmão mais velho. Além do luto, ele terá que lidar com conflitos do passado que o afastaram de sua família e, ainda, cuidar do sobrinho de 16 anos (Lucas Hedges).

“Manchester à Beira-Mar”, que concorria a seis prêmios, ainda tem no elenco Michelle Williams, Kyle Chandler e Matthew Broderick.

Outra produção da Amazon também ganhou um prêmio importante. “O Apartamento”, do iraniano Asghar Farhadi, recebeu a honraria de Melhor Filme Estrangeiro.

O longa conta a história de um casal de atores, obrigados a deixar sua casa por causa de uma obra. Por isso, passa a viver, provisoriamente, num apartamento emprestado. Um dia, enquanto toma banho, a atriz é surpreendida pela chegada de um estranho e se machuca gravemente. Mas, mais do que os ferimentos, é o trauma que afeta a vida do casal.

Já a Netflix ganhou na categoria Melhor Documentário em Curta-metragem por “Os Capacetes Brancos”. O filme de 4o minutos fala sobre o trabalho de resgate dos voluntários durante a guerra na Síria.

Cadê a Apple?

De acordo com o analista de Wall Street Gene Munster, o serviço de streaming da Apple ainda vai demorar um pouco para ser reconhecido pela Academia.

“Pensamos que a Apple vai ganhar um Oscar nos próximos 5 anos”, escreveu em nota num relatório da sua empresa Loup Ventures. “Esse é o tempo que vai levar para a Apple aumentar seus gastos com conteúdo original de menos de US$ 200 milhões para de US$ 5 a 7 bilhões”.

Por enquanto, a empresa já revelou que tem planos para duas séries no Apple Music. Uma delas é “Planet of the Apps”, inspirado no reality show “The Voice” e no quadro do James Corden, “Carpool Karaoke”. A Apple também trabalha em “Vital Signs”, um drama com tons autobiográficos estrelada por Dr. Dre.

Ambos os conteúdos têm o objetivo de promover o Apple Music.

Jornalista apaixonada por séries e cinema | @maricanhisares

Comentários

Mais de Filmes

Dica

Advertisement

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

Subir