Connect with us
magic_mouse_2_charging

Apple

O que aconteceu com o design da Apple em 2015?

O que aconteceu com o design da Apple em 2015? A empresa já derrapou na construção de diversos produtos, mas esse ano se superou.

A Apple já derrapou no design diversas vezes. Em 1993 a empresa lançou o Macintosh TV, um trambolho que pode ser descrito como um all-in-one num monitor de tubo e que apesar do nome, não servia como televisor. Alguns anos depois, em 1998 eles lançaram um mouse USB que ganhou o apelido “hockey puck” devido ao seu visual “extravagante” (pra dizer o mínimo). E essas não foram os únicos casos, a empresa coleciona algumas “barbeiragens” desde sua fundação. Entretanto, a companhia bateu recordes em falhas de design nesse ano. Confira.

Magic Mouse 2 com Lightning Port

Poderíamos começar a lista com o caso mais recente, da Smart Battery Case, capinha que traz consigo uma bateria extra. Mas nenhum erro é pior do que o Magic Mouse 2 com Lightning Port.

O novo modelo do periférico da Apple tem bateria interna, dispensando o uso de pilhas. O problema é que, para recarregá-lo é preciso conectar o cabo Lightning na parte de baixo, inviabilizando o uso.

magic_mouse_2_charging

Os fãs mais apaixonados alegam que esse não é um grande problema já que o mouse ganha 9 horas de autonomia depois de conectado por 2 minutos. Mas é inegável que existem formas mais inteligentes de desenhar essa entrada.

Se você olha para um produto e pensa “tem algo errado aqui”, é porque há algum problema com o design.

Smart Battery Case

Agora sim, podemos falar da capinha com tumor. Além da aparência horrível, a Smart Battery Case custa US$ 99. Os consumidores, no entanto, não precisam ficar refém dessa solução horrorosa: existem inúmeros modelos de “juice packs”, que adicionam bateria extra ao iPhone, como a Mophie.

smart_battery_case.0.0

Apple Pencil

A Apple Pencil em si é bonita e segundo as análises dos veículos internacionais, é muito funcional. O problema é, mais uma vez, com a forma que ela carrega. O acessório preciso ser plugado no conector lightning do iPad Pro, que por padrão fica na parte de baixo do dispositivo. Logo, a caneta fica “pra fora” do tablet. Guardar o iPad na mochila enquanto a caneta carrega? Nem pensar.

Apple-Pencil-charging-times-image-002

Mais uma vez a desculpa é sobre a velocidade do carregamento do acessório. E de novo, é inegável que poderia ter sido melhor planejado. Um conector que recarregasse a caneta, poderia ser usado também para transportá-la em segurança colada ao tablet. A Microsoft manda um abraço.

Smart Keyboard do iPad Pro

Mais um acessório do iPad Pro foi vítima do péssimo planejamento do time de design da Apple. O Smart Keyboard é uma ótima ideia para um dispositivo que pretende substituir notebooks. Mas ao fechar o acessório no iPad, olha só como fica:

apple-smart-keyboard-ipad-pro

Não precisa nem comentar, né?

19, estudante de Comunicação e Multimeios na PUC-SP. Curioso e apaixonado por tecnologia, escreve sobre o tema há cinco anos.

Comments

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top