Connect with us

Geral

O Google Wave vai voltar!

Surpresa: o Google não matou o Google Wave!

“O Google não mata produtos, salvo raras exceções, como o Lively. Os reposiciona. E é o que vai acontecer com o Google Wave”, me disse Felix Ximenes, Diretor de Comunicação do Google Brasil.

Alex North, o Engenheiro de Software do Google Wave, informou que a solução encontrada para permitir a continuidade de desenvolvimento do código do Wave, e de tudo o que foi criado a partir dele para incorporação ou geração de outros produtos, foi transformá-lo em um aplicativo que pode ser executado pelos usuário em seus próprios servidores. O nome? Wave in a Box.

O aplicativo deve incluir, dentre outros recursos:

  • um pacote de aplicações, incluindo um servidor e cliente web de apoio à colaboração em tempo real usando a mesma estrutura do  sistema do Google Wave
  • uma loja ainda em construção
  • protocolos  para desenvolvimento no modelo cliente-servidor
  • suporte para importar dados de Waves criadas no site  wave.google.com

O futuro do código aberto do projeto será definido por meio de contribuições dos desenvolvedores. O Google está convencido de que o Wave poderá ser ponto de partida para uma série de poderosas ferramentas de colaboração. De fato, o lançamento do Wave como um aplicativo pode ser um grande negócio para os desenvolvedores, especialmente em empresas que querem se aproveitar da onda de colaboração e de  discussão em tempo real.

Afinal, não foram poucas as aplicações criadas e liberadas para uso no Wave. Algumas delas, por grandes desenvolvedoras de software como a SAP (caso do Process Wave e da Caseish). A Twilio, por exemplo, uma das aplicações veteranas do Google Wave, faz uso da API do produto para construir a extensão twiliobot , que permite aos usuários fazer e receber chamadas telefônicas de dentro do Google Wave. As chamadas são gravadas e transcritas.

Lembrou das chamadas telefônicas a partir do Google Voice? A ideia pode ter nascido aí…

Picture 5

No comunicado publicado no blog de desenvolvedores do Google Wave, o engenheiro não especifica um prazo para o lançamento do novo código e do aplicativo. Portanto, é esperar que aconteça até o fim do ano, realmente antes da retirada do site do ar.

Fonte: IDG NOW!

Bruno A. Martinez é advogado, bancário e criador do Showmetech. E sim, todo mundo pergunta por que ele não estudou algum curso relacionado com tecnologia.

Comments

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top