Connect with us

Geral

Operadoras de telefonia: Como anda o serviço prestado?

Uma peça importante no mundo da computação móvel é a comunicação. Ainda que possamos em diversos lugares utilizar uma conexão wi-fi para nos comunicar através de nossos dispositivos portáteis, dependemos de conexão através das redes de telefonia móvel para comunicação em tempo integral. E aí o assunto fica um pouco delicado: como anda a qualidade do serviço prestado pelas operadoras de telefonia?

Uma peça importante no mundo da computação móvel é a comunicação. Ainda que possamos em diversos lugares utilizar uma conexão wi-fi para nos comunicar através de nossos dispositivos portáteis, dependemos de conexão através das redes de telefonia móvel para comunicação em tempo integral. E aí o assunto fica um pouco delicado: como anda a qualidade do serviço prestado pelas operadoras de telefonia?

São elas que oferecem o muito anunciado e pouco disponível sinal 3G para conexões móveis de alta (hmm…) velocidade. Cada operadora trata o serviço de uma forma diferenciada: umas oferecem planos baseados em velocidade de conexão, outras em franquia de tráfego de dados, outras em garantia de disponibilidade ilimitada de dados. Porém quantas delas garantem o principal: qualidade de serviço? Abaixo temos uma discussão sobre o tópico no Facebook:

É uma constatação: a Vivo surpreendentemente (quem nunca brincou que o celular Vivo do colega era na verdade “Morto”?) é a operadora que oferece o melhor serviço aos seus usuários, e não somente para conexão de dados, mas também para a realização de chamadas. Minha história pessoal: possuía um modem 3G com conexão da TIM, e celular pós-pago da TIM. Porém, a disponibilidade de sinal 3G era péssima: mesmo quando conseguia sinal pleno em 3G, a conexão era completamente instável; se eu mantivesse a conexão inativa por um pouco mais de tempo, o modem deixava de responder. Cheguei a cogitar problema com o modem, mas ao colocar um chip da Vivo, o modem funcionava perfeitamente e principalmente, nos locais onde eu mais preciso deste acesso, que são o meu local de trabalho e minha casa de praia. Não tive dúvidas, troquei meu modem pra Vivo. Continuei com a TIM no celular, mas era uma frustração receber as notificações dos meus aplicativos só quando chegava em casa e conectava no wi-fi. Depois de problemas com cobranças indevidas, fui pra Vivo também no celular.

Daí as pessoas falam “Pô, não vou te ligar porque meu celular é TIM e o teu é Vivo, tenho que pagar”. Não me importa. O que eu quero é qualidade de serviço, nem que pra isso eu pague mais caro. Não quero que a minha ligação caia pra operadora poder faturar mais R$0,50 por uma nova chamada (oi, Infinity Pré!), não quero ver o telefone ficar COMPLETAMENTE sem sinal na praia, numa cidade de 100.000 habitantes, não quero ter que ficar “caçando” o melhor lugar pra achar antena.

O consumidor não é bobo, e vai buscar o que é melhor pra ele. Há um tempo atrás, houve uma grande migração de usuários para a Nextel, pela vantagem de poder falar com qualquer rádio no país sem pagar nada mais por isso, e também por um vantajoso pacote de mensagens ilimitadas. Porém, com o maior acesso aos smartphones e seus aplicativos que fornecem gratuitamente serviços cobrados pelas operadoras (voz e mensagens de texto pela Internet), houve um novo movimento migratório para a TIM, que oferecia planos com ligação gratuita para qualquer número TIM em território nacional e acesso ilimitado de dados. Porém, parece que a TIM não deu conta de toda essa base de usuários e mal consegue entregar sinal pra chamadas de voz. Será que se inicia um novo movimento migratório, desta vez para a Vivo?

E você, leitor, qual sua experiência com as operadoras? Escreva nos comentários!

Nota: não foi citado no texto a Claro – apesar da indignação nos comentários da imagem acima – e a Oi pela queda no seu market share e pelo fato da TIM e Vivo serem as maiores do mercado.

 

Comments

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top