Conecte-se conosco

Android

Para Tim Cook, Apple Music para Android “é só o começo”

Atualização do Apple Music para Android passa a oferecer mais vantagens que as disponíveis para usuários do iOS

Se você é um usuário do sistema Android e tem um certo gosto por alguns serviços da Apple, deve ter ficado surpreso (para não dizer eufórico) com a mais recente atualização do aplicativo (ainda em fase beta e somente para versão Marshmallow) do Apple Music para Android. Entre as novas funcionalidades, destaca-se a possibilidade de os usuários fazerem o download das músicas e armazená-las no cartão de memória.

Entretanto, essa não é a única boa notícia para os usuários da plataforma, já que a Apple pode estar trazendo muito mais de seus serviços à sua rival. As informações partiram de ninguém menos do que o CEO da empresa, Tim Cook, durante a última reunião da direção da empresa. Insatisfeito com o último balanço trimestral, Cook acredita que serviços populares como o iCloud e Apple Pay possam ajudar a empresa a se recuperar.

smt-AppleMusic-P2

Simbolicamente, a atualização do Apple Music para Android representa o quão sérias são as intensões do CEO da AppleA versão do aplicativo para iOS não oferece a mesma vantagem devido à ausência de memória expansível, obrigando o usuário Apple a disponibilizar offline somente as faixas que cabem na memória interna do próprio celular. Já os usuários de Android podem baixar 128 GB de músicas ou mais, desde que tenham um cartão microSD apropriado.

Mais do que o gesto simbólico, o movimento pode significar que a era das plataformas desenvolverem aplicações exclusivas como forma de atrair o consumidor, está chegando ao fim. Desde que assumiu a chefia da Apple em agosto de 2011, Tim Cook tem tentando expandir as ações da empresa para o segmento de serviços, deixando de ser apenas um fabricante de hardware e sistema operacional.

De certa forma, a estratégia é semelhante à adotada pela Microsoft que ultimamente tem priorizado as atualizações dos aplicativos em plataformas rivais como iOS e Android, buscando garantir um consumidor de serviços, ao invés de tentar trazer novos usuários para seu sistema. Cook não deu maiores informações sobre quais serão os próximos serviços que devem migrar de plataforma, mas há quem aposte que o próximo alvo da companhia seja o iMessage. A Conferir!

Jornalista, fã de cinema e curioso de todas as coisas. Sempre atento às informações, escreve sobre ciência, comportamento e as novidades do mundo tecnológico.

Comentários

Mais de Android

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top