Connect with us

Apple

Apple tem queda nas receitas pela primeira vez desde 2001

Antes mesmo do lançamento do iPhone 7, já se falava muito sobre o iPhone 8 (ou iPhone 7S), então provavelmente muitos decidiram esperar a próxima versão

Grande parte dos fabricantes anuncia seus principais produtos logo no início do ano. Em especial, em duas feiras internacionais: a Consumer Eletronics Show (CES) e a Mobile World Congress (MWC). Ou seja: as vendas são analisadas no decorrer do ano, com picos de vendas no lançamento. Já a Apple trabalha com um ciclo diferente. Comumente anunciando seus novos iPhones no mês de setembro de cada ano, vendendo-os pouco tempo depois. Então, o pico de vendas fica no quatro trimestre e se estende até o primeiro trimestre do ano seguinte, quando ele começa a chegar em mais países.

empty

Como podemos ver no gráfico acima, as vendas do iPhone está caindo já algum tempo. Comparando Q1/2015 com Q1/2016, houve um ligeiro aumento, mas não podemos esquecer que contamos com o lançamento do iPhone SE para ajudar nas vendas. Desde então, comparado ao mesmo período de 2015, as vendas caíram. E agora, pela primeira vez desde 2001, a Apple sofreu uma queda de receitas. E não foi pouca coisa: 9%, caindo de US$ 233,7 bilhões (2015) para US$ 217 bilhões (2016).

O que está acontecendo? Segundo o The Verge, a queda contínua nas vendas do iPhone – carro-chefe de vendas da empresa – se deve ao design familiar o iPhone 7 em relação às duas gerações anteriores, o que não animou muito os consumidores. Mais do que isso, há rumores que uma mudança realmente grande ocorrerá somente em 2017, em comemoração aos 10 anos do iPhone. Antes mesmo do lançamento do iPhone 7, já se falava muito sobre o iPhone 8 (ou iPhone 7S). Então provavelmente muitos decidiram esperar a próxima versão.

Outras receitas

Macs e iPads também venderam menos, comparado à 2015 (14% e 6%, respectivamente). Já os serviços (iCloud, Apple Music, etc) cresceram 24%, em média, a cada ano, representando uma receita de US$ 24,3 bilhões este ano. Mas representam somente 11% das receitas da Apple, de forma que não ajudaram tanto a conter a queda de venda de aparelhos. Será que as vendas continuarão a cair até o anúncio do iPhone 8? Afinal, temos quase um ano inteiro pela frente. Conte para nós o que acha nos comentários!

Apaixonado por livros e ávido devorador de conteúdo, passa um bom tempo separando o que é informação e o que é ruído.

Comments

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top