Connect with us

Geral

Política de censura no Twitter: o pássaro vai parar de cantar?

O Twitter resolveu se auto-moderar. Sem meias palavras, é isso que consta em no blog oficial da rede social. De acordo com o post, a rede poderá, a pedido de empresas e governos, bloquear tweets para determinados países e regiões. Fica a dúvida: seria uma vitória da censura ou questão de respeito a diplomacia e a política local?

Twitter resolveu se auto-moderar. Sem meias palavras, é isso que consta em no blog oficial da rede social. De acordo com o post,  a rede poderá, a pedido de empresas e governos, bloquear tweets para determinados países e regiões. Fica a dúvida: seria uma vitória da censura ou questão de respeito a diplomacia e a política local?

De acordo com as novas regras, tweets e perfis poderão ser bloqueados mediante solicitação de entidades e governos e não é necessário que a rede social tenha um escritório no país. Ativistas  da liberdade de expressão já se pronunciam contra a mudança e ameaçam um boicote ao Twitter. Pessoalmente, considero a atitude um risco, especialmente porque a declaração no blog do Twitter é muito vaga e não deixa claro as regras que serão seguidas. Até a blogueira a cubana Yoani Sanchez, que ficou famosa pelas críticas que faz ao regime dos irmãos Castro, demonstrou desapontamento com a novidade. Há quem considere a atitude da rede um “suicídio social”.

Para o Twitter, a mudança é necessária por conta do crescimento vertiginoso do número de usuários. A preocupação inicial da rede tem fundamento em questões de restrição legal de conteúdo em países como a França e Alemanha, que não permitem a publicação de conteúdo neonazista, por exemplo. Segundo as informações publicadas no blog oficial, a restrição de conteúdo poderá ser feita de forma reativa para usuários de um determinado país, caso a publicação viole leis locais. O conteúdo “ofensivo/ilegal” será retido e o usuário informado.

Só espero que não estejam tentando acabar com liberdade do Twitter. Hoje, não imagino movimentos sociais sem a participação massiva nesta rede social.

#WeLoveTwitter!

*Conteúdo opinativo elaborado pelo autor. As opiniões deste post não expressam a opinião do Showmetech.

"There was a young lady named Bright Whose speed was far faster than light; She set out one day In a relative way And returned on the previous night."

Comments

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top