Connect with us

Android

Prévia do Chrome OS deve ser apresentada ainda hoje.

O Google está oferecendo uma prévia do Chrome OS hoje. A pretensão da empresa é suceder onde há décadas a Apple e o Linux falharam: deter o domínio do Microsoft Windows sobre o mercado…

O Google está oferecendo uma prévia do Chrome OS hoje. A pretensão da empresa é suceder onde há décadas a Apple e o Linux falharam: deter o domínio do Microsoft Windows sobre o mercado.

A empresa está hospedando um evento para oferecer o primeiro olhar oficial ao seu sistema operacional. O Chrome OS, como é chamado, despertou entusiasmo num mercado que tem sido amplamente estagnado há anos. Com todo o seu poder de fogo, o Google pode ter sucesso em agitar um pouco as coisas.

A guerra entre a Microsoft e a Apple por este domínio antecede aos sistemas operacionais Windows e Mac OS. A batalha entre eles tem sido uma fonte de debate apaixonado desde suas criações. Mesmo antes disso, se você considerar o modelo embrionário do Windows, que costumava ser apenas um ambiente gráfico instalado sobre o sistema operacional da Microsoft, o MS-DOS.

Linus Torvalds desenvolveu o kernel do Linux em 1991. Mesmo assim, o Linux realmente não atingiu o mainstream até a versão Red Hat, conseguiu algum nível de sucesso comercial por volta de 2000. Há uma grande variedade de configurações do Linux disponíveis atualmente. Provavelmente, a mais popular nos dias de hoje é a Ubuntu Desktop da Canonical.

A realidade é que todas as versões do Mac OS e todas as versões do Linux juntas perfazem pouco mais de 6% do mercado total de sistemas operacionais. Mesmo sendo gratuito, o Linux não conseguiu abocanhar nem mesmo 1% deste mercado. O Windows, por outro lado, ocupa uma saudável posição próxima dos 92% do volume de mercado.

Poderia, então, o Google ter sucesso onde a Apple e o Linux falharam?

Continua na próxima página. Clique abaixo para continuar.

O Google tem um certo toque de Midas, portanto, não é razoável pensar que poderia encontrar o sucesso com um sistema operacional. A empresa já surpreendeu o mercado com o sistema operacional móvel Android, que está tomando o mundo através de aparelhos como o HTC Hero e o Motorola Droid.

A visão do Google é de um mundo centrado na Web. Grande parte da rivalidade entre o Google e a Microsoft gira em torno de uma visão diametralmente oposta de como os computadores devem funcionar e o papel que o sistema operacional deve ter neste jogo. O Google é praticamente sinônimo de World Wide Web, e tem sido um defensor ferrenho de aplicações e serviços baseados na Web.


Em última análise, o sucesso do sistema operacional Chrome depende, em certa medida, do sucesso da computação em nuvem, o novo modelo de computação em voga, sob o qual o Google já demonstra certa dominância. Muitas aplicações e serviços são cada vez mais baseados na nuvem, e a Microsoft não está alheia a este movimento, como se vê pela apresentação de seu Windows Azure, uma nova plataforma que abraça parte da nuvem, sem apagar a necessidade de um sistema operacional no computador.

O Google não está lutando somente com a Microsoft. Na tentativa de substituir o sistema operacional com uma alternativa centrada na computação em nuvem, o Google também estará pisando no terreno do Mac OS X e do Linux Desktop (mesmo sendo o Chrome construído sobre uma versão do Linux). Ainda, tentar mudar o paradigma para a nuvem também significa interromper a cultura de desenvolvimento de aplicações e programas. O Google terá de convencer toda uma indústria construída sobre o desenvolvimento de aplicativos independentes a transferi-los para a computação em nuvem.

Onde quer que o Chrome OS nos leve, em última análise, parece certo o início de uma revolução. Resta-nos, então, esperar que o Google marque a data.
Fonte: texto adaptado da PC World.

Bruno A. Martinez é advogado, bancário e criador do Showmetech. E sim, todo mundo pergunta por que ele não estudou algum curso relacionado com tecnologia.

Comments

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top