Conecte-se conosco
Novo Menu Iniciar do Windows 10

Microsoft

Primeiras impressões do Windows 10, vale a pena atualizar?

Nesse artigo vemos as primeiras impressões sobre o Windows 10 após atualizar o sistema em um notebook com Windows 8.1, falamos dos bugs e novidades do novo Windows

Windows 10

Nunca um lançamento de um sistema operacional tinha chamado tanta atenção. O Windows 10 praticamente quebrou a internet. Nas redes sociais não se fala de outra coisa, ele está na boca do povo, e não poderia ser diferente.

Todos os usuários que possuíam uma licença genuína do Windows 7 ou Windows 8/8.1 receberam ou receberão a atualização gratuitamente, o que animou bastante a todos. Mas ainda tem muita gente com o pé atrás com o novo sistema, por isso vou deixar aqui minhas primeiras impressões do Windows 10 e no final você decide se vale ou não partir para o novo Windows.

Interface renovada e totalmente “moderna”

Área de Trabalho do Windows 10

(Reprodução/Julian Leno)

A interface do sistema foi refinada e traz o melhor dos dois mundos: os blocos dinâmicos do Windows 8 e o visual Aero do Windows 7. A volta das transparências deram um ar de modernidade e sutileza ao sistema.

O novo calendário é um exemplo do novo visual com transparências

O novo calendário é um exemplo do novo visual com transparências (Reprodução/Julian Leno)

O Menu Iniciar se comporta bem e é bonito, sutil e eficiente. Com ele temos acesso rápido à várias partes vitais do sistema, ou seja, tudo que um menu precisa ser.

Novo Menu Iniciar do Windows 10

(Reprodução/Julian Leno)

Finalmente o menu de configurações foi remodelado e agora está mais prático e não é mais dividido em dois como no W8. Mais opções úteis foram adicionadas ao menu, como por exemplo, a de analisar o espaço em disco detalhadamente.

(Reprodução/Julian Leno)

(Reprodução/Julian Leno)

Aplicativos Modernos em Janelas

Apps Modernos, Windows 10

É possível usar até 4 apps ao mesmo tempo (Reprodução/Julian Leno)

Finalmente, a Microsoft arrumou a casa e conseguiu trazer a experiência dos aplicativos modernos – aqueles baixados da loja do Windows – para o desktop sem causar estranheza. A decisão de aproximar esses apps dos aplicativos para desktop trouxe a possibilidade de substituir vários programas por apps modernos, como os de e-mail, Twitter, Facebook, OneNote e outros, que agora podem ser usados sem aquela sensação de estar em um ambiente totalmente hostil.

Os apps podem ser usados no mesmo ambiente (Reprodução/Julian Leno)

Os apps podem ser usados no mesmo ambiente (Reprodução/Julian Leno)

Novos aplicativo de foto, vídeo, e-mail, mapas e calendário

apps-novos-windows-10-smt-julian (Reprodução/Julian Leno)

(Reprodução/Julian Leno)

Esses aplicativos foram totalmente remodelados e agora estão mais funcionais, bonitos e práticos. O aplicativo de vídeos padrão me fez esquecer, até então, o meu queridinho, VLC Media Player.

Sem exageros, o app da Microsoft está bem bonito e faz o que é para ser feito: reproduzir vídeos. Coisa que o Windows Media Player não conseguia fazer bem. Os demais apps são feitos com o mesmo esmero, e dessa vez, merecem uma chance de serem usados. Vale citar que um aplicativo de Alarmes e relógio foi adicionado ao sistema, com opções de Alarme, obviamente, cronômetro, relógio mundial e contagem regressiva.

App de relógio e Alarmes (Reprodução/Julian Leno)

App de relógio e Alarmes (Reprodução/Julian Leno)

Central de Ações e Notificações interativas

Central de ações do Windows 10 (Reprodução/Julian Leno)

Central de ações do Windows 10 (Reprodução/Julian Leno)

A Central de ações é uma das partes do sistema que lembra bastante e aproxima o desktop da versão para dispositivos móveis. Ela foi concebida para reunir todas as notificações do sistema, que antes ficavam à deriva e a cargo dos desenvolvedores de apps. Nela também temos acesso rápido a vários atalhos, que inclusive, podem ser customizados.

Um exemplo de notificação interativa, ainda pouco usada no sistema (Reprodução/Julian Leno)

Um exemplo de notificação interativa, ainda pouco usada no sistema (Reprodução/Julian Leno)

Microsoft Edge

edge-windoiws-10-smt-julian

(Reprodução/Julian Leno)

O novo navegador padrão do sistema é impressionante e tem muito potencial. Ele já provou ser mais rápido que o Google Chrome e tem recursos super interessantes que vão mudar sua forma de navegar e consumir conteúdo.

Dentre os recursos destaco o sistema de anotações, integrado com o OneNote, o modo de leitura, que foi uma funcionalidade trazida do Windows Phone 8 e tira qualquer distração da página e permite uma leitura mais tranquila

Modo de leitura Windows 10 (Reprodução/Julian Leno)

Modo de leitura Windows 10 (Reprodução/Julian Leno)

Apesar de existirem outras novidades que posso citar, devo dizer que o Microsoft Edge merece um artigo separado para mostrar todos os seus detalhes.

Visão de Tarefas

(Reprodução/Julian Leno)

Visão de tarefas (Reprodução/Julian Leno)

Essa “novidade” se encaixa bem naquele ditado: “antes tarde do que nunca”. A função de múltiplas áreas de trabalho já era realidade há bastante tempo no Linux e Mac OS X, então o Windows chegou por último. Aqui, o usuário pode criar várias áreas de trabalho e separar os aplicativos abertos por categorias para organizar seu fluxo de trabalho.

Problemas e bugs encontrados

Pude notar um problemas referente ao sistema que vou citar aqui. Vale lembrar que estou usando o sistema instalado através da atualização disponibilizada pela Microsoft. 

Problema: o primeiro e mais grave dos problemas foi a incompatibilidade com a placa de vídeo do meu notebook, um Dell Inspiron 14 (N4030). O notebook desligava repentinamente após alguns minutos de uso.

Solução: Tive que excluir o driver de vídeo e baixar a versão do fabricante, feito isso, o problema cessou.

Caso esteja passando pelo mesmo problema siga as instruções: vá em Gerenciador de dispositivos, no menu de super usuário, clique com o botão direito do mouse em adaptadores de vídeo, clique no dispositivo, no meu caso Intel HD Graphics, clique em desinstalar driver. Agora, baixe o driver de vídeo no site do fabricante e instale em sua máquina.

OneDrive mais completo e menos esperto

logo_onedrive2014_hero1

Esse não seria um problema, de fato, mas sim uma regressão. Se você usa a função de espelhamento de arquivos do OneDrive em seu computador e precisa dela, nem pense em ir para o Windows 10, pois ele não a suporta, por hora. Caso queira usar o OneDrive, precisará manter os arquivos em seu PC. A boa notícia é que agora é possível escolher o local da pasta e quais pastas o OneDrive deve sincronizar.

Programas que funcionaram sem problemas

Na minha lista de programas que já estavam instalados no PC e após a atualização continuaram funcionando estão:

  • Adobe Photoshop CS6
  • Adobe Premiere CS6
  • Atube Catcher
  • Action!
  • Spotify
  • Skype
  • Corel Draw X7
  • Steinberg Cubase 5
  • Sony Vegas 13 PRO
  • Nero 2015
  • Filezilla
  • Evoland
  • Halo Combat Evolved
  • Interface de áudio M-Audio Fast Track Pro
  • Headset RIG e demais periféricos.

Em resumo, nenhum programa Win32 ou periféricos apresentaram panes, travamentos ou mal funcionamento no Windows 10. Nesse quesito ele está aprovadíssimo e conseguiu rodar inclusive Halo Combat Evolved, jogo lançado em 2003 para PCs.

Então, para você, valeu a pena atualizar? Nos conte como está sendo sua experiência com o sistema.

Desenvolvedor web, técnico em eletrônica, geek desde criança, nerd e gamer caixista, ama Halo e Gears of War mas está esperando a SEGA lançar outro console porque é fã de Sonic. Entusiasta de tecnologia em geral, ama robôs e PC gaming.

Comentários

Mais de Microsoft

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top