Connect with us

Ciência e Tecnologia

Proteção até debaixo d’água: saiba como funciona a certificação IP

Entenda como funciona a certificação IP e saiba quais são os limites de resistência que os novos smartphones conseguem oferecer

P1

Entenda como funciona a certificação IP e saiba quais são os limites de resistência que os novos smartphones conseguem oferecer.

Você provavelmente já ouviu falar em smartphones à prova de água, certo? Atualmente várias empresas estão investindo em aparelhos mais resistentes tanto a líquidos, como a objetos sólidos. Esse fato vem chamando a atenção de muitos usuários, afinal cria a possibilidade de obter lindas fotos dentro da piscina com uma proteção segura.

Entretanto, será que esta resistência é ilimitada? A frase “à prova de água” pode gerar a ideia de um aparelho que pode ficar dentro da água por tempo indeterminado. Isto realmente é verdade? Continue lendo nosso artigo e descubra se seu celular pode ou não resistir a ambientes aquáticos.

Entendendo a certificação IP

IP-67-certificate

A chamada “Proteção de Entrada” ou mais conhecida como certificação IP (Ingress Protection) é uma norma criada pela IEC (Comissão Eletrotécnica Internacional). Sua finalidade é indicar o grau de proteção de objetos eletrônicos em relação a poeira e a líquidos em geral. As empresas top de linha como Sony, Motorola/Lenovo, LG e entre outros incluem nas especificações de seus smartphones esta proteção da seguinte forma:

A sigla “IP” vem acompanhada de dois números, por exemplo: IP68, IP67, em que o primeiro significa proteção contra poeira e o segundo a água, sendo que ambos possuem um mínimo e máximo. A proteção em relação a poeira vai de 1 a 6. Já água inicia em 1 e termina em 8. Quanto mais elevado for este número melhor é a vedação. Em algumas ocasiões, quando estas proteções não foram testadas, indica-se pela letra X. E quando não há resistência indica-se o número 0.

Todos os tipos de resistência

IPProtection

Iremos focar na proteção contra a água, todavia citaremos também a resistência à poeira e a impactos. Confira o significado dos números que acomapnham a certificação.

Proteção a poeira

  • 0 – Sem proteção.
  • X – Proteção não medida; Sem testes.
  • 1 – Proteção contra objetos sólidos com diâmetro maior que 50 milímetros.
  • 2 – Proteção contra objetos de diâmetro maior que 12,5mm.
  • 3 – Proteção contra objetos de diâmetro maior que 2,5mm.
  • 4 – Proteção contra objetos de diâmetro maior que 1mm.
  • 5 – Proteção contra poeira limitada, ou seja a poeira é acumulada dentro do smartphone, mas sem causar danos.
  • 6 – Este último índice protege totalmente o aparelho de poeira.

Proteção contra água

  • 0 – Não há proteção.
  • X – Proteção não medida; Sem testes.
  • 1 – Proteção contra queda de água na vertical; mínima.
  • 2 – Protege contra queda de água com inclinação de 15 graus.
  • 3 – Protege contra inclinação de maior que 65 graus.
  • 4 – Resiste a água de todas as direções; Não é permitido imersão.
  • 5 – Proteção contra jatos de água.
  • 6 – Contra jatos de água fortes.
  • 7 – É permitido imersão de até 1 metro a 30 minutos.
  • 8 – A mais alta proteção conta com imersão a 1,5 metro no tempo de 30 minutos.

Proteção contra impactos

  • 0 – Sem proteção. X – Não houve testes.
  • 1 – Proteção contra impactos de 0,225 joules.
  • 2 – Proteção contra impactos de 0,377 joules.
  • 3 – Contra impactos de 0,5 joules.
  • 4 – Contra impactos de 2,0 joules.
  • 5 – Contra impactos de 6,0 joules.
  • 6 – Protege com contra impactos de até 20,0 joules.

Com estes dados podemos quebrar o mito de que existe celulares com resistência a água por tempo indeterminado. Pense bem antes de mergulhar com seu aparelho no bolso.

Como são criados os smartphones com proteção a água?

prodution

Hoje, existe duas maneiras de inserir tal resistência aos smartphones. Na primeira opção as fabricantes de celulares selam todos os componentes principais dos celulares, como por exemplo: memória RAM, interna, bateria, processador etc. Com esta tecnologia, não é necessário a presença de capas que vedam a passagem dos líquidos. Entretanto isto não acontece no outro meio de proteção.

Nesta segunda maneira, o silicone ou borracha é utilizado para impedir a entrada de líquidos nas entradas do celular (fone de ouvido e USD). Ou seja, é preciso fechar estas regiões antes de colocar seu celular na água, caso contrário ele será danificado permanentemente.

samsung-galaxy-s7-edge-sg-18

Um exemplo bem atual de smartphones premium com esta tecnologia é Moto G3. Nele está contido a certificação IPX7. O Galaxy S7 um dos melhores de 2016, chega às lojas com proteção a poeira e a água no máximo, com certificação IP68. A Sony é uma das pioneiras neste quesito, sendo uma das empresas que mais aposta em smartphones com resistência a líquidos e tem os aparelhos Xperia Z5 Premium, Xperia Z5, Xperia Z3+, Xperia Z3, Xperia Z3 Compact, Xperia Z2, Xperia M5 e Xperia M4 Aqua, todos com vedação IP 68.

A evolução no mercado mobile é constante e em pouco tempo haverá resistência total. Enquanto isso não acontece, pesquise bem antes de jogar seu novo Smartphone dentro de uma piscina.

As dicas sobre a certificação IP que você acabou de ler que você acabou de ler, foram uma contribuição do colega Hudson do site Varios Celulares.

Jornalista, fã de cinema e curioso de todas as coisas. Sempre atento às informações, escreve sobre ciência, comportamento e as novidades do mundo tecnológico.

Comments

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top