Conecte-se conosco
high-end-gpu

Computadores

Qual é a configuração mínima para usar realidade virtual (VR) no PC?

Muito se fala sobre a altíssima exigência de processamento para rodar aplicações de realidade virtual (VR). Mas o que isso significa na prática?

Muito se fala sobre a altíssima exigência de processamento para rodar aplicações de realidade virtual (VR). Mas o que isso significa na prática? O que é um PC com configuração suficiente? Pois bem, no evento Oculus Connect realizou um evento nesta sexta-feira (07/10) anunciando uma máquina de US$ 500  com poder de fogo o suficiente para encarar o desafio.

oculus

Trata-se do CyberPower PC, que vem com uma placa de vídeo AMD RX 470, um pouco menos potente do que a GTX 970 da NVIDIA. Curiosamente, essa segunda estava listada na configuração mínima da Oculus há pouco tempo. O que aconteceu? Um recurso chamado asynchronous timewarp, um nome bonito para uma técnica sem muitos detalhes divulgados ainda.

Basicamente, o asynchronous timewarp permite que o app rode com a metade da taxa de frames por segundo do que está sendo mostrado para o usuário. Em outras palavras, o app renderiza 45 frames por segundo, mas o mostra a 90 FPS (ou 90 Hz). A cada dois frames reais, é criado um frame intermediário com a transição entre um e outro. Pelo o que entendemos, é muto semelhante ao que acontece com upscaling em TVs.

async-spacewarp

Ou seja, isso diminui a exigência de processamento gráfico, habilitando GPUs mais simples (e baratas) para o VR. Outros detalhes mínimos incluem pelo menos 8 GB de memória RAM, onde não é especificado se é DDR3 ou DDR4, e processadores mínimos. No caso da Intel, é o Core i3-6100 (dual-core). Já em máquinas AMD, o mínimo é um FX-4350 (quad-core).

Quanto custa uma máquina habilitada para VR?

Essas são as especificações mínimas, capazes de rodar as aplicações VR mais básicas. É semelhante ao que acontece com jogos de PC, com especificações mínimas e recomendadas, de forma que usá-las exigirá um certo comprometimento na qualidade dos gráficos. Mas já é um excelente ponto de partida. Quanto alguém gastaria no Brasil pelos 3 componentes? Fizemos uma rápida pesquisa, resultando em aproximadamente R$ 2100 (RX 470: R$ 1350, FX-4350: R$ 450, 8 GB (DDR3): R$ 300).

Vale lembrar que um PC completo exige também um dispositivo de armazenamento, um gabinete e uma fonte de energia, mas que, juntos, não correspondem nem a metade do preço dos 3 componentes acima. Como os apps de realidade virtual estão cada vez mais próximos de nós, é bom saber o ponto de partida para aproveitar essa nova Era, não? Conte para nós, usuário: sua máquina tem configuração suficiente para VR? Diga-nos nos comentários abaixo!

Fonte: Extremetech

Apaixonado por livros e ávido devorador de conteúdo, passa um bom tempo separando o que é informação e o que é ruído.

Comentários

Mais de Computadores

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top