Conecte-se conosco
retro-apple

Apple

Queda nas vendas do iPhone derruba receita da Apple pela primeira vez em 13 anos

smt-iPhone6S-P2

Vendas do iPhone caíram pela primeira vez desde o lançamento em 2007

A desaceleração no mercado de smartphones, que assombra fabricantes de aparelhos Android há algum tempo, também atingiu em cheio a Apple no último trimestre.

Durante os três primeiros meses de 2016, a companhia liderada por Tim Cook vendeu 51,2 milhões de iPhones, queda de 18% se comparada ao mesmo período de 2015 (61 milhões). É a primeira vez, desde o lançamento em 2007, que a quantidade de iPhones vendidos em um trimestre fica abaixo do resultado no ano anterior.

Por ser o carro-chefe da Apple e responsável pela maior parte do faturamento, a queda do iPhone também derrubou as receitas da empresa: foram 50,6 bilhões de dólares de janeiro a março deste ano, contra 58 bilhões em 2015. O lucro no trimestre foi de $10,5 bilhões, também menor que os 13,6 bilhões do ano passado.

ipadpro_large

O lançamento do iPad Pro não foi o suficiente para reverter a queda nas vendas do tablet

O smartphone líder do mercado não foi o único produto da Apple a ter desempenho inferior nos últimos meses: as vendas do iPad (10,3 milhões de unidades) e dos Macs (4 milhões) também diminuíram. O tablet da Apple não cresce desde 2014 e os laptops e desktops da marca seguiram a trajetória da indústria de PCs, que também despencou este ano.

Apesar das notícias ruins trazidas pelos principais produtos, a Apple demonstrou fôlego em alguns segmentos.

A categoria “Outros produtos”, que inclui o Apple Watch, Apple TV e a marca de headphones Beats, atingiu $2,2 bilhões em receita, acima do $1,7 milhão do ano passado.

O setor de Serviços, que inclui a App Store, iTunes e Apple Pay, cresceu 20% no período com destaques para a loja de aplicativos (alta de 35% nas receitas) e o Apple Music, que agora possui 13 milhões de assinantes pagos (eram 11 milhões em dezembro).

apple-watch

Apple não revela a quantidade de Watches vendidos, mas as receitas da categoria “Outros produtos” têm subido

Embora o resultado do 1º trimestre tenha deixado um gosto amargo na boca dos investidores (as ações caíram mais de 8% após o anúncio), a situação financeira da Apple ainda é invejável; a companhia segue como a mais valiosa do mundo ($607,5 bilhões em valor de mercado) e possui reservas no valor de $233 bilhões.

Dito isso, as previsões para o resultado do próximo trimestre ainda são de queda, mas teremos que aguardar até julho para descobrir como foi a performance de abril a junho. Até lá, a Apple terá sediado a WWDC e apresentado suas novas armas na briga pelo mercado mundial de tecnologia.

Já vivia na nuvem antes de ser modinha.

Comentários

Mais de Apple

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top