Conecte-se conosco
ReclameAqui

Geral

ReclameAqui faz lista negra do comércio neste Natal

Conheça a lista negra do ReclameAqui neste Natal e saiba como se proteger pra evitar problemas na hora da compra dos presentes.

ReclameAqui Natal / reprodução

O site ReclameAqui fez uma Black List com as lojas mais reclamadas neste mês por conta das compras para o Natal. A lista negra do comércio brasileiro por enquanto é liderada pelo Wallmart que já teve mais de 4 mil reclamações, seguido pelo Extra e Ponto Frio.

Ranking de reclamação do ReclameAqui

Ranking de reclamação do ReclameAqui

Outras dicas do pessoal do ReclameAqui também são importantes na hora de fechar a compra. Sempre desconfie de preços que tenham descontos elevados. Se o valor está muito abaixo da média, a chance de ser uma armadilha é grande.

Os últimos grandes golpes na Internet divulgaram falsas ofertas utilizando comparadores de preço, grande quantidade de anúncios em redes sociais e sites populares e e-mail marketing.

Se um produto é novo no mercado, pesquise em sites especializados pra saber se vale a pena. A opinião de quem já comprou é sempre um bom indicativo das qualidades e defeitos do produto.

Para finalizar, você deve ficar atento à política da empresa em relação ao prazo de entrega, devolução, troca de produtos, assim como as formas de pagamento. Sempre guarde uma cópia do pedido aprovado e salve as telas do site no momento da compra que servem como prova do valor pago e prazo de entrega.

O Código de Defesa do Consumidor obriga as empresas a cumprir o que foi prometido no ato da compra, a troca por um produto equivalente ou a devolução do dinheiro pago corrigido monetáriamente. A Diretora de Atendimento do Procon/SP, Selma do Amaral, salienta que também é importante registrar as reclamações nos centros de defesa do consumidor.

“É preciso registrar a reclamação pra que a gente saiba onde estão os maiores problemas e tomar medidas para evitar que se repitam. O consumidor é amparado pela legislação mas também pode ingressar na justiça comum para pedir uma reparação pelos danos que sofreu, inclusive danos morais, caso a empresa não cumpra o que foi combinado”, diz a diretora do Procon/SP.

 

Um jornalista curioso que adora viajar, comer em bons restaurantes e experimentar as novidades tecnológicas! Ex-correspondente da TV Bandeirantes na China e na África do Sul, atualmente é chefe de redação do BandNews TV.

Comentários

Mais de Geral

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top