Conecte-se conosco
APPLE_AMZN_FB

Apple

Resultados financeiros: Apple desacelera, Amazon e Facebook agradam, mas não empolgam

Mais empresas de tecnologia revelaram quanto ganharam (ou perderam) nos três primeiros meses do ano, incluindo a maior delas, a Apple. Facebook e Amazon – apesar da fama – ainda não impressionam quando o assunto é lucro.

APPLE_AMZN_FB

No final de Abril e início de Maio uma nova leva de empresas de tecnologia divulgou seus resultados financeiros para o 1º trimeste de 2013, incluindo o mais aguardado deles: o balanço da Apple. Há algumas semanas apresentamos os números de Nokia, Microsoft e Google. Segue hoje uma nova lista com os desempenhos de Apple, Amazon e Facebook.

Mais valiosa empresa do mundo, a Apple tem sofrido com especulações de que estaria “perdendo seu apelo” junto aos consumidores e seus apoiadores contavam com estes resultados para reverter essa percepção. Porém, a revelação de que a empresa teve sua primeira queda no lucro em 10 anos e o modesto crescimento do iPhone, devem dar ainda mais fôlego aos detratores da marca. Mesmo assim, a Apple continua empilhando dinheiro como nenhuma outra empresa de tecnologia no mundo. Foram vendidos de Janeiro a Março, 37,4 milhões de iPhones, contra 35,1 milhões no mesmo período de 2012. Já o iPad vendeu bem mais: foram 19,5 milhões de tablets (ante 11,8 milhões no ano passado). As vendas de Macs tiveram leve queda, ficando pouco abaixo de 4 milhões de unidades e as de iPods seguem despencando. No total, a receita da Apple foi de 43,6 bilhões de dólares (novo recorde para um 1º trimestre) enquanto o lucro da companhia ficou em $ 9,5 bilhões – abaixo dos 11,6 bilhões do período em 2012. As margens de lucro da Apple foram pressionadas pelo iPad Mini – mais barato e portanto com menor margem. Contudo, dinheiro não será problema tão cedo: a Apple aumentou seu caixa para impressionantes $145 bilhões.

Atual queridinha de Wall Street, a Amazon vinha decepcionando o mercado nos últimos trimestres, mas dessa vez deu uma boa notícia: sua receita de $16.07 bilhões de dólares significa uma alta de 22% sobre o ano passado. Já o lucro de “apenas” $82 milhões representa uma queda quase 37% comparado a 2012. Mesmo assim, os ganhos por ação foram mais altos que o esperado, o que ajudou a impulsionar os papéis da  empresa. A gigante do e-commerce também tem investido na criação de conteúdo exclusivo para sua plataforma Prime, concorrente do Netflix, e tem expandido suas operações no mercado chinês. Mais uma vez porém, a Amazon não divulgou os números de vendas de sua linha de e-readers e tablets Kindle. Acredita-se que o Kindle Fire seja o segundo tablet mais vendido nos EUA, depois do iPad.

Quem também andava precisando dar boas notícias aos investidores era o Facebook. Prestes a completar 1 ano de sua conturbada estreia na bolsa de valores, a maior rede social do mundo revelou um crescimento de 38% em sua receita ($ 1,46 bilhão) e um aumento da renda oriunda de publicidade em dispositivos móveis ($375 milhões) – uma constante preocupação em Wall Street. O lucro da companhia foi de 219 milhões de dólares, alta de 7%. Segundo o CEO Mark Zuckerberg, dois terços dos 1,1 bilhão de usuários do Facebook já utilizam o site através de celulares e smartphones. Ele também destacou o crescimento no número de usuários em países populosos como Brasil e a Índia.

Desde a divulgação de seus respectivos resultados, as ações da Apple subiram mais de 15%, valendo agora 460.71 dólares. Os papéis da Amazon caíram 4,86% para $ 255.72 e os do Facebook se mantiveram estáveis (-0,72%) valendo 27.57 dólares.

Fonte: Apple, Amazon e Facebook

Já vivia na nuvem antes de ser modinha.

Comentários

Mais de Apple

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top