Conecte-se conosco
Tablet Alcatel OneTouch Evo 7 / reprodução

Android

Review: tablet Alcatel OneTouch Evo 7

Tablet Alcatel OneTouch Evo 7 / reprodução

A Alcatel – relativamente nova no mercado de gadgets no Brasil – já tem vários smartphones sendo comercializados desde 2011, quando entrou no mercado brasileiro. Agora, entra na briga no segmento de tablets com a venda do OneTouch Evo 7, aparelho produzido em Manaus (AM) que se enquadra na “Lei do Bem” para obter redução de impostos e se tornar mais competitivo.

Recebemos uma unidade do Alcatel OneTouch Evo 7 para testes e o resultado você confere no review abaixo!

Kit

Alcatel OneTouch Evo 7 - Kit

Ao abrir a caixa, imediatamente vemos o OneTouch Evo 7, hermeticamente encaixado na embalagem. Abaixo dele, encontramos o carregador de tomada e os manuais. No fim, estão o cabo de dados USB microUSB, o fone de ouvido e o módulo 3G. Uma crítica à embalagem do produto vai para o material que traz o tablet bem como acessórios, que é de plástico. Poderia ser utilizado o clássico papelão ou outro material que demonstrasse melhor acabamento e um cuidado maior com a experiência do usuário.

Alcatel OneTouch Evo7 - Caixa2

Layout e Acabamento

O Alcatel One Touch Evo 7 tem acabamento emborrachado, boa parte da traseira é revestida por um material semelhante ao alumínio. Em um primeiro momento, você até tem a impressão de que a bateria do tablet pode ser acessada e retirada por meio desta “tampa”, porém a mesma é fixa (mesmo existindo um degrau no design, não force).

Alcatel OneTouch Evo 7 - Traseira desmontada

Na parte superior ficam os botões de volume e power/lock screen, ambos com um acabamento e pintura imitando aço escovado. Percebe-se que o acabamento é pintura apenas quando se enxerga de perto, mostrando a qualidade da fabricação e acabamento.

Alcatel OneTouch Evo 7 - Prespectiva

Ao se manter o aparelho na horizontal (widescreen), na parte superior da tela tem-se a câmera frontal do aparelho. Lembrando que o mesmo possui apenas esta câmera e não uma traseira, como seus concorrentes Android. Na parte inferior ficam o plug microUSB e o plug para o fone de ouvido.

Voltando o aparelho para a vertical, na parte inferior esquerda existe um pequeno entalhe na carcaça do tablet, onde por meio dela se consegue tirar a moldura da parte traseira. Isso é necessário para ter acesso ao slot de cartão microSD e ao slot onde o sim card fica armazenado. A moldura, tanto para ser retirada quanto recolocada, é bem acabada e os encaixes justos. Eventualmente, durante o encaixe pode ser que alguma parte fique com folga, não por problema de fabricação e sim pelo fato de existirem muitos pontos de encaixe em torno da moldura, o que demonstra também um cuidado especial para que esta peça não seja deslocada facilmente.

Hardware

O hardware do Alcatel One Touch Evo 7 não é igual aos aparelhos topo de linha, mas é bem razoável. O processador Rockchip RK2918 com CPU de 1GHz ARM Cortex A8 e a memória ram de 1GB DDR3 dão conta do recado em praticamente todas as tarefas mais comuns. A tela TFT de 7” possui resolução de 600×1024 pixels (capacitiva), assistir um filme no Netflix antes de virar a cabeça no travesseiro é até agradável, bem como ler um livro no aplicativo do Kindle ou qualquer outro de sua preferência.

A tela do aparelho possui uma boa resposta ao toque e boa precisão, tanto para navegação quanto para digitação. A resolução não é das mais absurdas, mas não dá pra sentir muito a falta de definição da imagem em um uso mais cotidiano.

O tablet possui apenas uma câmera frontal, de 0,3 megapixel, que pode ser utilizada para vídeo conferências (com o Hangouts, Skype ou outros aplicativos). Em função da sua qualidade, arriscar a tirar alguma foto com o dispositivo pode acabar sendo uma furada, tanto pela qualidade quanto pela localização da câmera (o que faz com que você não enxergue a foto antes de registrar, a não ser que seja uma foto própria).

O aparelho, por ter venda exclusiva pela TIM, já vem equipado com o modem 3G, felizmente desbloqueado para uso em qualquer operadora. Uma coisa interessante é o fato do modem não ser fixo, ele pode ser retirado quando necessário (inclusive, para colocar um sim card no modem é necessário a retirada do mesmo do aparelho). Nesta mesma “placa” encontra-se o slot para expansão de memória. O Alcatel One Touch Evo 7 utiliza o já bem padronizado cartão de memória microSD, suportando cartões com até 32GB de capacidade.

Ele também possui WiFi 802.11 b/g/n e bluetooth 2.0 com ADP e o modem 3G HSDPA possui suporte às frequências de 850Mhz, 1800Mhz, 1900Mhz e 2100Mhz, tendo assim disponibilidade de uso 3G de todas as operadoras brasileiras.

Alcatel OneTouch Evo 7 - Modem 1Alcatel OneTouch Evo 7 - Modem 2

Falando em espaço de armazenamento, pode-se considerar uma decepção o fato do aparelho ter 4GB de espaço interno mas apenas 1GB disponível para instalação de aplicativos. No caso de um uso mais pesado ou para jogos (instalei o Asphalt 8 para testes de desempenho) foi necessário desinstalar praticamente tudo que já tinha colocado, já que o jogo tem quase 900MB. Um maior espaço interno disponível para o usuário não seria nem um pouco mal visto, mas este não é um problema que denigra o uso do aparelho.

Sistema Operacional

O One Touch Evo 7 traz a versão 4.0.4 (Ice Cream) do sistema Android, versão esta que pode até ser considerada um tanto ultrapassada para os mais aficionados por tecnologia – já que a mesma foi lançada em outubro/2011 – mas que, para um uso mais simples e comum, dá conta do recado.

A integração do Ice Cream com o hardware do aparelho é muito boa. Entretanto, conforme abordagem maior na seção de Desempenho, em alguns momentos de uso mais intenso e pesado, com aplicativos que exigem mais do aparelho, o sistema deu algumas engasgadas. Inclusive, em alguns momentos de uso mais intenso, alguns aplicativos paravam de responder, sendo necessário esperar por alguns minutos até que o aparelho reorganizasse sua memória e o aplicativo voltasse a ser utilizado.

Uma má noticia (por enquanto?) é com relação a atualizações. Assim que liguei o aparelho pela primeira vez, a primeira coisa que fiz foi consultar as atualizações automáticas e pelo site e em ambos os casos não encontrei nenhuma atualização de sistema. Não existe nenhuma informação oficial por parte da Alcatel sobre futuras atualizações do sistema, então desde já aconselho a não esperar muito por isso. Uma pena.

Aplicativos

Em virtude do sistema operacional (Android Ice Cream 4.0.4), todos os aplicativos que necessitem de Android 4x ou superior rodam tranquilamente no aparelho.

Uma coisa interessante que notei foi com relação aos aplicativos nativos, previamente instalados no Alcatel OneTouch Evo 7. Entre estes, vale ressaltar o AVG Antivírus PRO (aguardando apenas ativação) e o OfficeSuite Viewer. Em virtude do enfoque mais corporativo e profissional do aparelho, nada mais justo do que já preparar o usuário para tal, incluindo um aplicativo para visualizar arquivos Word (doc e docx), Excel (xls e xlsx) e Power Point (ppt e pptx), além de visualizar arquivos em PDF e que tenha a opção de upgrade para sua versão PRO, que habilita as funções de criação e edição destes arquivos.

Alcatel OneTouch Evo 7 - OfficeSuite Viewer

Vale ressaltar também que o aparelho vem com uma série de aplicativos da TIM (revendedora exclusiva), como os já conhecidos “Meu TIM” e “Portal TIM”.

Desempenho e Bateria

Como já mencionado anteriormente na seção de Hardware, o desempenho do Alcatel OneTouch Evo 7 é bem satisfatório para tarefas simples do dia a dia. Ler emails e livros, acessar a internet e assistir filmes são tarefas bem desempenhadas por ele.

Alcatel OneTouch Evo 7 - Kindle 1Alcatel OneTouch Evo 7 - Kindle 2

Eventualmente, em virtude do uso mais intenso (resultando em mais aplicativos abertos e usados simultaneamente), o aparelho acaba engasgando e alguns aplicativos que consomem mais recursos congelam. Mas não é nada que seja muito absurdo e aconteça com frequência. Usando o aparelho diariamente acaba-se criando o hábito de sempre manter aberto somente o necessário, evitando assim este problema.

Um ponto negativo a ser levantado diz respeito aos fones de ouvido inclusos no kit original do Alcatel OneTouch Evo 7. Se por um lado achei a ideia genial (já que hoje andam tirando esse item – pra mim – tão essencial até dos kits de alguns smartphones), por outro lado a qualidade dos fones disponibilizados está longe de ser ideal. Os fones não possuem uma definição boa de graves, sendo que os médios e agudos acabam sobrando, deixando o áudio estridente em vários momentos. Acredito que uma melhoria nessa área não faria mal a ninguém.

A única real decepção com o aparelho foi em virtude da bateria. Por ser tratar de um tablet (e por ter experiências anteriores com vários modelos de iPad), esperava que a bateria durasse mais, sobretudo em standby. Em um uso mais mediano (emails, feed rss, Hangouts e livros no Kindle) consegui um total de 11 horas de uso. Assistindo a vídeos no Netflix, com pouco mais de 2 horas a bateria do aparelho já estava próximo dos 60%!

Alcatel OneTouch Evo 7 - Netflix

Outra coisa que notei foi que, em standby (porém com todas as notificações dos aplicativos ligadas, bem como atualização automática dos aplicativos), a bateria do aparelho não chegou a 3 dias. Apenas para efeito de comparação, o iPad nas mesmas características chega a 15-20 dias!

Preço e disponibilidade

Como já mencionado anteriormente, o Alcatel OneTouch Evo 7 está a venda exclusivamente pela TIM (apesar do modem 3G ser desbloqueado para uso em qualquer operadora). De acordo com o site da operadora, o preço é de R$ 619,00. Nada mal para um aparelho 3G que veio para competir com vários importados ilegais, além de seus concorrentes, todos entre R$ 950 e 1.00,00.

Conclusão

O Alcatel OneTouch Evo 7 é uma boa investida da Alcatel no Brasil no mercado de tablets. O aparelho é robusto, com hardware razoável, um bom kit de acessórios e tem tudo para arrematar muitos daqueles que pensam em ter um tablet com um preço mais acessível, menor – e por consequência, mais fácil de carregar. Ele pode ser útil para várias situações do dia a dia.

Claro, como toda novidade, precisa ser aprimorado em muitos pontos. Mas pra quem se encaixa no perfil do aparelho, vale o investimento!

Contador por formação, auditor contábil por profissão e geek/podcaster por amor! Acompanho tecnologia desde que me entendo por gente e sempre que posso dou meus pitacos por aqui.

Comentários

Mais de Android

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top