Conecte-se conosco
HTC-Desire1

Android

Review: HTC Desire

A equipe do Showmetech testou o HTC Desire.

Nossa conclusão? Ele ainda é um dos melhores smartphones do mercado. Veja porque em nosso REVIEW abaixo:

Design e acabamento:

O aparelho possui um corpo de alumínio muito resistente e confiável. Ganha, nesse quesito, de smartphones mais novos, como o Samsung Galaxy S.

.

Tela:

Assim como o seu irmão – o HTC Nexus One – o Desire possui um lindo display de 3,7 polegadas (480 x 800 pixels), AMOLED ou Super LCD (dependendo do modelo), sensível à múltiplos toques. Ambos possuem cores vivas e uma excelente resposta ao toque. Ainda assim, perdem para as novas telas do iPhone 4 (Retina Display) e Samsung Galaxy S (Super AMOLED). Particularmente, um de nossos editores, Hugo, ainda prefere a tela AMOLED à Retina Display do iPod Touch 4g.

.

.Velocidade e processamento:

O processador do Desire ainda está entre os mais potentes do mercado, o que não deverá se alterar até a chegada dos novos modelos com processadores Dual Core. Sendo assim, esqueça aquela sensação de que o celular está “pensando” para fazer o que você pede (muito comum em aparelhos mais antigos da HTC, diga-se). Ele é rápido, muito rápido!

.

.Bateria:

A duração da bateria do HTC Desire é péssima. Para o usuário moderado, você consegue ao menos 1 dia até precisar carregá-la. Porém, se você usa muito o aparelho, checando emails, ouvindo músicas ou, principalmente, fazendo uso do GPS, você corre o risco de ficar sem carga com apenas 3 ou 4 horas de uso!

Infelizmente, isso ocorrerá com todos os novos aparelhos, sejam eles da HTC, da Apple, Samsung ou outras empresas. Os smartphones ficaram mais potentes, com telas maiores, sem que houvesse grandes avanços no campo da duração de suas baterias. Em resumo, ao escolher qualquer smartphone com tela grande, prepare-se para se decepcionar com as baterias.

Não obstante a duração da bateria com a ROM original ser ruim, existem vários tweakes para os mais corajosos que permitem até duplicar a vida útil da bateria, como diminuir a luminosidade da tela, instalar kernel que diminuir a frequencia do processador com a tela desligada, utilizar programas de automatização para desligar sincronia, WiFi e etc. durante a madrugada. Enfim, não é o cenário ideal, mas ao menos o HTC Desire e o Android permitem que os que querem possam alterar o sistema, ao contrário, por exemplo, dos devices da Apple.

.

.Atualizações, ROMs e modificações:

O HTC Desire já possui atualização oficial para a versão 2.2 do Sistema Android (Froyo) e, muito provavelmente, continuará a ser um dos primeiros aparelhos a receber as próximas atualizações. Também possui amplo suporte da comunidade de desenvolvedores. Sendo assim, você encontrará inúmeras modificações.

Alguns programas, como o Twitter e o Facebook já estão integrados ao aparelho, com um toque especial da HTC. Sendo assim, os contatos em sua agenda são automaticamente “linkados” à estes serviços, possibilitando que você tenha sempre fotos e informações atualizadas de seus amigos e parentes. O Facebook for HTC, por exemplo, chega a ser melhor do que o próprio aplicativo oficial!

Destaca-se, ainda, o grande suporte a ROMs e kernel modificados pela comunidade do XDA-Developers. ROMs com ou sem Sense, AOSP, com launchers de outras fabricantes e até ROMs completamente diferentes, como as MIUI.

.

.Preço e disponibilidade:

Tudo indica que o Desire será vendido no mercado brasileiro à partir do ano que vêm. Porém, ele é facilmente encontrado em sites de venda online, como o Mercado Livre, pela média de R$ 1.500,00. Por esta razão, perde pontos por não ser um aparelho com amplo suporte técnico e ter garantia de loja duvidável.

.

.Conclusão:

Certamente recomendamos a compra! Este é um smartphone do qual você não irá se arrepender. Não o recomendaríamos apenas para usuários que não fazem questão de personalizar seu aparelho, ou instalar aplicativos.

..

..


Especificações Técnicas:

    • Frequências de operadoras: GSM 850 / 900 / 1800 / 1900 – HSDPA 900 / 2100
    • Disponibilidade: apenas no mercado internacional.
    • Dimensões: 119 x 60 x 11,9 mm
    • Peso: 135 g
    • Tela: display  AMOLED ou Super LCD, sensível à múltiplos toques (capacitivo), 16M cores – 480 x 800 pixels, 3,7 polegadas.
    • Sensores: – Entrada de dados multi-touch, acelerômetro com sensor de rotação automática, sensor de proximidade para desligamento automático, Trackball óptico.
    • Ringtones: Polyphonic, MP3, WAV
    • Audio: Conector de 3,5 milímetros de áudio – Reforço de som Dolby Mobile.
    • Lista Telefônica: Praticamente ilimitada entradas e campos, Photo call.
    • Call records: Virtualmente ilimitado.
    • Cartão de Memória: entrada para cartão microSD (TransFlash) de até 16GB.
    • Memória interna: 576 MB de RAM, 512 MB de memória ROM interna.
    • Processador: 1 GHz Qualcomm Snapdragon QSD8250.
    • Cãmera de Foto/Vídeo: 5 MP, 2592 x 1944 pixels, autofocus, flash LED, vídeo D1 (720×480 pixels) a 30fps.
    • Mensagens: SMS, MMS, e-mail, IM.
    • Browser: HTML com suporte ao FLASH.

Características diversas:

    • Sistema operacional Android com HTC Sense
    • Suporte a GPS com A-GPS.
    • Bússola digital.
    • EDGE Class 10.
    • 3G HSDPA / HSUPA.
    • Wi-Fi.
    • Bluetooth 2.1 A2DP.
    • MiniUSB 2,0.
    • Chave de pesquisa dedicada.
    • Áudio player MP3/AAC + / WAV/WMA9.
    • Video Player MP4/H.263/H.264/WMV9/DivX.
    • Rádio FM estéreo com RDS.
    • Built-in handsfree.
    • Visualizador de documentos.
    • Aplicações do Facebook, Flickr, Twitter personalizadas para a HTC.
    • Voice memo
    • Bateria: Standard, Li-Ion 1400 mAh (Stand-by: Até 340 horas (2G) / Até 360 h (3G) / Talk Time: Até 6 h 40 min (2G) / Até 6 h 30 min (3G).

Bruno A. Martinez é advogado, bancário e criador do Showmetech. E sim, todo mundo pergunta por que ele não estudou algum curso relacionado com tecnologia.

Comentários

Mais de Android

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top