Conecte-se conosco

Android

Review: LG Optimus Black

A LG gentilmente forneceu à equipe do Showmetech um aparelho LG Optimus Black para testarmos. Após uma semana com o celular, foi elaborado o review abaixo.


A LG gentilmente forneceu à equipe do Showmetech um Optimus Black para testarmos. Após uma semana com o smartphone, foi elaborado o review abaixo.

Design e Acabamento

Visto de frente, o Optimus Black pode ser confundido com outros concorrentes, como o Motorola Atrix. A parte de trás, apesar de ser feita de plastico é muito bonita e bem acabada. O smartphone é um dos mais finos e leves do mercado, com apenas 9.2mm de espessura e 109g. Suas dimensões fazem com que ele não seja percebido no bolso, apesar da tela de 4′‘.

Ele conta com os botões físicos de volume, liga/desliga e o botão G. Ao pressionar esta tecla, é possível rolar uma página do navegador, mudar de telas, acionar a câmera e diversas outras funções. Veja abaixo um vídeo que a mostra em funcionamento.

Tela

A tela do Optimus Black é um show a parte. Equipado com a NOVA display (TFT LCD ) de 4” com 262 mil cores (800×480 pixels), o aparelho tem uma das telas mais brilhantes do mercado. Além disso, a tela gasta 50% menos energia que uma tela normal, o que economiza (e muito) a bateria.

Hardware, Software e User Interface 

O Optimus Black possui processador de 1GHz com 512 MB de RAM, além de 1GB de memória interna, que pode ser expandida até 32GB com cartão de memória. O aparelho responde muito bem ao comandos e, durante o período de testes, não tive problemas de travamento ou qualquer outro erro que fosse necessário reiniciá-lo.

O software original é Android 2.2 (Froyo) e de acordo com a LG, ele será atualizado para a versão 2.3 (Gingerbread).

A User Interface (UI) é a Optimus 2.0 é muito bonita e intuitiva, não tanto quanto a Sense (HTC), mas durante os teste, não senti falta do Sense em nenhum momento. Os widgets são bem feitos e menu pode ser visualizado de duas formas: em grupo ou lista de apps.

Câmera

O Optimus Black é composto por uma câmera traseira de 5MP com flash de led, que grava em HD a 720p, e uma frontal de 2MP para realização de chamadas de vídeo. A qualidade das fotos varia de acordo com a iluminação do ambiente. Um ambiente escuro não produz boas fotos (nem com o flash ligado), porém um local com bastante luz gera fotos excelentes. A qualidade da imagem das chamadas de vídeo é ótima (lembrando que isso depende da conexão com a internet).

Bateria

Considero-me um usuário normal e uso o meu smartphone para acessar redes sociais, internet, youtube, ligações e gtalk, sempre conectado ao 3G ou Wi-fi e com a tela no brilho máximo. Um dos testes que executei foi usar o Optimus Black como usaria meu Desire HD. O resultado foi surpreendente, pois não precisei de carregar o Optimus Black (bateria  Li-Ion 1500 mAh) por 1 dia e meio, enquanto o Desire HD (bateria Li-Ion 1230 mAh) foi carregado uma vez e já estava com a bateria na metade.

Acessórios

O aparelho acompanha carregador de parede (pode ser usado como cabo de dados), fones de ouvido (são feios e não combinam com o design e preço do aparelho), cartão de memória de 4GB e duas capas traseiras (uma branca e uma rosa) que podem ser substituídas, mas na minha opinião a preta é mais bonita.

LG Remote Call

Essa função é uma das inovações mais interessantes da LG. O Remote Call permite acesso pelos técnicos da LG para verificar e corrigir remotamente possíveis falhas no aparelho. Isso evita que o smartphone seja enviado para a manutenção, o que diminui o tempo de solução da falha. Infelizmente nem todos os problemas podem ser tratados à distância.

Conclusão

O LG Optimus Black é um excelente aparelho e, na minha opinião, os únicos defeitos são a dificuldade em retirar a tampa da traseira e a câmera. O teclado original não é bom, mas no Android Market tem uma gama enorme de teclados que podem substituí-lo.

Eu, que sou fã da HTC e do Sense, trocaria o Desire HD facilmente pelo Optimus Black. O tamanho e brilho da tela, aliado com um bom hardware e uma bateria que não me deixou na mão foram suficientes para me conquistar. O SMT recomenda este smartphone.

 


Rodrigo Gosling é engenheiro de telecomunicações, professor, mestrando e editor do Showmetech. Apaixonado por tecnologia, só troca um bom gadget por um pote de doce de leite.

Comentários

Mais de Android

Dica

Advertisement

Mais Lidas

Advertisement

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

Subir