Conecte-se conosco
atrix_hero_US-EN

Android

Review: Motorola Atrix (primeiras impressões)

Assim que coloquei as mãos no Atrix percebi que ele era mais robusto, se comparado ao meu Samsung Galaxy S, e um pouco menor, apesar de também possuir uma tela de 4”….

Nesta sexta-feira minha irmã voltou dos Estados Unidos e trouxe o novo Motorola Atrix 4G.

Na verdade, ela gostaria de ter comprado um iPhone 4. Porém, como os celulares da Apple produzidos desde outubro de 2010 estavam dando muito trabalho para quem precisa desbloqueá-los, ela  acabou optando por um smartphone Android.

Design e Acabamento:

Assim que coloquei as mãos no Atrix percebi que ele era mais robusto, se comparado ao meu Samsung Galaxy S, e um pouco menor, apesar de também possuir uma tela de 4”. Quanto ao peso, ele é ligeiramente mais pesado, passando a impressão de ser um aparelho mais resistente.

Tela:

Logo de cara, percebi que o brilho e contraste da tela não era tão bons quanto no meu smartphone antigo. Além disso, os ícones parecem ser um pouco menores. Conclusão:  a tela Super AMOLED da Samsung ainda é imbatível, mesmo se comparada ao novo Atrix.

Velocidade e processamento dual-core:

Foi só começar a brincar com o aparelho, que eu me surpreendi. Ele é muito rápido!!

Naveguei pelo Android Market e instalei vários aplicativos quase que instantaneamente> O Atrix não ameaçou travar em nenhum momento. Foi o celular mais rápido que já vi até hoje.

Root e Aplicativos:

Resolvi instalar uns aplicativos que eu tinha guardado no computador e aí veio a surpresa: o celular não permitia a instalação, dizendo que a fonte não era confiável. Mas, foi só eu voltar a dar uma olhada no tutorial do Showmetech e fazer o root do Motorola Atrix em menos de 5 minutos, e já podia instalar tudo o que queria. O root ajudou com os aplicativos mas não desbloqueou o aparelho.

Cansado de procurar como fazer o desbloqueio na internet e sem sucesso, resolvi entrar em desses sites “cellunlocker” e pagar 24 dolares pelo código de desbloqueio. Demorou um dia útil para receber o código, mas valeu a espera.

Modo Roteador de Internet:

Depois de brincar com os aplicativos, resolvi testar o modo roteador dele e acabei descobrindo que, para usá-lo, você precisar se cadastrar no site da Motorola e pedir uma autorização. A empresa, inclusive,  pode te cobrar por isso.

Péssimo isso, não é mesmo? Ainda mais, porque sei que existem vários aplicativos que fazem esta função gratuitamente.

Câmeras:

Outra coisa que achei estranho foi a câmera, ela não te da a opção de selecionar na tela onde focar, e também não achei onde era o zoom.

Mas, sendo usuário de um Galaxy S sem flash para fotos, vi que esta adição faz muita diferença!

Leitor de digital de segurança:

Esqueci de comentar que ele vem com um leitor de digital, que serve para destravar o celular, MUUUUITO LEGAL!

É melhor do que qualquer senha. Claro que, quando você cadastra sua digital, ele pede para salvar também uma senha de segurança para caso de erro de leitura. Mas, no tempo em que testei o Atrix, ele não travou nem demorou nada para processar a leitura. Esta é uma nova função que deveria ser regra em todos os novos smartphones.

Saída HDMI:

Uma boa surpresa é a saída HDMI. Achei muito legal! Assim que você conecta seu celular à TV, um menu se abre, e o Atrix passa a funcionar como um controle. Você pode navegar por todos os vídeos, fotos e músicas que possui no smartphone, tudo em qualidade HD. Acho que todos os celulares deveriam ter uma saída desta.

Conclusões:

Não pude ficar muito tempo brincando com o aparelho, só durante o final de semana. Mas, já foi o suficiente para me impressionar com a Motorola. Eu realmente gostei muito do aparelho, e queria que o meu Galaxy S fosse tão rápido e livre de “tilts” quanto o Motorola Atrix. Mas, ainda estou para ver um celular com a tela mais bonita que a do Galaxy S.

 

Galeria de Fotos:

Ator, estudante de publicidade e geek nas horas vagas.

Comentários

Mais de Android

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top