Conecte-se conosco
Atrix TV

Android

Review – Motorola Atrix TV: Diversão e performance na medida certa

Quando se ouve falar de Atrix, muita gente lembra do slogan “O primeiro super-smartphone do mundo”, como era anunciado o modelo original Motorola Atrix (MB680). Aquele mesmo que do alto do seu poderoso Nvidia Tegra 2 Dual Core de 1GHZ, 1GB de RAM, câmera de 5MP e saída HDMI, causava inveja a qualquer outro smartphone da época. Então, isso significa que podemos esperar uma atualização do famoso Atrix, renovado, e com o “plus” da TV Digital?! Bem…

Quando se ouve falar de Atrix, muita gente lembra do slogan “O primeiro super-smartphone do mundo”, como era anunciado o modelo original Motorola Atrix (MB680). Aquele mesmo que do alto do seu poderoso Nvidia Tegra 2 Dual Core de 1GHZ, 1GB de RAM, câmera de 5MP e saída HDMI, causava inveja a qualquer outro smartphone da época. Então, isso significa que podemos esperar uma atualização do famoso Atrix, renovado, e com o “plus” da TV Digital?! Bem… veja abaixo:

Na verdade, o Atrix TV é uma variação do modelo Motorola Motoluxe lançado internacionalmente, mas sem equivalente no Brasil. A Motorola claramente tentou pegar carona no nome do seu antigo carro chefe, usando essa estratégia para resgatar algo da marca Atrix, numa proposta “quase” totalmente nova. As semelhanças ficam apenas por conta do tamanho da tela, ambas com 4 polegadas. E só. Fora isso, é tudo novo.

Agora vamos ao nosso review!

Layout e Acabamento

Nesse quesito, podemos dizer que a Motorola caprichou. Para quem acompanha a história dos smartphones, não há como não se lembrar do bom e velho Motorola Milestone ao botar as mãos no Atrix TV. Isso por conta do acabamento emborrachado da traseira e laterais, e da tampa da bateria metálica. A diferença é que a tampa não é emborrachada, e traz uma pintura semi-fosca. Há também uma tela metálica que protege o alto-falante na parte inferior traseira, assim como no seu antecessor.

Um ponto super positivo: ele tem uma ótima pegada!

O acabamento emborrachado das laterais, as bordas e cantos arredondados, fazem com que o Atrix TV não passe nem perto de escorregar pelas mãos. A largura é um pouco menor que o comum, por conta da moldura estreita. O gadget tem um visual “slim”, com apenas 9,9mm de espessura, mas com uma pequena saliência para a acomodação da antena e a lente da câmera na parte superior, deixando-o uns 2mm mais “gordinho”. Essas soluções de design acabam contribuindo para um bom “grip” (pegada), além de facilitar operá-lo com apenas uma das mãos.

As teclas físicas permanecem no padrão atual da Motorola, sem botão dedicado à câmera. O mesmo ocorre com os 4 controles capacitivos, também se mantém no padrão do Android (Menu, Home, Voltar e Pesquisa). Na parte superior direita fica o Power(Ligar), lado oposto ao plugue de saída de áudio de 3,5mm. Na lateral, do lado direito, ficam os controles de volume, e ao lado deles, fica “escondida” a antena de sintonia de DTV. A porta MicroUSB fica no canto superior esquerdo.

A câmera frontal foi posicionada no canto superior direito, logo acima da tela, e ao centro fica a generosa abertura destinada ao fone. Mas, o maior destaque na parte frontal fica por conta do vidro da tela. Há um recorte nada convencional na parte inferior esquerda, fazendo que fique “sobrando” um pouco da moldura frontal do aparelho, sem a cobertura do vidro.

Seguindo a linha do “não convencional”, nessa parte não coberta pelo vidro, fica uma fenda de cerca de 1,5mm x 18mm da largura, que atravessa a carcaça, terminando na borda inferior da mesma. No interior dessa fenda, ficam os LEDs indicativos, que alternam entre o azul, vermelho e verde (azul para notificações, vermelho indicando baixa carga de bateria e verde quando o carregador está conectado).

Um dos pontos fortes desse design é a pequena distância lateral entre a borda e a extremidade da tela: cerca de apenas 3mm. Isso dá a impressão que a tela é ainda maior, além de ajudar na pegada. Guardadas a devidas proporções, a Motorola acabou empregando um pouco do conceito do “edge-to-edge”, lançado recentemente com o Motorola Razr-i.

Tela

Fazendo jus à temática voltada ao entretenimento e reprodução de mídia de alta qualidade, a grande tela de 4 polegadas, que tem a ótima resolução WXGA (480×854) e vem com a proteção sempre bem vinda do Gorilla Glass, tornado a tela resistente à impactos e riscos.

Com uma densidade de pixels bem alta para a categoria (245 pixels por polegada), e exibindo 16 milhões de cores, a tela mostrou-se bastante competente tanto na reprodução de vídeos, visualização de fotos, leitura e navegação na web. Mesmo olhando bem de perto (leia-se “colando o olho na tela”), ainda assim não é possível perceber a diferença entre os pixels. Não se trata de uma tela Retina, como a que equipa o iPhone 4, mas muito boa.

Apesar de seu LCD não ser retro-iluminado por LED, tem um brilho e contraste razoáveis, em ambientes com pouca ou muita iluminação. Apesar de a tela não ser equipada um painel IPS, o que garantiria visão lateral quase sem distorção óptica, o angulo de visão é aceitável, com poucas perdas na exibição das cores.

Com suporte para multi-toque e sendo uma tela capacitiva, ela tem boa resposta aos toques. Os sensores de acelerômetro, giroscópio e de luminosidade se mostraram bem calibrados e em boa sintonia com as mudanças de luz e posição.

O teclado Swype, que vem pré-instalado, também vai bem na tela, tanto digitando, quanto “escorregando” o dedo pela tela para formar as palavras.

Velocidade e desempenho

Nesse quesito, o nosso Atrix TV está mais para Motorola Defy+ do que para o Motorola Atrix. Mas, nem por isso pode ser considerado um smartphone lento. Longe disso, ele tem um certo fôlego.

Seu hardware o coloca na categoria dos mid-end phones, ou seja, é um aparelho intermediário. Rodando com um processador Snapdragon single-core de 1GHZ512MB de memória RAM, e GPU Adreno 200, a performance é satisfatória para as mais variadas tarefas do dia-a-dia. Tanto para a navegação na web, envio e recebimento de emails, como para vídeos, músicas, TV e jogos que não exijam tanta performance gráfica, o Atrix TV não vai te deixar na mão.

Os jogos testados foram Angry Birds e The Amazing Spiderman, que rodaram sem nenhum lag, ou travamento. O multitarefa também roda bem, só não é melhor por conta do já antigo, porém estável Gingerbread (versão do Android).

A novidade é que os aplicativos em execução ou usados recentemente ficam disponíveis na área de notificações, facilitando o acesso, sem precisar pressionar o botão Home por alguns segundos para exibir a lista dos últimos apps utilizados.

Aplicativos

A Motorola até que não exagerou muito nos aplicativos pré-instalados. Descontando alguns jogos em versão demo, não há muito o que reclamar quanto às “tranqueiras” que os fabricantes costumam embutir nos seus sistemas.

A experiência de uso do Android em si não muda muito na nova interface utilizada pela Motorola, o MotoSwitch. Ela veio para substituir a sempre questionada interface Motoblur, que é literalmente odiada por muito usuários dos smartphones Motorola. A MotoSwitch promete facilitar a vida do usuário por organizar e sugerir músicas, interações com contatos e aplicativos. Algumas inovações interessantes como a nova maneira de interagir com os aplicativos abertos recentemente, e o novo recurso que usa widgets na tela inicial para agrupar contatos e aplicativos utilizados recentemente, são bem-vindas.

Apesar de a unidade disponibilizada para esse review estar ainda na versão 2.3.7 do Android, é muito importante citar que recentemente a Motorola lançou uma atualização do Android para o ICS (Ice Cream Sandwich). Inclusive, alguns aparelhos na versão dual-chip comprados mais recentemente já vêm de fabrica com a penúltima versão do robozinho. Felizmente, a Motorola não tratou o Atrix TV como seu irmão mais velho, que parou no tempo na versão Gingerbread 2.3.7 do Android.

Mídia

Nesse quesito, o Atrix TV não decepciona. Com sua tela com excelente resolução WXGA (480×854), boa densidade de pixels (245ppi) e cores bem definidas, é bem agradável para assistir filmes e vídeos. A diversão fica ainda melhor utilizando um player compatível com uma maior variedade de formatos de vídeo, como o Mobo Player.

Mas, o principal atrativo é sintonizador de TV Digital. E ainda dá para gravar seus programas favoritos!

Pouco comum em smartphones, apareceu pela primeira vez no Samsung Galaxy S. O sintonizador do Atrix TV permite receber o sinal de todos os canais do Sistema Brasileiro de TV Digital (ISDB-Tb), no padrão 1SEG para dispositivos móveis. Apesar de não ser capaz de receber sinais de alta definição, o 1SEG se mostra eficiente mesmo em um veiculo e movimento. Porém, em ambientes fechados, a antena externa retrátil se mostrou pouco eficiente, tornando quase impossível assistir aquela partida do seu time preferido ou o capítulo da novela, em regiões com pouca cobertura do sinal digital.

 

Aqui vai uma nota de cautela: a antena de sintonia da TV Digital precisa ser expandida para fora do smartphone, fazendo com que sua ponta emborrachada fique vulnerável. E essa ponta se destaca com muita facilidade. Por várias vezes quase a perdi. Portanto, tenha cuidado redobrado e sempre confira se ela continua no lugar.

Áudio e Rádio FM:

Juntamente com o receptor de TV digital, temos também um sempre útil receptor de Rádio FM. O diferencial dele é o recurso de gravação do áudio das transmissões de rádio. Na reprodução de áudio, nada impressiona. Os fones originais são de baixa qualidade, comparados com os demais aparelhos da Motorola. O volume é um pouco baixo, o que não melhora muito trocando os fones originais por fones de melhor qualidade. O alto-falante externo já não tem esse problema, e tem qualidade e volume satisfatórios.

Câmera

O conjunto tem 2 câmeras, frontal e traseira. A principal traz um sensor principal de 8 megapixels, e a frontal é uma webcam de qualidade VGA. A resolução máxima para gravação de vídeos com a câmera traseira é de 800×480 pixels, gravando a até 30FPS (quadros por segundo). Temos também um flash de LED único. Apesar dos 8MP, as fotos não chegam a empolgar. As cores são pouco vibrantes, e com pouco nível de detalhes, mesmo usando o máximo da resolução. Quando utilizada em condições ideais de iluminação, as imagens apresentam uma boa qualidade, mas tendem a ficar saturadas e distorcidas ao usar o flash.

Fotos feitas com o Atrix TV (com e sem flash):

Os controles de edição e exposição são os mais comuns presentes nos demais gadgets Android, e não tem estabilizador de imagens. A gravação de vídeos também segue a mesma linha, com uma performance bem “modesta”. Sem a estabilização de imagem, a imagem fica um pouco tremida. O áudio, por não ter um microfone dedicado tem aquele som de “enlatado”.

Vídeo feito com o Atrix TV:

De maneira geral, entre foto e vídeo, a câmera do Atrix TV é eficiente para o uso moderado do dia-a-dia, mas não espere um desempenho além do comum.

Armazenamento

Se você é um daqueles hard users, que gostam de instalar e testar muitos apps, o espaço de armazenamento interno pode ser um problema. Apesar de ter 1GB de armazenamento interno, somente 388MB estão disponíveis ao usuário. Portanto, não se surpreenda ao receber a terrível mensagem “Espaço Insuficiente” ao tentar instalar um aplicativo mais pesado. É claro que esse problema já pode ser facilmente resolvido movendo os aplicativos para o cartão SD de 2GB (incluso), funcionalidade presente desde a versão Froyo (Android 2.2).

O Atrix TV aceita cartões SD de até 32GB, espaço de sobra para seus apps, músicas e vídeos preferidos.

Duração da Bateria

A bateria resistiu bem a 1 dia inteiro de uso moderado longe do carregador. O uso variou entre navegação 3G e Wi-Fi, GPS, captura de fotos e alguns minutos de exibição de TV, sintonia de rádio FM e audio MP3. Se você não é um hard user, ou não é um viciado em TV, dificilmente ficará sem bateria na hora que mais precisar do seu Atrix TV.

Preço e disponibilidade

Atualmente, o smartphone pode ser facilmente encontrado no varejo, a preços que variam entre R$755,00 a R$899,00

Conclusão

Para um aparelho que claramente visa fazer parte da categoria dos mid-end (faixa intermediária), Atrix TV realmente não faz feio, e cumpre bem ao que se propõe. Com bom desempenho, design bonito e funcional, certamente agradará até aos mais exigentes. O Atrix TV tem um bom custo-benefício, e promete divertir e agradar a quem quer estar sempre conectado e procura diversão a qualquer hora e lugar, sem abrir mão do bom desempenho.

Prós

  • Tela de boa resolução e borda reduzida;
  • Acabamento;
  • TV Digital com função Pause (gravação);
  • Design que garante uma boa “pegada”
  • Peso e dimensões reduzidos;
  • Atualização para Android 4.0.4 ICS.

Contras

  • Pouco espaço de armazenamento interno;
  • Câmera;
  • Baixo volume na saída de áudio;
  • Ponta da antena de TV desatarraxa facilmente.

Especificações:

Tela

Tipo: TFT Capacitiva, multi-touch, 16 milhões de cores

Tamanho: 4”, 480×854, Densidade: 245 pixels por polegada

Teclas de controle: Capacitivos

Corpo

Cor: Titanium

Acabamento: Emborrachado nas bordas, tampa traseira em aluminio

Altura: 119,8mm

Largura: 60,5mm

Espessura: 9,9mm

Peso: 129,7g

Memória

Armazenamento Interno: 1GB (388MB disponíveis ao usuário)

Slot: SD Card, até 32GB

Memória RAM: 512MB

Desempenho

Processador (CPU): single-core 1Ghz

Chipset: Qualcomm MSM7227A-AA

Gráficos (GPU): Adreno 200

Conectividade e Sensores

Rede Móvel: 3G HSDPA 7.2 Mbps, HSUPA: 5.76 Mbps, EDGE

Wi-Fi: 802.11 b/g/n 2.4Ghz, com Mobile Hotspot e DLNA

GPS: assistido por A-GPS

Bluetooth: Classe 2, Versão 3.0

Conector: Micro USB, para carga e dados, e saída de áudio 3,5mm

Sensores: Acelerômetro, Proximidade, Bússola Digital

Câmeras

Frontal: VGA

Traseira: 8MP, 3264×2448 pixels, foco automático, geo-tagging

Vídeo: WVGA, 800×480 pixels, até 30FPS

Flash: LED único

Bateria

1700 mAh Li Ion

Mídia

TV: Sintonizador de TV Digital padrão 1Seg, função gravação.

Radio: FM com RDS, com função gravação

Áudio: Conector de 3.5mm estéreo com microfone, alto-falante externo

Sistema: Android: 2.3.7 (Gingerbread), atualizável para o Android 4.0.4 (ICS)

Analista de Suporte em TI, entusiasta da tecnologia, principalmante sistemas móveis. Usuário de tecnologia móvel desde as agendas eletrônicas, Palmtops e Walkmans.

Comentários

Mais de Android

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top