Conecte-se conosco
imagem_note8_001

Android

Review: Samsung Galaxy Note 8.0 (GT-N5100)

Review do Galaxy Note 8.0, tablet da Samsung que veio para mostrar que existe sim uma forma confortável e precisa de utilizar uma caneta stylus em um tablet.

imagem_note8_001

Anunciado em fevereiro de 2013 e oficialmente lançado em 5 de abril, o Samsung Galaxy Note 8.0 chegou no Brasil em julho do mesmo ano.

O Galaxy Note 8.0 veio para mostrar que existe, sim, uma forma confortável e precisa de utilizar uma caneta stylus em um tablet. Pela primeira vez (pelo menos na minha opinião), um tablet com Android se mostra superior a qualquer outro do mercado em sua categoria.

Design, construção do aparelho e “pegada”

O Galaxy Note 8.0 segue o mesmo padrão dos demais aparelhos da linha Galaxy da Samsung, especialmente dos smartphones, inclusive, diferente do Galaxy Note 10.1 ele se apresenta otimizado para ser utilizado por padrão a posição portrait.

O Galaxy Note 8.0 possui 203.1 x 135.9 x 7.95 mm, chega a ser mais fino que muitos smartphones o que torna este tablet bastante leve, variando entre 340g o modelo mais leve, apenas com WiFi e 347g o modelo mais pesado com o 4G/LTE, 3G e WiFi.

Como todo aparelho da linha Galaxy, a carcaça é totalmente de plástico (a Samsung podia rever isso). Na parte frontal, o aparelho apresenta o auricular, os sensores, a câmera frontal, o botão físico (home) e os botões virtuais (menu e back).

Não existe uma “tampa” traseira, porém existe duas portas pequenas para a inserção do SIMcard e para o cartões de memória microSD. Na parte traseira se apresenta ainda uma câmera e o dock da S-Pen.

O Galaxy Note 8.0 está disponível apenas na versão branca.

Tela

A tela traz um diferencial com relação a maioria dos aparelhos da linha Galaxy que é utilizar um display Super Clear LCD WXGA TFT no lugar do famoso AMOLED comum nos outros aparelhos da linha, porém, no uso diário, você entende o motivo de se ter optado por um display com cores menos saturadas, priorizando as cores mais frias e os tons mais claros uma vez que o uso ideal para este tablet ao meu ver é como um caderno digital e como um leitor de artigos, livros e afins, funções que acabam sendo desconfortáveis para a vista ao se priorizar os tons quentes e saturadas.

Apesar de não utilizar um display AMOLED as cores não apresentam a sensação de serem tão “lavadas” como os usuários acostumados com as telas LED da Samsung sentiram ao testar as telas IPS.

O display tem 8 polegadas e apresenta uma resolução de 1.200 x 800 pixels, 16 milhões de cores, porém manteve a mesma densidade do Galaxy Note II apesar de suportar até 189ppi.

Sistema Operacional

O sistema operacional que vem no Galaxy Note 8.0 aqui no Brasil é o Android 4.1.2, porém a versão 4.2.2 já está disponível para outros países e muito provavelmente este aparelho receberá ainda o Android 4.3 ou mesmo o 4.4 KitKat.

Launcher

O launcher é o TouchWiz Nature UI, que é também o padrão de todos aparelhos da Samsung que utilizam o Sistema Operacional Android, exceto os que fizeram parte da linha Nexus.

O visual do TouchWiz UI no Galaxy Note 8.0

O visual do TouchWiz UI no Galaxy Note 8.0

Eu sinceramente não consigo me adaptar a este launcher por ser muito pesado, lento e pouco fluido. Felizmente existem launchers alternativos que corrigem estes problemas e deixam o seu tablet com uma agilidade e fluidez melhor, próximas à de um aparelho utilizando o Android AOSP como os launchers Apex e Nova que vocês podem conferir aqui, inclusive o Apex já traz o visual do novo Android 4.4 KitKat.

Laucher Nova Prime rodando no Galaxy Note 8.0

Laucher Nova Prime rodando no Galaxy Note 8.0

Som

O som não surpreende, mas também não decepciona.

Conectividade e Comunicação

A versão que venho utilizando é o modelo 3G que apresenta suporte à conexão nas redes de dados GPRS Class 12 (32-42 kbps), EDGE HSDPA 21 Mbps e HSUPA 5.76 Mbps, funcionalidades WiFi 802.11 a/b/g/n e compartilhamento (Roteador) de ponto de acesso WiFi, DLNA, micro USB 2.0 com suporte a MHL e Bluetooth 4.0 com A2DP.

Existe a versão que apresenta apenas a conexão WiFi 802.11 a/b/g/n e a versão 4G/LTE que além das conexões do 3G e do WiFi é compatível com as frequências (800, 850, 900, 1.800, 2.100 e 2.600 MHz), mas a versão 4G/LTE não foi lançada no Brasil.

O Galaxy Note 8.0 possui GPS (com aprimoramento de informação por aGPS) e suporte ao sistema GLONASS de posicionamento global. GPS para mim é essencial em um tablet e como todo Android o Galaxy Note 8.0 é sensacional para se utilizar em campo já que apresenta uma precisão excelente mesmo estando off-line.

Câmera

O Galaxy Note 8.0 traz uma câmera traseira de 5MP (2.592 x 1.944 pixels) e uma frontal de 1.3MP.

Uma câmera frontal em um tablet é bem útil para a comunicação, já a traseira deve servir mais como uma opção de backup ou para ser utilizada como scanner e os 5MP dão conta do recado.

A câmera traz ainda os recursos de geo-tagging, touch focus, detecção de face e estabilização de imagem.

A câmera filma (camcorder) em HD (720p) a 30fps, mas vou ser sincero, nem experimentei.

Capacidade de Armazenamento

O Galaxy Note 8.0 apresenta duas opções de armazenamento, de 16 ou 32 GB, porém não encontrei aparelhos com 32 GB à venda no Brasil. No modelo de 16 GB, apenas 9.9 GB estão disponíveis para o usuário, o restante está destinado para o gigante e pesado sistema operacional TouchWiz que é o Android customizado pela Samsung.

O tablet aceita ainda cartões de memória micros e microSDXC com capacidade de até 64 GB.

Bateria

A bateria não removível de Li-Ion 4.600 mAh me surpreendeu muito, mesmo com uso intenso durante os testes durou mais de um dia com facilidade.

Estou usando este tablet há mais de dois meses e no dia-a-dia, jogando um pouco, navegando no 3G, lendo livros e ouvindo musicas por streaming, tenho recarregado a bateria dia sim, dia não.

Performance Geral

O aparelho que é equipado com o processador Samsung Exynos 4412 Quad SoC 1.6 GHz quad-core Cortex-A9, GPU Mali-400MP e possui 2 GB de RAM.

Fiz testes de benchmark no AnTuTu Benchmark, Quadrant Standard Edition, CF-Bench e Vellamo Mobile Benchmark e os resultados foram muito bons, ficando o aparelho atrás apenas dos modelos lançados após ele.

imagem_note8_006_antutu-quadrant

imagem_note8_005_cf-bench

imagem_note8_004_bench_vellamo

Multitarefas

Não é novidade e a Samsung está de parabéns com o multitarefa.

imagem_note8_007_multitarefas

Utilizei a função multitarefas para estudar, com um livro e um aplicativo de note aberto e achei sensacional. Utilizei também com o GPS, com o mapa e uma caderneta abertos e para as minhas necessidades de trabalho se tornou a melhor opção do mercado.

Testes com jogos

A experiência com jogos no Galaxy Note 8.0 foi boa de uma forma geral, apenas em alguns jogos a densidade de tela fez parecer que a tela do jogo foi esticada para caber na tela de 8 polegadas, porém não senti problemas de lentidão ou lag em jogos que exigem mais do processamento, em especial do processamento gráfico como o Asphalt 8 apesar desta função não ser o forte do aparelho.

imagem_note8_008_games

Os jogos que tenho utilizado no Galaxy Note 8.0 além do Asphalt 8 são:  QONQR do qual sou Beta Tester, o Ingress, o Candy Crush, o Clash of Clans e Angry Birds Go!

Testes de leitura e estudo

Assim como em outros aparelhos da linha Galaxy, o tablet traz a opção de Modo de Leitura nos toggles da tela de notificações que otimiza a iluminação e a saturação da tela para a leitura em aplicativos como o Readers Hub da Samsung e o Play Livros do Google. Realmente funciona, a leitura é super confortável, não tive a menor dificuldade e pela primeira vez estou lendo um livro na íntegra em um tablet.

Outro ponto interessante é o uso do tablet para estudar. Se o seu documento, livro, apostila ou qualquer outro material de estudo estiver digitalizado, você pode inclusive utilizar a canetinha (S-Pen) para ir grifando, marcando, escrevendo, comentando, criando lembretes, referências, etc. algo que até então eu julgava ser impossível em um tablet.

Utilizando a função multitarefas, mantendo o livro e uma caderneta abertos simultaneamente me permitiu ler e fazer minhas anotações substituindo um livro e um caderno ao mesmo tempo.

Testes com a S-Pen

O desempenho da S-Pen é muito bom, a resposta é super rápida e a mesma apresenta vários níves de reconhecimento de pressão.

Quem já utilizou um Galaxy Note II sabe que é possível utilizar o gadget como caderneta de anotações manuscritas mas a escrita até então não era confortável, porém o Galaxy Note 8.0 revoluciona neste quesito, a escrita é super confortável e precisa, me senti literalmente utilizando um caderno digital.

Eu pessoalmente utilizo o APP Bamboo Paper da Wacom como caderno digital e o próprio S-Note da Samsung.

A S-Pen também é super útil para fazer desenhos, inclusive a Autodesk criou uma versão do seu APP SketchBook otimizada para o uso neste aparelho. Fazer tratamento de imagens com a S-Pen também é fantástico. A Samsung disponibiliza no aparelho entre os seus APPs proprietários o Paper Artist que é bem legal também. Outro aplicativo que se passa a ser utilizável em um gadget móvel é o Adobe Photoshop Touch.

Com relação ao design, a S-Pen recebeu muitas críticas dizendo ser difícil por conta dos chanfros e formato, além de colocar e retirar do dock. Realmente, no início, se você não é usuário de nenhum Galaxy Note, você perde alguns milésimos de segundos nestas atividades mas logo se acostuma.

O teclado do Galaxy Note 8.0, como para os Galaxy Note anterior, traz ainda a função de reconhecimento de escrita que é muito precisa e conta com predição de palavras tão boa quanto para o teclado virtual. O interessante é que o usuário não precisa aprender da forma que o aparelho reconhece mas sim o aparelho que acaba aprendendo a forma que o usuário escreve.

Versões

– Samsung Galaxy Note 8.0 WiFi GT-N5110 pode ser encontrado, em média, por R$ 999,00 no Extra, Casas Bahia, Ponto Frio e outras redes de varejo.

– Samsung Galaxy Note 8.0 3G & WiFi GT-N5100 pode ser encontrado por preços que variam de R$ 1.170,00 a R$ 2.300,00 na Fast Shop, Extra e outras redes de varejo.

– Samsung Galaxy Note 8.0 4G/LTE, 3G e WiFi GT-N5120 (não lançada no Brasil)

Conclusão

Galaxy Note 8.0 é o melhor tablet que já tive em mãos, desde tablets com Android, iOSWindows Phone, é um verdadeiro caderno digital.

Apesar de não atuar profissionalmente na área de tecnlogia, sou um entusiasta do assunto desde pequeno quando em casa brincava com TKs, CPs, MSX, IBM PC Jr, etc cada qual a seu momento ... desde meados da década de 90 com o tijolão PT500 minha fissura ficou sendo os celulares, nos dias atuais com predileção pelo mundo do Android e suas infinitas possibilidades ... nas horas vagas faço fotos e mergulho e no mundo real sou consultor e trabalho com gestão de projetos de licenciamento ambiental.

Comentários

Mais de Android

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top