Conecte-se conosco
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Android

Review: Sony Xperia ZQ (C6503)

Conheça o Xperia ZQ, novo smartphone topo de linha da Sony. Fizemos o teste completo neste aparelho com tela Full HD, câmera de 13 MP e processador quad-core. Será suficiente para enfrentar o Galaxy S4?

SONY_IMG_Alta_Lifestyle_3

Este ano começou bem para quem gosta de smartphones com Android. O sistema operacional atingiu um bom nível de maturidade e os fabricantes têm aprendido rapidamente com os erros do passado. E o qual o resultado disso? Se antes era fácil escolher um smartphone high-end, hoje já algo mais complicado. Mas isso é bom, pois significa que agora há muitas opções para quem exige o melhor. É neste cenário que surge o Xperia ZQ, novo topo de linha da Sony.

Apresentado na CES 2013 com o nome Xperia ZL, o aparelho teve seu nome alterado para o mercado brasileiro. Ele chega pra brigar com outros grandes aparelhos como o iPhone 5, Nexus 4, Optimus G e o peso pesado Galaxy S4.

Mas se você acompanhou a CES, sabe que a Sony lançou também o Xperia Z, com mesma configuração de hardware que o ZQ, mas à prova d’água e poeira. E se você ainda for como eu, fã do Xperia Go, sabe como ter um celular pra escutar música no chuveiro e tirar fotos na piscina é uma ideia atraente.

Então deve estar se perguntando: Por que não o Xperia Z? Por que?! A resposta é simples. A Sony fez uma pesquisa de mercado e concluiu que o consumidor brasileiro prefere um celular mais compacto a um celular à prova d’água (o ZQ é menor que o Z). Por isso, no momento, a triste realidade é que não há previsão de trazê-lo ao Brasil. Você concorda com isso?

Bom, vamos ao review.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Resumo

Pontos Positivos Pontos Negativos
Design e acabamento Antena wi-fi sensível
Resolução e nitidez da tela Ângulos de visão da tela
Câmera de 13 MP Bateria não removível
Botão dedicado pra fotos Posição da câmera frontal
Som e fone de ouvido premium Sem garantia de atualização

Layout e Acabamento

O Sony Xperia ZQ é um dos smartphones high-end mais bonitos no mercado brasileiro. Talvez não chame tanta atenção, mas é elegante, discreto e bem acabado. Sua tela ocupa 75% da parte frontal do aparelho, tornando-o celular com tela de 5’’ mais compacto do mercado, ou seja, bordas bem finas.

Os materiais escolhidos pela fabricante japonesa têm aparência e toque premium, com a parte de trás emborrachada e texturizada e laterais com material que se assemelha a finos espelhos.

 

Na traseira, possui uma pequena tampa que esconde as entradas para micro-SIM e microSD, bem como o botão reset, que se faz necessário, já que a bateria não é removível. O ZQ foi concebido a partir do novo conceito de design da Sony, chamado de omni balance, com foco na simetria e equilíbrio.

Na prática, isto deixou o celular com formas mais retas e simples, com aspecto elegante e confortável nas mãos, apesar de ser um pouco mais espesso que seus concorrentes. A posição do botão power, na lateral e de forma centralizada, foi uma decisão acertada da fabricante. Vale destaque para o botão dedicado para fotos e para seu belíssimo LED de notificações.

 

Display

Sendo especialista em imagem com a fabricação de TVs, a Sony trouxe ao Xperia ZQ uma bela tela TFT de 5’’ full HD (1080 x 1920 pixels). Sua densidade de 441 pixels por polegada combinada com a tecnologia Reality Display e Mobile BRAVIA Engine 2 se traduz em uma imagem extremamente nítida. Comparado a displays de AMOLED, não possui cores tão vibrantes, mas são mais fiéis à realidade.

O vidro que protege a tela é de silicato de alumínio resistente a riscos. Não é Gorilla Glass e nem Dragontail, mas, de acordo com a Sony, é equivalente a seus concorrentes. O aparelho já vem com uma película anti-estilhaço aplicada à tela com o proposito de proteger o usuário de uma possível quebra do vidro.

O resultado de toda essa tecnologia são imagens nítidas e ótimo equilibro de cores. Mas se você for um entusiasta do AMOLED, talvez ache as imagens um pouco “lavadas”. O display teve ótimo desempenho sob a luz do sol, mas em geral apresentou ângulo de visão um pouco pequeno.

 

Velocidade e desempenho

Não há muitos aparelhos com desempenho superior ao do Xperia ZQ no mercado. Com processador quad-core Qualcomm Snapdragon S4 Pro de 1,5 GHz, GPU Adreno 320 (mesma GPU do Galaxy S4 LTE) e 2GB de memória RAM, o smartphone consegue lidar facilmente com todo tipo de aplicativo existente e roda tranquilamente os jogos mais pesados, inclusive o Epic Citadel com média de 56 quadros por segundo. Em pouco mais de uma semana de testes, não houve engasgos e travamentos.

 

Aplicativos

Uma das primeiras coisas que se nota ao utilizar o Xperia ZQ é a nova interface de usuário (UI – User Interface). A Sony ouviu seus clientes (ainda bem!) e deixou a nova UI mais leve, limpa e fluida, muito mais próxima à experiência de um Android “puro”. A boa notícia é que esta nova interface virá também nos próximos lançamentos da marca. O novo topo de linha da japonesa vem com a versão 4.1.2 do robozinho verde. Consultada, a Sony ainda não tem previsão de atualização para a versão 4.2, infelizmente.

O Xperia ZQ vem com alguns aplicativos interessantes embarcados, como o aplicativo de controle remoto e Small Apps. Vale ressaltar que os aplicativos nativos de música, fotos e vídeos têm integração e suporte a DLNA, sendo possível acessar e compartilhar facilmente arquivos com dispositivos na rede local. Esta função é chamada de Throw.

Controle Remoto

Este app é um show a parte. Aproveitando o sensor infravermelho, o ZQ vem com um aplicativo completo de controle remoto. Ele possui um banco de dados com as frequências pré-programadas de vários aparelhos multimídia diferentes como TVs, home theaters, projetores e dock stations e de muitas marcas. Além de controlar funções básicas, é possível criar macros para aquelas de acesso mais difícil, que requerem muitos comandos.

Na prática, isto significa que programar o Sleep Timer, que em algumas TVs pode levar até 17 toques no controle remoto, se torne um único toque no aplicativo. Prático não? Em testes, utilizamos o app para controlar televisores de três marcas diferentes, um projetor Sony, home theater da LG e dock station da Bose.

 

Small Apps

Visando aumentar a produtividade do usuário, a Sony criou o Small Apps, conjunto de aplicativos voltados à multi-tarefa. Eles podem ser abertos simultaneamente com outros aplicativos e ficam por cima, sendo possível arrastar para qualquer parte da tela. Alguns já vem instalados, como calculadora, cronômetro, notas e gravador de som, mas é possível encontrar mais opções na Playstore.

 

Câmera

A câmera do ZQ possui sensor Exmor RS de 13 megapixels e funções como gravação de vídeos full HD em HDR e modo Superior Auto, que seleciona automaticamente uma das 36 cenas diferentes dependendo das condições no momento da foto. Em condições de boa luminosidade, o aparelho produziu fotos nítidas e belas cores. Já em situações com pouca luz, sofreu um pouco mais, mas compensa com flash adequado.

 

A câmera demora em torno de 2 segundos para abrir, mas uma vez aberta, consegue até 10 disparos por segundo, sendo a quantidade de fotos limitada apenas pela memória do aparelho. Geralmente não há muito que falar da câmera frontal, mas vale notar que no Xperia ZQ ela está localizada na extremidade inferior direita. Desta forma, em vídeo chamadas a impressão é que você está sendo filmado de um ângulo mais baixo que o normal e é comum colocar a mão e dedos acidentalmente na frente.

Em geral, as fotos apresentam ótima qualidade, mas às vezes é necessário desativar o modo Superior Auto, que erra na escolha da melhor cena em algumas situações.

 

Som

Neste quesito o Xperia ZQ se destaca brilhantemente. O som tem volume e qualidade acima da média para smartphones. Mas a grande sacada está no fone de ouvido (MH-EX300AP) que o acompanha. Ele é certamente um dos melhores fones que acompanham celulares e é um ótimo companheiro para os amantes de música.
Se você já possuiu um Xperia, vai reconhecer o app Walkman. Simples, prático e bonito, ainda traz a função Throw de DLNA integrada para compartilhamento de músicas e acesso a arquivos da rede local.

Atualização: Os fones de ouvido premium MH-EX300AP, que recebemos com o Xperia ZQ de teste, foram substituídos pelo modelo MH750, mais simples, na versão disponível no mercado brasileiro.

 

Armazenamento

O Xperia ZQ possui memória interna de 16 GB (por volta de 11 GB disponíveis ao usuário) com suporte para microSD de até 32 GB. Assim como outros dispositivos com Android 4.1 ou superior, não é possível mover apps para a memória externa.

Ligação e Conexões

Umas das grandes vantagens do Xperia ZQ é a compatibilidade com a rede 4G brasileira. Em nossos testes, foi possível atingir velocidades de até 40 Mbps em São Paulo através da rede da Claro. A qualidade das ligações também se mostrou boa.

A antena wi-fi, por outro lado, se mostrou um pouco fraca, apresentando muitas vezes dificuldade para se manter conectada ou até mesmo encontrar a rede em distancias maiores, onde outros dispositivos não tiveram problema. De acordo com a assessoria da Sony, a antena wi-fi do ZQ é mais sensível, podendo sofrer mais com interferências.

O novo topo de linha da Sony possui, também, conexão NFC e assessórios compatíveis no exterior, porém sem previsão de chegada no Brasil.

 

Bateria

A bateria não é removível e tem capacidade de 2370 mAh, mais que Galaxy S3, Nexus 4 e Optimus G, todos com 2100 mAh, perdendo apenas para a de 2600 mAh do Galaxy S4. Em uso normal, há energia suficiente para durar um dia inteiro. Com a ajuda da função Stamina, este período pode ser estendido para até 3 dias.

Esta função desativa o consumo de dados do celular quando a tela estiver apagada, sendo possível definir quais aplicativos podem acessar a internet mesmo com o Stamina ativo. Seu funcionamento depende do perfil de uso de cada usuário, ou seja, vai funcionar melhor para quem fica longos períodos com a tela apagada.

Preço e disponibilidade

O preço sugerido é de R$ 2.049,00, mas ele pode ser encontrado por valores inferiores em algumas lojas. Está disponível em grandes varejistas e operadoras em todo o Brasil e, por enquanto, apenas na cor preta.

Conclusão

Xperia ZQ mostra que a Sony está pronta pra briga no segmento premium. Ele pode não ter todas as funções e sensores do Galaxy S4, mas sai por R$ 400,00 a menos e faz bonito nas principais funções como tela, câmera, processamento e memória.

É uma pena a wi-fi ter recepção inferior à média, algo que pode acabar incomodando muito. Mas se você procura um smartphone 4G high-end com alto desempenho, bem acabado e não se importa com a recepção wi-fi, este pode ser o aparelho certo.

Galeria de Fotos

Especificações Técnicas

Display e design

TFT de 5”, 1920 x 1080 pixels, full HD

Sony Mobile BRAVIA® Engine 2

Vidro resistente a riscos

 

Processador e Memória

Processador: quad-core Qualcomm Snapdragon™ S4 Pro de 1.5GHz

RAM: 2 GB

Interna: 16 GB

Externa: suporte para cartão microSD até 32 GB

 

Sistema Operacional

Android 4.1 – Jelly Bean;

 

Câmera e vídeo

Gravação de vídeo HD (1080p) e HDR

Câmera de 13 megapixels com sensor Exmor RS e flash

Câmera frontal de 2 MP com gravação em 1080p

 

Redes

UMTS HSPA+ (Quad Band 850/900/1800/1900)

GSM GPRS/EDGE 850, 900, 1800 e 1900 MHz

LTE (bandas 1, 3, 5, 7, 8 e 20)

 

Conectividade e comunicação

aGPS

Bluetooth

DLNA Certified

Remoto IR

MHL – HDMI

NFC

 

Bateria

2370 mAh não removível

Tempo de conversação (até): 10 horas

Tempo de espera (até): 500 horas

 

Dimensões do aparelho

131,6 x 69.7 x 9.8 mm, 151 gramas

 

Post atualizado dia 07/05/13 às 18h40: inclusão de informação sobre fones de ouvido MH750.

Já passou por engenharia aeroespacial, music business, publicidade e propaganda, marketing e hoje trabalha com business intelligence. Louco por tecnologia, comida, música e baladas.

Comentários

Mais de Android

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top