Conecte-se conosco
bateria

Android

SMT comenta: como contornamos a baixa autonomia de bateria dos nossos gadgets

Autores e colaboradores do Showmetech comentam suas técnicas para não ficarem sem bateria durante o dia.

Banner

Estamos cada vez mais dependentes dos nossos gadgets, que a cada dia possuem telas maiores e com resoluções mais altas, processadores com vários núcleos, etc. Eles também tornaram-se consumidores vorazes de energia das baterias, que nem sempre conseguem aguentar um dia inteiro de uso.

Então, como é possível viver em paz com seus aparelhos sem ter que deixá-los ligados na tomada o tempo todo? Os autores e colaboradores do ShowMeTech comentam suas experiências de uso e dão dicas de economia para que você coloque um fim nessa história e não corra riscos de ficar na mão quando precisar do smartphone ou tablet.

Confira o perfil de uso de cada um:

 Samsung Galaxy III [2.0]

Rodrigo Zaratin

Aparelho: Samsung Galaxy SIII (bateria de 4200mAh) Android 4.2.2 (CyanogenMod10.1).
Intensidade de uso do aparelho: Alta
Aplicativos e recursos mais utilizados: Facebook, Twitter e e-mail. Alto uso de conexão 3G e wi-fi eventualmente
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: 18 horas.

Anda sempre com carregador e cabo USB. Além disso, utiliza uma bateria extra da Hyperion (U$ 29,00 no eBay).

Jansen Albuquerque

Aparelho: Samsung Galaxy SIII (bateria de 2100mAh), Android 4.2.1.
Intensidade de uso do aparelho: Alta
Aplicativos e recursos mais utilizados: WhatsApp e redes sociais intensamente, sendo as principais o Facebook, o Google+ e o Twitter.
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: 12 horas.

Em dias que sabe que vai demorar para ir pra casa, deixa o aparelho ligado em um cabo USB ao utilizar um computador. Normalmente carrega o aparelho assim que chega em casa.

Diego Toda

Aparelho: Samsung Galaxy SIII (bateria de 2300mAh), Android 4.2.1.
Intensidade de uso do aparelho: Alta
Aplicativos e recursos mais utilizados: wi-fi (em casa) e 3G – sempre ligados. Dropbox, Facebook, navegação web, Pulse e Youtube.
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: 13 horas.

Possui duas baterias extras (que custaram em torno de U$8,00), carregador de baterias portátil (U$6,00), carregadores de parede em casa e no trabalho, além do carregador veicular.

 
 

Galaxy S4

Bruno Martinez

Aparelho: Samsung Galaxy S4 (bateria de 2600mAh) Android 4.2.2 (TouchWiz).
Intensidade de uso do aparelho: Alta
Aplicativos e recursos mais utilizados: Facebook, Chrome, Whatsapp e e-mail. Alto uso de conexão 3G e wi-fi eventualmente.
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: 6 horas.

Anda sempre com carregador e cabo USB. Para ganhar um pouquinho mais de autonomia, desliga todas as notificações de aplicativos, deixando apenas ativos Gmail e WhatsApp. Ainda assim, aguarda a chegada de uma nova bateria, porque a que vem no aparelho é muito pequena para o seu nível de consumo.

 

 

Samsung Galaxy Note

Raphael Soares

Aparelho: Samsung Galaxy Note (bateria de 2500mAh).
Intensidade de uso do aparelho: Alta.
Aplicativos e recursos mais utilizados: Email, navegação web e bluetooth, além de 3G.

Não consegue definir uma média de tempo de descarga da bateria, pois o aparelho está sempre conectado no USB. E é assim que ele contorna a baixa durabilidade de bateria.

Henrique Silvério

Aparelho: Samsung Galaxy Note [modelo coreano – SGH-E160l] (bateria de 1750mAh), Android 4.2.2
Intensidade de uso do aparelho: Alta
Aplicativos e recursos mais utilizados: WhatsApp, navegação web, Facebook, Youtube, GPS e wi-fi.
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: 8 horas.

Além de desativar as conexões desnecessárias no momento, diminui o brilho da tela quando necessário.

Bráulio Mecchi

Aparelho: Samsung Galaxy Note (bateria de 2500mAh).
Intensidade de uso do aparelho: Alta.
Aplicativos e recursos mais utilizados: GPS, CarHome, e-mail, player de música, agenda de compromissos, contatos e telefonemas.
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: 14 horas.

Possui um carregador veicular e mantém o aparelho no cabo USB conectado ao laptop no trabalho. Se vai passar longos períodos em ambientes externos sem nenhum tipo de fonte de energia, desativa o máximo de funções, como 3G, wi-fi e bluetooth. Procura usar o GPS apenas quando necessário, além de ligar o economizador de bateria do aparelho e evita telefonemas em viva voz (onde a tela do smartphone fica acessa – consumindo mais energia). Ainda não possui, mas tem interesse em comprar uma bateria extra de encaixe.

 
 

XPERIA Z L

Leandro Marino

Aparelho: Sony Xperia ZQ (Non-removable Li-Ion 2370 mAh battery) Android 4.1.2 Stock
Intensidade do uso do aparelho: Alta
Aplicativos e recursos mais utilizados: Gmail, Gtalk. Whatsapp, Chrome, Water your body, Rdio, Songza.
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: entre 12 e 14 horas.

Até a hora do almoço costuma deixar a bateria descarregando sem se preocupar. Assim que retorna, liga o aparelho no carregador e não tira mais. Salvo nos casos em que precisa muito de bateria, costuma deixar tudo ligado, GPS, wi-fi e bluetooth (tem um fone de ouvido que usa durante todo o expediente). Todas as notificações ficam ligadas o dia inteiro. Como o aparelho é LTE (4G) costuma apenas deixar como WCDMA ou GSM, pois a cobertura de LTE onde trabalha e onde mora ainda é bem pequena e a procura por rede o tempo todo aumenta consideravelmente o gasto de bateria. 

Rodrigo Gosling

Aparelho: Sony Xperia ZQ (Non-removable Li-Ion 2370 mAh battery) Android 4.1.2 Stock
Intensidade de uso do aparelho: Média
Aplicativos e recursos mais utilizados: Conexões wi-fi, 4G e 3G, WhatsApp, Facebook, Flipboard, e-mail, Calendário, Pocket, Google Keep e Hangouts.
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: entre 10 e 12 horas.

Deixa o modo Stamina ligado o tempo todo. Este modo desliga notificações push quando a tela está apagada. Quando sabe que vai ficar longe de fonte de energia por muito tempo, diminui o brilho da tela e deixa somente conexões 3G e 2G ligadas. Além disso, sempre que está em frente ao computador, mantêm o aparelho ligado à porta USB.

 

 

LG Nexus 4

Vanderlei Ventura

Aparelho: LG Nexus 4 (bateria de 2100mAh) Android 4.2.2 (Stock).
Intensidade de uso do aparelho: Alta
Aplicativos e recursos mais utilizados: Twitter, Facebook, Google Reader, leitura e HQs e eBooks.
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: 10 horas.

Leva sempre um cabo USB consigo e diminui o brilho da tela sempre que bateria está acabando.

Rodrigo Maia-Nogueira

Aparelho: LG Nexus 4 (bateria de 2.100mAh) Android 4.2.2 (Stock).
Intensidade de uso do aparelho: Alta
Aplicativos e recursos mais utilizados: Facebook, Twitter, Gmail, Whatsapp, Waze, Evernote, Candy Crush e Ingress. Alto uso de conexão 3G e wi-fi eventualmente.
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: 12 a 14 horas.

Anda sempre com carregador veicular, carregador de parede e cabo USB. Além disso, utiliza uma bateria externa, que aumenta a autonomia em 30%. Recentemente, tem utilizado o Snapdragon BatteryGuru (beta) para gerenciar o uso da bateria.

Elea Proença

Aparelho: LG Nexus 4 (bateria de 2.100mAh) Android 4.2.2 (Stock).
Intensidade de uso do aparelho: Alta
Aplicativos e recursos mais utilizados: Gmail, Plume, Chrome, PowerAMP, Whatsapp, Candy Crush
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: 12 a 14 horas.

Deixa o aparelho ligado na porta USB do computador sempre que possível. Se está de carro, o aparelho vai carregando e ainda utiliza uma bateria de emergência de 6600mAh, que tem duas portas USB, uma de 1A e outra de 2.1A. Link da bateria.

Para gerenciar a bateria no smartphone, utiliza o Juice Defender, que liga a conexão de dados a cada 15 min.

 

 

Galaxy-Tab-2-7-horz

Bárbara Costa

Aparelhos: Samsung Galaxy Tab 2 (7′) (bateria de 4000mAh), Android 4.2.2 e Motorola Razr D3 (bateria de 2000 mAh) Android 4.1.

Samsung Galaxy Tab 2
Intensidade de uso do aparelho: Alta
Aplicativos e recursos mais utilizados: Plume, Gmail, WhatsApp, o player de música Fusion e os games Where’s My Water?, Lança-Puffle e Candy Crush Saga.
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: 14 horas.

Motorola Razr D3
Intensidade de uso do aparelho: Baixa
Aplicativos e recursos mais utilizados: Instagram, Cinegram, Rando e Keek
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: 14 horas.

Utiliza o tablet até a mensagem de bateria fraca ser exibida (em 15%) e então já conecta o carregador.

 

 

HTC One Black

Hugo Carlos

Aparelho: HTC One X (bateria de 1800mAh), Android 4.1.2
Intensidade de uso do aparelho: Média
Aplicativos e recursos mais utilizados: Google Reader, Twitter e gmail. Passa 80% do tempo de uso em rede wi-fi e 20% em rede 3G.
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: 13 horas.

Sempre liga o modo de economia de energia quando a bateria fica nos seus 20% de carga restantes e dá carga extra na bateria quando sabe que vai demorar mais do que 13 horas para chegar em casa.

 

 

Samsung Galaxy SII

Marcus Pereira

Aparelho: Samsung Galaxy SII (bateria de 1650mAh), Android 4.2.2 (CyanogenMod 10.1)
Intensidade de uso do aparelho: Alta
Aplicativos e recursos mais utilizados: WhatsApp, Gmail, Google Keep, Instagram, Skype, Google Play Music, Google Chrome, Muamba Tracker Pro, Flipboard, Nook e Twitter. Utilizo conexão wi-fi quando estou em casa e em locais que consigo me conectar e 3G nos outros momentos.
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: 15 horas.

Utilizo o Silence para desativar algumas funções automaticamente (como conexões wi-fi e 3G) em certos horários e deixo o brilho da tela no modo automático, além de sempre plugar o aparelho no USB quando uma porta estiver disponível. Comprei recentemente uma bateria extra e um carregador externo, que me custaram aproximadamente R$30,00 na DealExtreme (mas ainda não chegaram).

 

 

LG Optimus 2X

Lucas Xavier

Aparelho: LG Optimus 2X (1500mAh), Android 4.2.2 (CyanogenMod 10.1).
Intensidade de uso do aparelho: Alta
Aplicativos e recursos mais utilizados: WhatsApp, Instagram, Google+ e Facebook.
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: 18 horas.

Sempre que pode, mantém o aparelho plugado no cabo USB ou no carregador.

 

 

iPhone 4

Gleuber Sobrinho

Aparelho: Apple iPhone 5(bateria de 1440mAh), iOS 6.1.
Intensidade de uso do aparelho: Alta
Aplicativos e recursos mais utilizados: wi-fi, e-mail, navegação web, redes sociais, calendário, mapas com GPS ativado.
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: 15 horas.

Além de manter o aparelho sempre na tomada no trabalho, possui uma capa com bateria extra que carrega antecipadamente e utiliza em situações de emergência (e que custa cerca de U$20,00 também na DealExtreme).

 

Nokia Lumia 800

 

Glauco Vital

Aparelho: Nokia Lumia 800 (bateria de 1450mAh), Windows Phone 7.8
Intensidade de uso do aparelho: Moderado
Aplicativos e recursos mais utilizados: 3G durante o dia, wi-fi a noite. WhatsApp, câmera, e-mail e ligações.
Média de horas que o aparelho leva para descarregar completamente: 15 horas.

 
 


Chegamos a conclusão de que…

A grande maioria é adepta de manter os gadgets sempre plugados na energia – seja pelo carregador ou pelo cabo USB e a loja favorita da galera para comprar baterias externas e acessórios que fornecem carga extra é a chinesa DealExtreme. Já a grande dica é, além de manter o software do seu aparelho atualizado, desabilitar conexões e recursos desnecessários, seja manualmente ou automaticamente (utilizando o Silence, por exemplo). Outras formas de se gerenciar melhor a bateria podem ser encontradas neste post.

E você? Quais dessas técnicas utiliza? Tem alguma dica interessante para estender o tempo útil da bateria? Comente!

código + música + coisas LGBTQ + gaming

Comentários

Mais de Android

Dica

Mais Lidas

Reviews

Cultura Geek

Tutoriais

To Top